Santo Antônio de Jesus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2011).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Município de Santo Antônio de Jesus
"Capital do Recôncavo"
"Cidade das Palmeiras"
"SAJ"
Prédio da prefeitura.

Prédio da prefeitura.
Bandeira de Santo Antônio de Jesus
Brasão de Santo Antônio de Jesus
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 29 de maio de 1880 (136 anos)
Gentílico santo-antoniense
Lema In nomine Iesu
(em português: Em nome de Jesus)
Prefeito(a) Rogério Andrade (PSD)
Localização
Localização de Santo Antônio de Jesus
Localização de Santo Antônio de Jesus na Bahia
Santo Antônio de Jesus está localizado em: Brasil
Santo Antônio de Jesus
Localização de Santo Antônio de Jesus no Brasil
12° 58' 9,08" S 39° 15' 39,89" O12° 58' 9,08" S 39° 15' 39,89" O
Unidade federativa Bahia Bahia
Mesorregião Metropolitana de Salvador IBGE/2008[1]
Microrregião Santo Antônio de Jesus IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Varzedo,Conceição do Almeida, Aratuípe, Laje, Muniz Ferreira, Dom Macedo Costa, São Felipe e São Miguel das Matas
Distância até a capital 190 ou 90 (via ferry boat) km
Características geográficas
Área 268,763 km² [2]
População 101 548 hab. IBGE/2015[3]
Densidade 377,83 hab./km²
Altitude 878 m
Clima tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,700 alto PNUD/2010[4]
Gini 0,54 PNUD/2010[5]
PIB R$ 714 755,105 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 8 142,94 IBGE/2008[6]
Página oficial
Prefeitura prefeiturasaj.ba.gov.br

Santo Antônio de Jesus é um município brasileiro do estado da Bahia, localizado à 187 Km de Salvador, e é considerado a capital do Recôncavo Baiano, pela sua importância como centro comercial, industrial e de serviços de toda a região. Contando com uma de população de 101.548 habitantes, limita-se com os municípios de Aratuípe, Castro Alves, Conceição do Almeida, Cruz das Almas, Dom Macedo Costa, Elísio Medrado, Laje, Muniz Ferreira, Mutuípe, Nazaré, São Felipe, São Miguel das Matas e Varzedo. Além da sua importância econômica, Santo Antônio de Jesus sedia anualmente movimentadas festas juninas, que atraem milhares de visitantes de todo país, e que tornaram a cidade conhecida por realizar o melhor e mais popular São João da Bahia.

História[editar | editar código-fonte]

As primeiras expedições no território deste município resultaram da colonização na área do rio Jaguaripe, realizadas nos séculos XVI e XVII. Os primeiros colonizadores que desbravaram a região foram Pero Carneiro e D. Álvaro da Costa, que juntaram-se aos índios descendentes de Pedra Branca, que inicialmente habitavam a região, em expedições pelo local. As terras férteis, as valiosas madeiras de lei e abundância dos recursos fluviais, foram fatores relevantes para o povoamento desta localidade.Com o passar do tempo iniciaram-se as primeiras plantações de cana-de-açúcar com o estabelecimento de pequenos engenhos e roçados para a atividade agrícola, a qual teve como principal fonte de exploração o cultivo de mandioca.

Nessa época, nos idos de 1663, através de Carta Régia, já havia sido recomendada, à Relação da Bahia, proteção aos indígenas e delimitação de reserva de uma légua quadrada de terra, para que fosse feito o aldeamento e sustento dos silvícolas. Os índios mais conhecidos eram os da Aldeia de Santo Antônio. Após a doação de sesmarias e sua consequente divisão, em 1644, há o registro dos mais antigos limites que iriam dar inicio ao atual município de Santo Antônio de Jesus, embora não o abranja de todo. [7]

