Santuário Dom Bosco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Santuário Dom Bosco
Santuário Dom Bosco Brasília.jpg
Diocese Arquidiocese de Brasília
Bispo Dom Sérgio da Rocha
Local Brasília,  Brasil
Vista panorâmica do interior do santuário

O Santuário Dom Bosco é uma das mais conhecidas Igrejas de Brasília e uma das imagens mais frequentes nos cartões-postais dessa cidade. Ocupa uma boa parte da Quadra 702 Sul, em posição bastante central no Plano-Piloto. Ele foi criado pelo arquiteto Carlos Alberto Naves.

Construído em homenagem ao padroeiro de Brasília, São João Belchior Bosco, o Santuário tem 80 colunas de 16 metros, 20 em cada lado de 40 metros (perfazendo um vão livre de 1.600 m² de vão livre) e é decorado por vitrais em 12 tonalidades de azul em degrade, de autoria de Claudio Naves, que representam a beleza do céu de Brasília. No interior, desenhado por ALVIMAR MOREIRA DA SILVA, um lustre de 3,5 m de altura, formado por 7.400 peças de vidro murano, possui 435 lâmpadas e é desmontado e lavado a cada 2 anos, simboliza Jesus, a luz do mundo. Portas produzidas em ferro e bronze, com baixos-relevos, de autoria do artista Gianfrancesco Cerri. Nas portas principais temos imagens referentes a Brasília e a descoberta do Brasil. Na parte superior às portas temos 1- ermida Dom Bosco 2- a 1a missa em Brasília 3- a 1a capela e colégio do núcleo bandeirante 4- santuário dom Bosco. Sobre as portas laterais temos 16 quadros compondo a via sacra de Cerri. Nas portas laterais temos a vida, sonho e infância de Dom Bosco. Nas maçanetas internas temos símbolos litúrgicos e sacros. No altar, a mesa é formada por uma única pedra de mármore rosa de 10 toneladas, vinda da Bahia e o crucifixo feito por um único tronco de cedro (o corpo do Cristo, exceto os braços) reflete o amor de Deus filho que deu sua vida para salvar a humanidade. Arte de Gotfredo traller. A cruz possui 8 metros e o Cristo 4,3 metros. Na esquerda temos a imagem de Dom Bosco em mármore de Carrara, esculpida pelos irmãos Arrighini e Figlio (Itália), foi doada pelo reitor-mor dos salesianos - DOM LUIS RICCERI (Itália). Na direita a imagem de Nossa Senhora Auxiliadora, de quem Dom Bosco era devoto, também em mármore de Carrara e esculpida pelos irmãos Arrighini e Figlio (Itália), foi doada pelo benfeitor Hugo Borghio.

A construção do Santuário foi iniciativa da Congregação Salesiana em parceria com o Governo Federal. Sob a inspiração do sonho de Dom Bosco com Brasília, também foi erigida em homenagem ao Santo dos jovens, uma pequena ermida (capela) defronte ao lago Paranoá.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Santuário Dom Bosco
Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.