Santo Antão (Évora)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Santo Antão (desambiguação).
Portugal Santo Antão  
—  freguesia portuguesa extinta  —
Brasão de armas de Santo Antão
Brasão de armas
Santo Antão está localizado em: Portugal Continental
Santo Antão
Localização de Santo Antão em Portugal Continental
Coordenadas 38° 34' 14" N 7° 54' 47" O
Concelho primitivo Évora
Concelho (s) atual (is) Évora
Freguesia (s) atual (is) Évora (São Mamede, Sé, São Pedro e Santo Antão)
Fundação séc. XVI
Extinção 2013
Área
 - Total 0,27 km²
População (2011)
 - Total 1 323
    • Densidade 4 900/km2 
Orago Santo Antão

Santo Antão foi uma minúscula freguesia portuguesa do concelho de Évora, com 0,27 km² de área e 1 323 habitantes (2011). Densidade: 4 900 hab/km². Esta freguesia abrangia um território intra-muros da cidade, no espaço compreendido entre a Rua dos Mercadores e a Rua José Elias Garcia (antiga Rua da Lagoa). A sua origem oficial, como freguesia, remonta ao século XVI, quando o Cardeal D. Henrique, Arcebispo de Évora, mandou edificar a Igreja Paroquial de Santo Antão, no exacto local onde se erguia a velha Ermida de Santo Antoninho, obra que originou a demolição do Arco do Triunfo romano, que se erguia na Praça do Giraldo.[1]

Foi extinta em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, para, em conjunto com Sé e São Pedro e São Mamede, formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Évora (São Mamede, Sé, São Pedro e Santo Antão) com a sede em São Mamede.[2]

Aqui se situa a famosa Praça do Giraldo, com a sua fonte mandada edificar pelo então arcebispo de Évora, o Cardeal D. Henrique.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Évora (Santo Antão) [3]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
2 628 2 838 3 243 3 579 3 731 3 599 4 278 4 570 4 404 3 904 3 035 2 850 2 068 1 473 1 323

Património[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Paróquia de Santo Antão». Arquivo Distrital de Évora. Consultado em 5 de Dezembro de 2013. 
  2. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias). Acedido a 2 de fevereiro de 2013.
  3. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.