Santo Egídio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Santo Egídio
São Gil
Santo Egídio e a corça, de Mestre de Saint Giles.
Santo auxiliar
Nascimento Atenas, Grécia 
650 d.c[1]
Morte Septimânia, Languedoque, França 
720 d.c
Veneração por Igreja Católica
Igreja Anglicana
Principal templo Catedral de Santo Egídio (Edimburgo, Escócia)
Festa litúrgica 1 de setembro
Atribuições Flecha, Báculo, Corça
Padroeiro ferreiros, mendigos, pobres, eremitas e da cidade de Edimburgo.
Gloriole.svg Portal dos Santos

Santo Egídio ou São Gil (ambos oriundos do nome grego Αἰγίδιος) foi um santo católico eremita do século VI originário da Grécia que se tornou popular na região da Provença e na Escócia. A abadia onde viveu Santo Egídio, na comuna francesa de Saint-Gilles, é local de peregrinação e parada oficial dos Caminhos de Santiago.[2]

Vida[editar | editar código-fonte]

Pouco se sabe sobre a infânica e juventude de Santo Egídio, porém sabe-se que ele era filho de nobres atenenses. Após a morte de seus pais, Egídio passou a ser eremita e habitou na região do rio Ródano e do rio Gard.[2]

De acordo com a Legenda Áurea, Egídio se mudou para uma floresta na região de Nimes para viver como eremita e se dedicar ao estudo de Deus e durante essa época seu único companheiro foi um cervo. Porém, seu refúgio foi decoberto por capangas do rei que o haviam perseguido secretamente. Uma flecha atingiu em cheio sua mão enquanto tentava proteger uma corça dos caçadores do rei visigodo Vamba. Como forma de reconciliação o rei disponibilizou médicos para cuidarem dos ferimentos da mão de Egídio e também construiu um enorme monastério para Egídio que mais tarde se tornou monastério beneditino.[2]

Egídio veio a falecer em 720 d.c em seu monastério e sua sepultura se tornou local de peregrinação e parte dos Caminhos de Santiago que levam até a Espanha. Santo Egídio também foi consagrado um dos Catorze santos auxiliares da Igreja Católica.[3]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. "The West Portal of Saint-Gilles-du-Gard," Arquivado em 27 de setembro de 2006, no Wayback Machine. by R.J. Gangewere, Carnegie Museums of Pittsburgh, September/October 2003
  2. a b c Guiley, Rosemary (2001). The Encyclopedia of Saints. Fourteen Holy Helpers (em inglês). [S.l.]: Infobase Publishing. p. 109. 419 páginas 
  3. «Cópia arquivada». Consultado em 15 de outubro de 2009. Arquivado do original em 20 de junho de 2010 

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Santo Egídio