No século XVIII já havia um grande número de lavradores de farinha, que tornara-se a principal economia do lugar, dentre os quais sobressaíam-se os nomes dos padre Mateus Vieira de Azevedo e dos fazendeiros e comerciantes Antônio de Souza Andrade, João Borges de Escobar, José Ferreira de S. Paio e Bento Pereira. O padre Mateus Vieira de Azevedo é uma das figuras que mais se destacara no processo de desbravamento do município de Santo Antônio de Jesus. Sua residência, nas proximidades do rio Sururu foi transformada no primeiro povoado do município, onde foi erguido o oratório consagrado a Santo Antônio de Jesus. Em 23 de setembro de 1777, o oratório foi transformado em Capela, e em 19 de junho de 1852, foi elevada à categoria de Igreja Matriz.

Município criado com os territórios das freguesias de Santo Antônio de Jesus e de São Miguel da Nova Laje, desmembrados de Nazaré, pela Lei Provincial de 29.05.1880. Teve o nome simplificado para Santo Antônio em 1931, recebendo em 1938 novamente a denominação de Santo Antonio de Jesus. A sede foi elevada à categoria de cidade através Ato Estadual de 30 de junho de 1892.

Climatologia[editar | editar código-fonte]

Mês Temp. Mín Temp. Máx Precipitação
Janeiro 18.8(°C) 28.8(°C) 78 mm
Fevereiro 18.9(°C) 28.7(°C) 69 mm
Março 18.9(°C) 28.7(°C) 118 mm
Abril 18.5(°C) 27.4(°C) 167.2 mm
Maio 17.5(°C) 25.9(°C) 182.3 mm
Junho 16.4(°C) 24.6(°C) 140 mm
Julho 14.7(°C) 23.9(°C) 135.8 mm
Agosto 14.5(°C) 24.5(°C) 73.2 mm
Setembro 16.2(°C) 26.0(°C) 72 mm
Outubro 17.6(°C) 27.3(°C) 61 mm
Novembro 18.3(°C) 28.0(°C) 123.3 mm
Dezembro 18.5(°C) 28.7(°C) 99.2 mm

Economia[editar | editar código-fonte]

Sua agricultura tem grande produção de amendoim, limão e laranja. Na pecuária o município conta com criadores de bovinos e muares. No setor de bens minerais, é produtor de areia e argila. Sua rede hoteleira conta com 741 leitos. No ano de 2001, o município registrou 23.175 consumidores de energia elétrica com um consumo de 43.583mWh. Segundo dados da SEI/IBGE, o PIB do município para 2003 foi de 279,89 milhões e a estrutura setorial está distribuída da seguinte forma: 5,62% para agropecuária, 21,30% para indústria e 73,08% para serviços e comércio.

Rua no centro da cidade

O comércio e o serviço tornaram-se a principal forma de economia a partir da década de 1970, quando houve uma migração da população rural para a cidade.

A feira livre é considerada como a feira livre mais barata da Bahia, onde tem qualidade preços baixos e variedades e movimenta com grande fluxo de consumidores a economia local.

Nativos ilustres[editar | editar código-fonte]


Comunicação[editar | editar código-fonte]

Redes de Internet Móvel

Retransmissoras de Televisão VHF (Canais analógicos)

Emissoras de rádio FM

  • 98.5 - Recôncavo FM
  • 104.3 - Andaiá FM

Emissoras de rádio AM

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE. «Área territorial oficial». Consultado em 10 jan. 2017 
  3. «Censo Populacional 2015» (PDF). Censo Populacional 2015. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 28 de agosto de 2015. Consultado em 29 de agosto de 2015  Texto "santo-antonio-de-jesus " ignorado (ajuda)
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 07 de agosto de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (2010). «Perfil do município de Santo Antõnio de Jesus - BA». Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013. Consultado em 4 de março de 2014 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  7. «O município de Santo Antônio de Jesus no Recôncavo Baiano». www.vertentes.ufba.br. Consultado em 12 de janeiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]