Santa Casa de Misericórdia de Curitiba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Santa Casa de Curitiba
Nome completo Santa Casa de Misericórdia de Curitiba
Localização Brasil Curitiba
Fundação 22 de maio de 1880
Tipo Beneficente
Emergência Sim
Leitos 224
Especialidades 24
Site www.santacasacuritiba.com.br
editar

A Santa Casa de Misericórdia de Curitiba, também conhecida como Hospital de Caridade de Curitiba, é o primeiro e mais antigo hospital do município brasileiro de Curitiba, capital do estado brasileiro do Paraná.[1]

Histórico[editar | editar código-fonte]

Primórdios[editar | editar código-fonte]

A Santa Casa da Misericórdia foi fundada em Portugal, no ano de 1498, antes do descobrimento do Brasil. Era uma instituição assistencial católica. No século XVI, inúmeras irmandades da Santa Casa da Misericórdia foram fundadas nas colônias lusitanas.

A primeira unidade brasileira foi fundada em Porto Seguro, na Bahia, em 1526. No Paraná, a irmandade chegou em Paranaguá, no ano de 1835.[2]

Curitiba[editar | editar código-fonte]

Em Curitiba, a Irmandade foi fundada 1852, onde estabeleceram o primeiro hospital da cidade, que tinha apenas dois quartos e funcionava na Rua Direita, atual Rua 13 de Maio, e proporcionou apoio à Santa Casa de Paranaguá, na época lotada de doentes afetados pela epidemia de Cólera.[3] O baiano José Cândido da Silva Murici era seu único médico, que chegou em 1853, a convite de seu conterrâneo, Conselheiro Zacarias de Góis, o fundador da Província do Paraná. Dr. Murici tornou-se o Provedor da Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Curitiba, o cargo mais alto da Instituição, que ocupou até sua morte, em 1879.

A nova sede começou a ser construída em março de 1868, com o lançamento da pedra fundamental. O Dr. Murici foi o idealizador e o principal responsável pela construção. Após sua morte, em 1879, o cargo de Provedor foi assumido por outro baiano, o médico Dr. Antonio Carlos Pires de Carvalho e Albuquerque, que deu continuidade às obras. O engenheiro responsável foi o alemão Gottlieb Wieland, que residia em Curitiba. A inauguração ocorreu em 22 de maio de 1880, pelo imperador Dom Pedro II. Tinha 160 leitos.

Em 25 de março de 1903 foi inaugurado o Hospício Nossa Senhora da Luz, denominado posteriormente Hospital Psiquiátrico Nossa Senhora da Luz. Em 22 de maio de 1985, foi criada a Fundação Santa Casa de Curitiba.

Antes da fundação da então Universidade do Paraná em 1912, o Hospital de Caridade já funcionava como Centro de Aperfeiçoamento para os médicos do Paraná e de Santa Catarina. A partir de 1915, passou a funcionar como hospital-escola para a Universidade do Paraná. Em 1956, foi criada a Faculdade de Ciências Médicas do Paraná, atual Escola de Medicina da PUCPR, que também adotou o Hospital da Santa Casa para apoio aos alunos. Em 1961, a UFPR substituiu a Santa Casa pelo Hospital de Clínicas.

A cooperação e atuação conjunta entre o Hospital da Santa Casa de Curitiba, a Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Católica e a Escola de Enfermagem Madre Léonie iniciaram-se em 1957. A partir dessa data, a Santa Casa passou a acolher os estudantes da PUCPR. A aliança selada com a PUCPR, homologada pela APC em 27 de agosto de 1999, veio a fortalecer o vínculo entre as duas instituições e implementar as transformações necessárias para a ampliação de sua missão como hospital-escola, consolidando o trinômio ensino-pesquisa-assistência.

Em 6 de novembro de 1991, foi criado o Instituto Paranaense de Saúde Mental (IPASAME), denominado Professor Dr. Alô Ticoulat Guimarães, e, na mesma data, a Academia de Cultura de Curitiba (ACCUR).[4]

Estrutura atual[editar | editar código-fonte]

A Santa Casa possui 224 leitos e nove salas cirúrgicas, num complexo de 19 500 m2. Abrange 24 especialidades médicas, além de rica biblioteca.

Especialidades[editar | editar código-fonte]

A instituição possui as seguintes especialidade:[5]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um hospital ou uma instituição de saúde é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.