Santo Antônio de Leverger

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Santo Antônio, veja Santo António.
Município de Santo Antônio de Leverger
"Terra do Marechal Rondon"
Bandeira de Santo Antônio de Leverger
Brasão de Santo Antônio de Leverger
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 13 de junho de 1900 (116 anos)
Fundação 4 de julho de 1890[1]
Gentílico levergense ou santoantoniense[1]
Prefeito(a) Valdir Ribeiro (PT[2] )
(2013–2016)
Localização
Localização de Santo Antônio de Leverger
Localização de Santo Antônio de Leverger no Mato Grosso
Santo Antônio de Leverger está localizado em: Brasil
Santo Antônio de Leverger
Localização de Santo Antônio de Leverger no Brasil
15° 51' 57" S 56° 04' 37" O15° 51' 57" S 56° 04' 37" O
Unidade federativa  Mato Grosso
Mesorregião Centro-Sul Mato-Grossense IBGE/2013[3]
Microrregião Cuiabá IBGE/2013[3]
Região metropolitana Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá
Municípios limítrofes Chapada dos Guimarães, Campo Verde, Jaciara, Juscimeira, Rondonópolis, Itiquira, Barão de Melgaço, Nossa Senhora do Livramento Várzea Grande e Cuiabá
Distância até a capital 27 km
Características geográficas
Área 12 261,288 km² [4]
Distritos Caité, Engenho Velho, Mimoso, Santo Antônio de Leverger (sede) e Varginha[1]
População 19 257 hab. (MT: 36º) –  estatísticas IBGE/2015[5]
Densidade 1,57 hab./km²
Altitude 141 m
Clima tropical Aw
Fuso horário UTC−4
Indicadores
IDH-M 0,656 médio PNUD/2010[6]
PIB R$ 252 255 mil IBGE/2012[7]
PIB per capita R$ 13 332,00 IBGE/2012[8]
Página oficial

Santo Antônio de Leverger é um município brasileiro no estado de Mato Grosso, Região Centro-Oeste do país. Pertence à Mesorregião do Centro-Sul Mato-Grossense, à Microrregião de Cuiabá e à Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá e sua população estimada em 2015 era de 19 257 habitantes.[5]

Hoje o município, de maioria católica, porém com crescimento vertiginoso dos evangélicos, vive do turismo da pesca e agricultura de subsistência, sendo uma cidade hospedeira, pois muitos moradores moram na cidade e trabalham na capital Cuiabá.[carece de fontes?] É a cidade natal de Marechal Cândido Rondon.[9]

História[editar | editar código-fonte]

O atual município de Santo Antônio de Leverger foi criado inicialmente como um distrito pertencente a Cuiabá pela lei provincial nº 11, de 26 de agosto de 1835, com a denominação de Santo Antônio do Rio Abaixo. Foi desmembrado pela lei estadual nº 22, de 4 de julho de 1890, ao receber a categoria de vila, instalando-se a 13 de junho de 1900. Pela lei estadual nº 1.023, de 2 de setembro de 1929, foi elevado à categoria de cidade. Mediante a lei estadual nº 208, de 26 de outubro de 1938, o município teve a denominação alterada para simplesmente Santo Antônio e, mais tarde, Leverger. Pela lei estadual nº 132, de 30 de setembro de 1948, recebeu o nome de Santo Antônio de Leverger, o qual prevalece atualmente.[1]

Na década de 1930, houve a criação dos distritos de Melgaço (mais tarde Chacororé e, posteriormente, Barão de Melgaço) e Santo Antônio da Barra (mais tarde Joselândia), que foram desmembrados para a criação do município de Barão de Melgaço pela lei nº 690, de 12 de dezembro de 1953. Atualmente, Santo Antônio de Leverger constitui-se dos distritos de Caité (criado pela lei estadual nº 2.096, de 20 de dezembro de 1963), Engenho Velho (lei estadual nº 1.122, de 17 de outubro de 1958), Mimoso (lei estadual nº 1.178, de 17 de dezembro de 1958) e Varginha (lei estadual nº 4.200, de 16 de junho de 1980), além da sede.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e Enciclopédia dos Municípios Brasileiros (2007). «Santo Antônio do Leverger - Histórico». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Arquivado desde o original (PDF) em 25 de outubro de 2015. Consultado em 23 de novembro de 2010. 
  2. Eleições 2012 (7 de outubro de 2012). «Candidatos a Prefeito Santo Antônio do Leverger/MT». Arquivado desde o original em 25 de outubro de 2015. Consultado em 25 de outubro de 2015. 
  3. a b Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais (19 de julho de 2013). «Divisão Territorial do Brasil». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 25 de outubro de 2015. 
  4. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (15 de janeiro de 2013). «Área territorial oficial». Arquivado desde o original em 25 de outubro de 2015. Consultado em 25 de outubro de 2015. 
  5. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2015). «Estimativa da população 2015 » população estimada » comparação entre os municípios: Mato Grosso». Arquivado desde o original em 25 de outubro de 2015. Consultado em 25 de outubro de 2015. 
  6. Atlas do Desenvolvimento Humano (29 de julho de 2013). «Ranking IDH-M Municípios 2010». Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Arquivado desde o original em 25 de outubro de 2015. Consultado em 25 de outubro de 2015. 
  7. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2012). «Produto Interno Bruto dos Municípios - 2012 » PIB a preços correntes » Comparação entre os Municípios: Mato Grosso». Arquivado desde o original em 25 de outubro de 2015. Consultado em 25 de outubro de 2015. 
  8. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2012). «Produto Interno Bruto dos Municípios - 2012 » PIB per capita a preços correntes » Comparação entre os Municípios: Mato Grosso». Arquivado desde o original em 25 de outubro de 2015. Consultado em 25 de outubro de 2015. 
  9. TV Brasil (25 de maio de 2015). «Caminhos da Reportagem mostra trajetória e legado de Cândido Rondon». Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Arquivado desde o original em 25 de outubro de 2015. Consultado em 25 de outubro de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Mato Grosso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.