Santo Tomé (Corrientes)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Santo Tomé é um município da Argentina, localizada na província de Corrientes. É a capital do departamento de Santo Tomé.

Em 1683, os jesuítas fundaram uma redução no lugar.

Em março de 1817, o comandante Francisco das Chagas Santos, com ordens para destruir as bases de sustentação de Artigas, atacou a cidade com uma força de 300 milicianos guaranis tendo incendiado a vila, causando 150 baixas e fazendo afogar no rio 3.000 cabeças de gado.

Em 27 de agosto de 1863, a cidade foi refundada[1].

No local existe a Faculdade de Medicina Barceló[2]

Referências

  1. Santo Tomé, em espanhol, acesso em 21 de outubro de 2017.
  2. «Portal Oficial del Gobierno de la Provincia de Corrientes». www.corrientes.gov.ar. Consultado em 13 de agosto de 2009 
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Argentina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.