Sanfedismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O Cardeal Fabrizio Ruffo.

O Sanfedismo, termo italiano para "Santa Fé", foi um movimento popular antirepublicano, organizado pelo Cardeal Fabrizio Ruffo, que mobilizou vários cidadão dos estados papais contra a República Napolitana, e cujo objectivo era a restauração do Reino Bourbon de Nápoles sob o reinado de Fernando I das Duas Sicílias. O nome completo do movimento era Exército da Santa Fé de Nosso Senhor Jesus Cristo (em italiano: Armate della Santa Fede),[1] e os seus membros chamados de Sanfedisti.

Os termos Sanfedismo e Sanfesdisti, são por vezes utilizados de forma mais genérica para se referirem a movimentos religiosos pontuais, constituídos por um "exército" de cidadãos comuns, que surgiram na Itália para lutar contra as recém-criadas, por anexação, repúblicas francesas.[2]

Referências

  1. Burkle-Young, 2000, p. 7.
  2. Duffy, 2006, p. 260.
Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.