Santa Quitéria do Maranhão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Santa Quitéria do Maranhão
  Município do Brasil  
Hino
Apelido(s) "Cidade Do Sol"
"Bacuri"
Gentílico quiteriense
Localização
Localização de Santa Quitéria do Maranhão no Maranhão
Localização de Santa Quitéria do Maranhão no Maranhão
Santa Quitéria do Maranhão está localizado em: Brasil
Santa Quitéria do Maranhão
Localização de Santa Quitéria do Maranhão no Brasil
Mapa de Santa Quitéria do Maranhão
Coordenadas 3° 30' 57" S 42° 32' 49" O
País Brasil
Unidade federativa Maranhão
Municípios limítrofes Belágua, Barreirinhas, Santana do Maranhão, São Bernardo, Anapurus, Milagres do Maranhão e Urbano Santos
Distância até a capital 350 km
História
Fundação 16 de abril de 1912 (107 anos)
Administração
Prefeito(a) Alberto Rocha[1] (PDT, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [2] 2 112,890 km²
População total (IBGE/2010[3]) 29 172 hab.
Densidade 13,8 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [4]) 0,561 baixo
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 75 359,649 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 2 579,48

Santa Quitéria do Maranhão é um município brasileiro do estado do Maranhão. Sua população em 2009 era de 29.551 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

O município originou-se do antigo distrito de São Bernardo do Parnaíba, pertencente a São Bernardo. Em 16 de abril de 1912, o distrito foi elevado à categoria de vila, com a denominação de Santa Quitéria. Esta foi extinta em 1932 voltou a ser um distrito, desta vez pertencente ao município de Brejo. Em 1935 recebeu novamente o estatuto de município, renomeado em 1943 para Bacuri. Voltou à denominação de Santa Quitéria do Maranhão em 1948

Em maio de 2005, Santa Quitéria do Maranhão tornou-se o primeiro município brasileiro a erradicar o sub-registro civil. Para isso, foi realizada, a partir de 2003, a campanha Registro é o direito de ter direitos, mediante uma parceria entre a Promotoria da Justiça de Santa Quitéria, o Poder Judiciário local e o Centro de Defesa e Promoção dos Direitos da Cidadania. Na época, 24% da população não existiam legalmente. Em vários casos, as pessoas acreditavam que a certidão de batismo equivalia à certidão de nascimento. Através de mutirões e outras ações coordenadas pelo Ministério Público, com apoio do Unicef e de outras instituições, mais de 3.500 pessoas foram então registradas. Como resultado, a demanda por direitos da família e do cidadão aumentou em 40% desde então, destacando-se os pedidos de bolsa-família, aposentadoria, ações de alimentos e investigações de paternidade. Santa Quitéria recebeu o "Certificado de primeiro Município do Brasil a garantir a todos os seus cidadãos o Registro Civil de Nascimento", concedido pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, e o nome do Município foi dado a uma das categorias do Prêmio Direitos Humanos. A experiência tornou-se modelo para o restante do Brasil. [6]

Referências

  1. .
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. Movimento do Ministério Público Democrático. Direito a ter direitos - Moradores de Santa Quitéria (MA) passam a existir ‘de verdade’

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Maranhão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.