Sandra Mason

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sandra Mason
1.ª Presidente de Barbados
Período 30 de novembro de 2021 a atualidade
Primeiro(a)-ministro(a) Mia Mottley
Antecessor(a) Cargo criado[nota 1]
8.ª Governadora-geral de Barbados
Período 8 de janeiro de 2018
a 30 de novembro de 2021
Monarca Isabel II
Primeiro(a)-ministro(a) Freundel Stuart
Mia Mottley
Antecessor(a) Philip Greaves (interino)
Sucessor(a) Cargo extinto
Dados pessoais
Nome completo Sandra Prunella Mason
Nascimento 17 de janeiro de 1949 (74 anos)
Saint Philip, Barbados
Partido Independente
Ocupação Juiza e política

Sandra Prunella Mason (Saint Philip, 17 de janeiro de 1949) é uma política barbadense, atual presidente de seu país.[2] Foi a oitava governadora-geral de Barbados de 2018 a 2021 e primeira presidente eleita do país, tomando posse em 30 de novembro de 2021, quando o país, sob proposta direta da primeira-ministra, Mia Mottley, aboliu sua monarquia e se tornou uma república.[3][4][5][6][7]

Mason assumiu o cargo de governadora-geral após ser nomeada pela rainha de Barbados, Isabel II. Sua posse ocorreu em 8 de janeiro de 2018.[8] Sandra Mason foi governadora-geral em exercício por três dias em 2012, entre 30 de maio e 1 de junho.[9]

Sandra Mason começou sua carreira como professora na Princess Margaret Secondary School em Barbados e foi secretária no Barclays Bank DCO entre 1969 e 1970[10]. Ela é advogada e atuou como juíza do Supremo Tribunal em Santa Lúcia e juíza do Tribunal de Apelação em Barbados.[11] Ela foi a primeira mulher admitida na prova de Ordem dos Advogados em Barbados.[12] Ela atuou como presidente da comissão da CARICOM para avaliar a integração regional, foi a primeira magistrada nomeada embaixadora de Barbados e a primeira mulher a servir no Tribunal de Apelações de Barbados. Ela foi a primeira barbadiana nomeada ao Tribunal Arbitral do Secretariado da Commonwealth e serviu brevemente como governadora geral de Barbados.[13]

Ela foi considerada uma das 10 mulheres mais poderosas de Barbados.[14] Simultaneamente à sua nomeação como Governadora Geral, Mason foi premiada com a Grande Grã-Dama da Ordem de São Miguel e São Jorge. Ao assumir o cargo de Governadora Geral, Dame Sandra Mason, sob a Ordem da Dama de Santo André, tornou-se Chanceler e Dama Principal de Santo André.[15]

Notas

  1. Na madrugada de 30 de novembro de 2021, Barbados deixa de ser uma monarquia da Comunidade Britânica para se transformar em república. Elizabeth II, rainha da Comunidade Britânica, deixa de ser a chefe de Estado de Barbados. Quem passa a ocupar a função é Sandra Mason, então governadora-geral, que toma posse como a primeira presidente eleita do país.[1]

Referências

  1. «Barbados se torna a mais nova república mundial». Global Voices em Português. 5 de dezembro de 2021. Consultado em 10 de setembro de 2022 
  2. «Barbados se despede da rainha Elizabeth II e se torna uma república». Consultado em 30 de janeiro de 2021 
  3. «Governor General Dame Sandra named first president-elect». Loop Barbados. Consultado em 25 de outubro de 2021 
  4. «New G-G named». Barbados Advocate. 28 de dezembro de 2017. Consultado em 25 de outubro de 2021 
  5. «Sandra Mason to be new Governor General». Nation News. 27 de dezembro de 2017. Consultado em 25 de outubro de 2021 
  6. «Congrats to the new GG». Nation News. 29 de dezembro de 2017. Consultado em 6 de fevereiro de 2021 
  7. Rachelle Agard, Amanda Lynch-Foster (8 de janeiro de 2018). «New Governor General Dame Sandra Mason installed». Nation News. Consultado em 6 de fevereiro de 2021 
  8. «Her Excellency Dame Sandra Prunella Mason, GCMG, DA, QC» 
  9. «Justice Sandra Mason acting GG». NationNews. 30 de maio de 2012. Consultado em 20 de março de 2020 
  10. «Caribbean Elections Biography | Sandra Prunella Mason». www.caribbeanelections.com. Consultado em 3 de janeiro de 2022 
  11. «New G-G named» (em inglês). 28 de dezembro de 2017 
  12. «Advogada assume como primeira-ministra de Barbados e faz história no Caribe» 
  13. «Justice Sandra Mason is Barbados' New GG | Barbados Today». 28 de dezembro de 2017 
  14. «Top 3 most powerful women in Barbados have one thing in common» (em inglês) 
  15. «TOP HONOUR» (em inglês). 21 de dezembro de 2019 

Precedido por
Philip Greaves
(interino)
Governador-geral de Barbados
2018 – 2021
Sucedido por
Monarquia abolida
Precedido por
Cargo criado
Presidente de Barbados
2021
Sucedido por