San Ignacio Guazú

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de San Ignacio (Paraguai))
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras cidades contendo este nome, veja San Ignacio.

San Ignacio é um município do Paraguai, Departamento de Misiones.

Situada no sul do Paraguai a 225 km de Assunção.

A cidade é conhecida como a capital do "Barroco Guarani".

Entende-se que a cidade foi fundada em 1609, quando os jesuítas Marcial de Lorenzana e Francisco de San Martín fundaram no local a primeira redução jesuítica na Bacia do Rio da Prata que agrupava nativos da etnia guarani liderados pelo cacique Arapysandu.

No local existe o Museu Diocesano de Arte Jesuítica Guarani, que conta com esculturas em madeira policromada no estilo barroco hispano-guarani. São cerca de trinta esculturas distribuídas em quatro salas que tratam de temas como a "Criação", a "Redenção", a "História de Cristo na Igreja" e a Companhia de Jesus.

Segundo Camilo Cantero e Bartomeu Meliá, na época dos jesuítas os nativos jogavam um jogo bastante similar ao futebol, denominado como Manga ñembosarái[1] [2].

Próximo à cidade existe o povoado de Tañarandy, onde desde de 1992, a celebração da Semana Santa é influenciada pelo pintor e escultor Delfín Roque Ruiz, mais conhecido como Koki Ruiz[3].

Em 2013, tinha 50.468 habitantes[4] [5].

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Paraguai é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. Documental reafirma que los guaraníes de Paraguay inventaron el fútbol, em espanhol, acesso em 16 de setembro de 2017.
  2. "Manga ñembosarái", el documental que profundiza la historia entre los guaraníes y el fútbol, em espanhol, acesso em 16 de setembro de 2017.
  3. Tañarandy: 23 años de la Semana Santa más artística, em espanhol, acesso em 17 de setembro de 2017.
  4. la_ciudad_cultural_san_ignacio_guazu__por_marcos_ibanez, em espanhol, acesso em 16 de setembro de 2017.
  5. Reducciones Jesuitas y Franciscanas. Gran Chaco y regiones fronterizas., em espanhol, acesso em 02 de setembro de 2017.