Santa Ágata dos Góticos (diaconia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Santa Ágata dos Góticos
Coat of arms of Franciscus.svg        Brasão de Raymond Leo Burke
Diaconia
Santa Ágata dos Góticos
Basílica de Sant'Agata dei Goti
Titular: Raymond Leo Burke
criado: século VIII
Criado pelo Papa Leão III.
Dados do Anuário Pontifício

Santa Ágata dos Góticos ou Santa Ágata dos Godos (em latim, Sancta Agathae in Urbe) é uma diaconia instituída no século VIII, pelo Papa Leão III, com o nome de Santa Ágata na Diaconia (ou do Cavalo de Mármore, in Equo Marmoreo, por causa de sua proximidade com uma estátua equestre de Júlio César) ou Santa Ágata do Subúrbio.

A igreja a que o título é dedicado, Santa Ágata dos Godos, tem origem antiga. Durante a ocupação dos godos no século VI, era dedicado ao culto ariano, e a partir desse momento, ele era conhecido como Santa Ágata dos Godos. Quando a Igreja caiu em ruínas, na primeira metade do século XVI, o cardeal foi transferido para a igreja diaconal de Santa Ágata em Suburra (no Subúrbio). Durante o pontificado do Papa Pio XI o título manteve-se na igreja de Suburra, mas foi rebatizado para Santa Ágata dos Godos.

Titulares protetores[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]