Santuário de Fauna de Manas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pix.gif Santuário de Fauna de Manas *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Panthera tigris tigris edited2.jpg
Tigre Siberiano
País Índia
Critérios (vii)(ix)(x)'"`UNIQ--nowiki-0000000C-QINU`"'1'"`UNIQ--nowiki-0000000D-QINU`"'
Referência 338
Coordenadas 26° 43′ N 91° 1′ E(Assam, Índia)[1]
Histórico de inscrição
Inscrição 1985 (em perigo:1992)[1]  (? sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.

Manas é um santuário de fauna aos pés dos Himalaias, no estado de Assam, Índia. O Santuário de Manas abriga grande variedade de fauna, incluindo muitas espécies em risco de extinção, como o tigre, o porco-pigmeu, o rinoceronte indiano e o elefante indiano.[1]

A Unesco inclui o Santuário de Fauna de Manas na lista de Património Mundial da Humanidade em 1985 e, mais tarde, em 1992, na lista de Património Mundial em perigo.[1] A decisão da Unesco de declarar o santuário Património Mundial em perigo foi tomada quando este foi invadido pelos militantes da tribo Bodo. Os danos no santuário foram estimados em dois milhões de dólares americanos. A infrastructura do sítio sofreu danos consideráveis entre 1992 e 1993. Uma missão de monitorizamento levada a cabo juntamente pela pelo Governo da Índia e pela Unesco em 1997 confirmou os extensos danos à infrastructura do parque e descida da população de algumas espécies, particularmente ao rinoceronte indiano de um só corno.[2]

O Governo da Índia, Governo do estado de Assam e as autoridades do parque elaboraram um plano de reabilitação do parque com o custo de 2.35 milhões de dólares americanos que começou por ser implementado em 1997 e que progrede satisfatoriamente. Enquanto as condições de segurança melhoraram dentro e à volta de Manas, a ameaça de insurgência ainda se mantém no estado de Assam e os militantes atravessam ocasionalmente o santuário. No entanto, as condições do sítio - protecção e relações com os nativos da zona estão a melhorar.[2]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Este artigo é um esboço sobre Áreas protegidas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.