Santalha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Portugal Portugal Santalha 
  Freguesia  
Igreja de Santalha
Igreja de Santalha
Símbolos
[[Imagem:‎
Brasão Freguesia de Santalha
|100px|Brasão de armas de Santalha]]
Brasão de armas
Localização
Santalha está localizado em: Portugal Continental
Santalha
Localização de Santalha em Portugal
Coordenadas 41° 54' 15" N 7° 06' 10" O
Município VNH.png Vinhais
Administração
Tipo Junta de freguesia
Presidente Luís António Bebião Pires
Características geográficas
Área total 27,67 km²
População total (2011) 254 hab.
Densidade 9,2 hab./km²
Código postal 5320-153
Outras informações
Orago Santa Eulália
Sítio http://jfsantalha.com.sapo.pt

Santalha é uma freguesia portuguesa do município de Vinhais, com 27,67 km² de área e 254 habitantes (2011). A sua densidade populacional é de 9,2 hab/km². A cerca de quinze quilómetros de Vinhais, as freguesias mais próximas são: Tuizelo, Pinheiro Novo, Vilar Seco de Lomba, Quirás, Edral e Montouto.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Santalha [1]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
606 649 718 719 699 654 738 779 807 973 571 506 447 312 254

História[editar | editar código-fonte]

É uma povoação de origem medieval, pois ainda hoje se podem encontrar vestígios dessa época. Já nas Inquirições de D. Afonso III de 1258 se faz referência à paróquia de Santalha ou de Santa Eulália de Santalha. Foi-lhe atribuído foral pelo rei D. Diniz em 1311 e 1324. Em 1512 foi-lhe atribuído um terceiro foral, por D. Manuel I.

Foi vila e sede de concelho entre 1836 e 1853. Era constituído pelas freguesias de Edral e Frades, Moimenta, Pinheiro Novo e Pinheiro Velho, Santalha e Seixas, São Jomil, Vilar e Tuizelo. Em 1849 tinha 3 677 habitantes. Em 1853 deixou de ser sede de concelho, passando desde então a pertencer a Vinhais.

Em tempos não muito longínquos, Santalha chegou a ser um centro de comércio relativamente importante, pois era aqui que as aldeias da Lomba vinham abastecer-se e vender os seus produtos.

Património[editar | editar código-fonte]

Arquitectónico[editar | editar código-fonte]

Igrejas
  • Igreja Matriz de Santalha
  • A Igreja Paroquial de Santalha foi reconstruída ao longo dos anos, sobre a primitiva da época medieval. A última reconstrução foi na primeira metade do século XVII, como se pode ver pelos vários dados existentes na mesma, a pia baptismal é medieval, o altar-mor em talha dourada, do século XVIII e as portas laterais são do século XVII. É um templo de uma só nave de construção simples.
  • Igreja de São Clemente - Localiza-se na localidade de Seixas.
  • Igreja Nova - Localiza-se na localidade de Penso.
Capelas
  • Capela de São Marçal – Na localidade de Penso.
  • Capela de Santa Margarida – Na localidade de Contim.
Pontes
  • Ponte Romana - Sobre o Rio Rabaçal, situada entre as localidades de Santalha e Gestosa. Tem tabuleiro horizontal com uma largura máxima de c. de 4,7 m, assente em dois arcos de volta perfeita, desiguais, sendo maior o da margem esquerda. Apresenta, a montante e a jusante, um talha-mar alto, triangular, implantado no espaço entre os arcos. Tem pavimento lajeado e guardas de alvenaria de xisto, de remate em aresta e aberturas na base, para escoamento de águas, conduzindo a gárgulas colocadas no paramento exterior.
  • Ponte Antiga - Sobre o rio Assureira.
Nichos
  • Existem três que se localizam nas principias entradas e saídas na povoação de Santalha
  • Um na povoação de Seixas.
Outros
  • Fonte do Ferro – Consiste numa fonte muito antiga, que se situa na povoação de Santalha.
  • Moinhos comunitários
  • Lavadouros comunitários
  • Fornos Comunitários - Existem em todas as povoações da freguesia.
  • Pombais - Construídos em forma de ferradura ou arredondada, devido aos predadores. As paredes são de xisto da região e de barro, com uma espessura de 65 cm a 1 m. O isolamento térmico do barro faz com que dentro do pombal se mantenha uma temperatura estável. Caídos de branco, para atrair a atenção das pombas.

Arqueológico[editar | editar código-fonte]

  • Castelo - Situado a sul da freguesia de Santalha, é um povoado fortificado de grandes dimensões, situado numa encosta do regato da Vergadela. A área é muralhada em forma de losango, num dos vértices ainda é possível verificar-se que ali existiu um torreão, embora o estado de conservação não ser bom e não garanta certeza. Na parte Nordeste a muralha tem bastante inclinação na encosta, onde se pode verificar uma interrupção, o que leva a concluir, que ali existiu uma das entradas antigas do castelo. No interior, o povoado está separado em dois, na parte Norte existe uma imensa e alta acrópole rochosa, dificultando o acesso, o que mostra a forma de sistema defensivo. Todas as indicações dão a entender que se trata de um povoado da Idade do Ferro.
  • Castelo de Seixão - Pequeno povoado fortificado, situado numa ponta rochosa na parte Sul de uma planície de vasta altitude, o que consistia numa boa defesa. Só a parte Norte foi muralhada, os restantes lados eram delimitados por rochas naturais onde existe uma pequena plataforma. Este povoado é de período indefinido, tanto pode ser da Pré-História recente, como da Idade do Ferro.
  • Covas ou Fornos dos Mouros - Situadas no Alto da Escaladinha, na margem esquerda do rio Rabaçal, numa vasta colina de xisto, foi descoberta uma das várias galerias mineiras. A galeria da mina é um labirinto com vários dezenas de metros. Esta galeria, de época incerta, pode fazer parte de um antigo campo mineiro, cuja exploração seria de ouro.
  • Santa Locaia - Situa-se a Sul da povoação de Santalha numa colina de suave inclinação. A população diz que existem no local ruínas de uma capela medieval dedicada a Santa Leocádia, que o povo alterou para Locaia. Junto das ruínas de um muro da parte Norte, foi encontrada e logo arruinada uma sepultura antropomórfica escavada no xisto e tapada por pequenas lajes de lousa preta, diz-se que o crânio ainda ali permanecia.

Natural[editar | editar código-fonte]

  • Miradouro do Castelo Seixão – Miradouro natural, donde se vislumbra uma vasta paisagem, tais como várias áreas de Espanha, e áreas dos concelhos de Chaves, Valpaços, Mirandela, Macedo de Cavaleiros e Bragança.
  • Praia Fluvial - Na Ponte Nova.
  • Praia Natural - No Porto das Amoreiras.

Festas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes

Ligações externas[editar | editar código-fonte]