Santa Isabel do Pará

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Santa Isabel do Pará
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 7 de Janeiro
Fundação 7 de janeiro de 1934[1]
Gentílico isabelense[1]
Lema união e labor
Prefeito(a) Dr.Gilberto Pessoa (Psd)
(2013–2016)
Localização
Localização de Santa Isabel do Pará
Localização de Santa Isabel do Pará no Pará
Santa Isabel do Pará está localizado em: Brasil
Santa Isabel do Pará
Localização de Santa Isabel do Pará no Brasil
01° 17' 56" S 48° 09' 39" O01° 17' 56" S 48° 09' 39" O
Unidade federativa Pará Pará
Mesorregião Metropolitana de Belém IBGE/2008 [2]
Microrregião Castanhal IBGE/2008 [2]
Distância até a capital 36 km
Características geográficas
Área 717,615 km² [3]
População 61,539 hab. IBGE/2012[4]
Densidade 0,09 hab./km²
Altitude 24 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,659 médio PNUD/2010[5]
PIB R$ 408 373,024 mil IBGE/2012[6]
PIB per capita R$ 6 595,28 IBGE/2012[6]
Página oficial

Santa Izabel do Pará é um município brasileiro da Região Metropolitana de Belém, no estado do Pará. Fundação: 7 de Janeiro de 1934.

História[editar | editar código-fonte]

A história de Santa Isabel relaciona-se com a construção e operação da Estrada de Ferro Belém-Bragança que ligava a capital Belém à cidade de Bragança, localizada no nordeste do estado. Por esta estrada vieram muitos migrantes nordestinos cooptados para a região principalmente durante a "Batalha da Borracha" e dos projetos de colonização agrícolas promovidos pelo Estado brasileiro para ocupar o corredor logístico da estrada de ferro. O povoado surgiu com a implantação do Núcleo Colonial Nossa Senhora de Benevides em 1877, quando fora encarregado de demarcar essas terras o Cap. Valentim José Ferreira que se instalou estrategicamente na Boca da Sexta Travessa (Aratanha), (hoje um extenso bairro), dando início ao povoado -sendo portanto considerado o fundador do município.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 01º17'55" sul e a uma longitude 48º09'38" oeste, estando a uma altitude de 24 metros. Pertence à Região Metropolitana de Belém, distando 36 Km desta capital. Possui uma área territorial de 717,6 Km2 Sua população estimada em 2004 era de 48 469 habitantes e hoje, passa dos 61 mil habitantes, segundo estimativas também do IBGE. Tem como principal acidente geográfico o Rio Caraparu que nasce no distrito de Americano, com uma extensão aproximada de 85 km, deságua no Rio Guamá (limite Sul do município) . A bacia caraparuense se completa com os afluentes: Maguari, Itá, Mucuiambá e Jundiaí, com uma área aproximada de 380 Km2.

Subdivisões[editar | editar código-fonte]

O município é composto de 3 distritos sendo, a sede municipal (Sta. Izabel), Americano e Caraparu e inúmeros lugarejos. Na cidade existem vários bairros como: Centro, Jardim das Acácias*,jardins das garças I e II(cohab), Jardim Tókio*, Jardim Paraíso*, Jardim Miraí*, Jardim Florestal*, Santa Lúcia I e II, Triângulo, Nova Divinéia, Novo Horizonte*, Bairro Novo, São Raimundo, Santa Rita de Cassia, conhecida como Piçarreira*, Nova Brasília, Sagrada Família*, Juazeiro, Jurunas e o bairro de Moema. A primeira estação ferroviária do município foi construída na Rua do Colégio Antonio Lemos (hoje Av. Antonio Lemos), em estilo requintado . Depois fora edificada a segunda, à Av. da República (leste da cidade), cujo prédio atualmente abriga uma escola municipal.

* Bairros que surgiram a partir de áreas de ocupações urbanas.

Referências

  1. a b «Santa Isabel do Pará» (PDF). IBGE. Consultado em 27/04/2011. 
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010. 
  4. «Censo Populacional 2012». Censo Populacional 2012. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2012. Consultado em 11 de dezembro de 2012. 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 21 de setembro de 2013. 
  6. a b «PIBMunicipal2008-2012». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 17 dez. 2014.