Santa Maria das Barreiras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Santa Maria das Barreiras
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Fundação 1892 (126 anos)
Emancipação 10 de maio de 1988 (30 anos)
Gentílico são mariense
Prefeito(a) Jose Barbosa de Faria(Mussum)[1] (PMDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Santa Maria das Barreiras
Localização de Santa Maria das Barreiras no Pará
Santa Maria das Barreiras está localizado em: Brasil
Santa Maria das Barreiras
Localização de Santa Maria das Barreiras no Brasil
08° 51' 18" S 49° 43' 19" O08° 51' 18" S 49° 43' 19" O
Unidade federativa Pará
Mesorregião Sudeste Paraense IBGE/2008 [2]
Microrregião Conceição do Araguaia IBGE/2008 [2]
Distância até a capital Não disponível
Características geográficas
Área 10 330,170 km² [3]
População 20 396 hab. IBGE/2016[4]
Densidade 1,97 hab./km²
Altitude 150 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,544 baixo PNUD/2010[5]
PIB R$ 202 268,21 mil IBGE/2014[6]
PIB per capita R$ 10 406,35 IBGE/2014[6]

Santa Maria das Barreiras é um município brasileiro do estado do Pará. Localiza-se a uma latitude 08º52'18" sul e a uma longitude 49º42'46" oeste, estando a uma altitude de 150 metros. Sua população estimada em 2016 era de 20.396 habitantes. Possui uma área de 10373,49 km².

História[editar | editar código-fonte]

A história do município está intimamente relacionada com a fundação do povoado de Altas Barreiras em 1892. Formado por imigrantes goianos com apoio de frei Gil de Villa Nova, esta localidade desenvolveu-se pela extração de borracha-caucho e outros produtos extrativistas. Teve como principal marco de formação, a construção da Paróquia de Sant'Anna.

Com o passar dos anos, Altas Barreias mostrou-se um povoado muito dinâmico, sendo elevado á categoria de distrito em 31 de dezembro de 1936, passando a denominar-se Santa Maria das Barreiras. Finalmente ganhou autonomia política através da lei estadual nº 2460, de 29 de dezembro de 1961, desmembrado de Conceição do Araguaia, denominando-se município de "Santana do Araguaia".[7]

Em 1980 a região do Tocantins Araguaia é atingida por uma grande enchente de seus rios, fato que destruiu parcialmente a sede do município de Santana do Araguaia. Tal cheia prolongou-se pelo ano de 1981. Como a vila de Campo Alegre era a localidade dotada de melhor infraestrutura no município (inclusive melhor que a própria sede), os aparelhos administrativos foram para ela transferidos e ali permaneceram.[8]

A vulnerabilidade da antiga sede e a dificuldade para reconstruí-la, desqualificou-a para que permanecesse com tal categoria.[8] Desta forma em 5 de novembro de 1984 por meio da lei estadual nº 5.171 transferiu-se definitivamente a sede de Santana do Araguaia para a localidade de Campo Alegre, revertendo a localidade de Santa Maria das Barreiras á sua antiga categoria, como distrito.[9]

Por pressão da comunidade barreirense, insatisfeita com seu novo status político,[8] em 10 de maio de 1988 é criado o município de Santa Maria das Barreiras, através da lei estadual nº 5.451, desmembrado de Santana do Araguaia.[9]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Santa Maria das Barreias dispõe de uma boa oferta de vias de acesso rodoviário que ligam-na aos município limítrofes do Pará, bem como ao estado do Tocantins, mesmo que não haja ponte de travessia do Rio Araguaia.

A rodovia PA-327 liga o município às cidades de Redenção e Conceição do Araguaia, por meio da rodovia PA-287; a rodovia PA-463 permite acesso ao município de Santana do Araguaia, por meio da PA-411, e; a PA-235 que liga o extremo oeste do município à BR-153, permitindo acesso também aos municípios de Cumaru do Norte e Santana do Araguaia.

A BR-158 corta o município de norte a sul, dando acesso às importantes localidades do oeste do município, em especial ao distrito de Casa de Tábua. A região oeste liga-se a sede com diversas estradas vicinais.

A ligação com o estado do Tocantins se dá pela rodovia BR-235, sendo que travessia do rio Araguaia entre o Porto das Barreiras e o município de Araguacema/TO, se dá pelo serviço de balsa fluvial.

Referências

  1. «Eleições 2012». 7Graus 
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  4. «Estimativa populacional 2016» (PDF). Estimativa populacional 2016. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2016. Consultado em 1 de janeiro de 2017 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 22 de setembro de 2013 
  6. a b «PIB Municipal 2010-2014». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 1 jan. 2017 
  7. Pará » Santana do Araguaia » infográficos: histórico - IBGE
  8. a b c FEITOSA, T. C. «A Importância do Extrativismo do Pequi na Economia Doméstica entre os Agricultores do Sudeste Paraense» (PDF). XLIII Congresso da SOBER 
  9. a b Roteiros do Brasil: "Cidade Esperança" - ferias.tur.br
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Pará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.