Sara Tavares

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde setembro de 2011). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.


Sara Tavares
Informação geral
Nome completo Sara Alexandra Lima Tavares
Nascimento 1 de fevereiro de 1978 (37 anos)
Origem Lisboa
País  Portugal
Gênero(s) Pop, world music
Período em atividade 1994–presente
Gravadora(s) World Connection
Página oficial www.SaraTavares.com

Sara Alexandra Lima Tavares[1] (Lisboa, 1 de Fevereiro de 1978) é uma cantora e compositora portuguesa com ascendência cabo-verdiana. A música que ela interpreta é definida como world music.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Sara ganhou a final da 1ª edição (1993/1994) do concurso Chuva de Estrelas da SIC onde interpretou um tema de Whitney Houston.

Foi convidada por Rosa Lobato de Faria para participar no Festival RTP da Canção de 1994 com a canção "Chamar a Música". A canção recebeu o máximo de pontuação de todos os jurados, ganhando assim um lugar no Festival Eurovisão da Canção de 1994, onde alcançou a 8ª posição.

Em 1996 editou o seu primeiro disco que contou com a colaboração do coro Shout, além de gravar a música "Longe do Mundo" (uma adaptação de "God Help The Outcasts, de Heidi Mollenhauer), para o filme da Disney, O Corcunda de Notre-Dame, que viria a merecer uma menção honrosa da Disney como a melhor versão, sem contar com a inglesa, da canção.

Na Expo'98, Sara Tavares participou no espectáculo de tributo a Gershwin, ao lado da Rias Big Band Berlin.

Colaborou entretanto no grande sucesso da banda Ala dos Namorados, "Solta-se o Beijo" .

Em 1999 editou o álbum "Mi Ma Bô", um disco mais maduro e com mais ligação às suas raízes.

O álbum "Balancê", editado pela World Connection, em Novembro de 2005, foi considerado um dos melhores álbuns do ano por parte da critica, tendo alcançado o disco de ouro.

Com a canção "Bom Feeling", do álbum "Balancê", Sara Tavares dá a cara pelo Millenium BCP. Através da campanha, num investimento de 3 milhões de euros, 40 mil CDs da cantora foram distribuídos aos clientes do banco.[2]

Em 2008 é lançado o DVD "Alive in Lisboa". No ano de 2009 regressa aos originais com o álbum "Xinti".

Discografia[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

  • Chamar a Música (Single, BMG, 1993)
  • Pirilampo (Single, 1997) - Com os Shout!
  • Fix Me Jesus/Oh Happy Day (Single, BMG, 1996) - Com os Shout!
  • Nha Cretcheu (Meu Amor) (Single, BMG, 1999)
  • Eu Sei (Single, BMG, 1999)
  • Balancê (Single, World Connection, 2007)
  • Bom Feeling (Single, World Connection, 2007)
  • Ponto de Luz (Single, World Connection, 2009)

Compilações[editar | editar código-fonte]

Colaborações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [1] Ascap.com.
  2. BCP lança nova campanha associada a música agora com Sara Tavares RTP Notícias, via Agência Lusa (31 de Agosto de 2006).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.