Samulael

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Samulael
Rei da Babilônia
Reinado ca. 1817 a.C. - ca. 1 781 a.C.
Antecessor(a) Samuabum
Sucessor(a) Sabium
Dinastia Amorita
Nome completo Sumu-la-El
  Babilônia
Filho(s) Sabium
Pai Samuabum

Samulael ou Sumulael foi o segundo rei da Babilônia. Era filho do fundador Samuabum e reinou entre 1 817 a.C. até 1 781 a.C.,[1] de acordo com a Lista Real Babilônica.

Reinado[editar | editar código-fonte]

Samulael é contemporâneo de numerosos reis e dinastias da Mesopotâmia: ao sul, ele parece estar no trono ao mesmo tempo que Sim-Caside, que se proclamava rei de Uruque, e de Icunum, o rei da Assíria. Está provado que o rei de Quis, Mananã, reinou no sexto ano de Samulael. Esta dinastia de Quis é, no entanto, muito instável, pois inúmeros reis são atestados em curtos períodos. O rei de Marade, Sumunumim, foi considerado um vassalo dos babilônios.

Apesar disso, Samulael subjugou outros reis na proximidade da Babilônia. Ele criou várias fortalezas em seu território e formou um núcleo do reino babilônico.[2]

Samulael associou seu filho Sabium ao poder, que sucedeu depois da sua morte e de um grande reinado, que consolidou o pequeno principado da Babilônia.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «T12K2.htm». cdli.ucla.edu. Consultado em 3 de julho de 2020 
  2. Boer, Rients de (1 de janeiro de 2018). «Beginnings of Old Babylonian Babylon: Sumu-abum and Sumu-la-El». Journal of Cuneiform Studies. 70: 53–86. ISSN 0022-0256. doi:10.5615/jcunestud.70.2018.0053