Santa Tereza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para pela forma ortograficamente correta "Santa Teresa", veja Santa Teresa.
Município de Santa Tereza
Prefeitura municipal de Santa Tereza

Prefeitura municipal de Santa Tereza
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 20 de março de 1992 (24 anos)
Gentílico santa-teresense
Prefeito(a) Diogo Segabinazzi Siqueira (PSDB)
Localização
Localização de Santa Tereza
Localização de Santa Tereza no Rio Grande do Sul
Santa Tereza está localizado em: Brasil
Santa Tereza
Localização de Santa Tereza no Brasil
29° 10' 08" S 51° 44' 06" O29° 10' 08" S 51° 44' 06" O
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Mesorregião Nordeste Rio-grandense IBGE/2008 [1]
Microrregião Caxias do Sul IBGE/2008 [1]
Região metropolitana Serra Gaúcha
Municípios limítrofes norte: Cotiporã
sul: Garibaldi e Roca Sales
leste: Monte Belo do Sul e Bento Gonçalves
oeste: São Valentim do Sul e Muçum
Distância até a capital 134 km
Características geográficas
Área 72,390 km² [2]
População 1 717 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 23,72 hab./km²
Altitude 87 m
Clima subtropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,825 muito alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 21 327,871 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 11 326,54 IBGE/2008[5]
Página oficial

Santa Tereza[nota 1] é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. O nome do município foi escolhido pelo chefe da Colonização Italiana, Joaquim Rodrigues Antunes, em homenagem a sua esposa Teresa.[6]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 29°10'08" sul e a uma longitude 51°44'07" oeste, estando a uma altitude de 87 metros.

Possui uma área de 77,742 km² e sua população estimada em 2004 era de 1.604 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Sua colonização iniciou em 1875, com a vinda de imigrantes italianos e poloneses que se instalaram as margens do rio Taquari, na Linha José Júlio. A ligação com outras cidades era feita principalmente através da navegação fluvial, meio pelo qual chegaram as sucessivas levas de imigrantes, principalmente italianos.

O desenvolvimento inicial foi lento e, somente em 8 de julho de 1887, foi criada a paróquia de Santa Tereza. Em 12 de março de 1888 foi nomeado o primeiro pároco de Santa Tereza, padre Giosué Bardin.

Em 1992 emancipou-se de Bento Gonçalves e transformou-se em município.

Em 5 de novembro de 2010 o IPHAN declarou a cidade como patrimônio histórico nacional.[7]

Notas

  1. Nota ortográfica: Segundo as normas ortográficas vigentes da língua portuguesa, este topônimo deveria ser grafado como Santa Teresa.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010. 
  6. História do Município de Santa Tereza no Observatur, UCS.
  7. Santa Tereza, na Serra Gaúcha, torna-se patrimônio histórico nacional

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.