Santa Cruz do Douro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portugal Santa Cruz do Douro  
—  Freguesia portuguesa extinta  —
Casa de Tormes
Casa de Tormes
Brasão de armas de Santa Cruz do Douro
Brasão de armas
Santa Cruz do Douro está localizado em: Portugal Continental
Santa Cruz do Douro
Localização de Santa Cruz do Douro em Portugal Continental
Coordenadas 41° 06' 58" N 8° 0' 02" O
Concelho primitivo Baião
Concelho (s) atual (is) Baião
Freguesia (s) atual (is) Santa Cruz do Douro e São Tomé de Covelas
Extinção 28 de janeiro de 2013
Área
 - Total 10,14 km²
População (2011)
 - Total 1 453
    • Densidade 143,3 hab./km²

Santa Cruz do Douro é uma antiga freguesia portuguesa do concelho de Baião, com 9,96 km² de área e 1 453 habitantes (2011). A sua densidade populacional era 145,9 hab/km².

Foi extinta em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, tendo sido agregada à freguesia de São Tomé de Covelas, para formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Santa Cruz do Douro e São Tomé de Covelas da qual é sede.[1]

Corresponde à "Tormes" queirosiana, descrita na obra A Cidade e as Serras.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Santa Cruz do Douro [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 480 1 705 1 919 1 906 2 254 2 296 2 468 2 781 2 841 2 668 2 251 2 157 1 973 1 803 1 453
Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 334 268 861 340 18,5% 14,9% 47,8% 18,9%
2011 185 182 756 330 12,7% 12,5% 52,0% 22,7%

Património[editar | editar código-fonte]

  • Casa de Agrelos, incluindo Capela, terraço com balustrada e jardim de buxo.
  • Casa da Capela, datada de 1756, com sua Capela de culto a São Gonçalo, registada no Paço Episcopal do Porto.
  • Casa de Tormes, fortemente presente na obra A cidade e as serras de Eça de Queirós.
  • No cemitério desta freguesia estão sepultados os restos mortais do escritor Eça de Queirós.
  • Casa de São Roque, que tem como parte interna da casa a capela com o nome do santo padroeiro da casa - S. Roque.

Referências

  1. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias). Acedido a 2 de fevereiro de 2013.
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.