Sarah Huckabee Sanders

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sarah Huckabee Sanders
Secretária de Imprensa da Casa Branca
Período 26 de julho de 2017
a 1 de julho de 2019
Presidente Donald Trump
Antecessor Sean Spicer
Sucessor Stephanie Grisham
Secretária de Imprensa Adjunta da Casa Branca
Período 20 de janeiro de 2017
a 26 de julho de 2017
Presidente Donald Trump
Antecessor Eric Schultz
Sucessor Lindsay Walters
Dados pessoais
Nome completo Sarah Huckabee Sanders
Nascimento 13 de agosto de 1982 (38 anos)
Hope, Arkansas, Estados Unidos
Nacionalidade norte-americana
Progenitores Mãe: Janet Huckabee
Pai: Mike Huckabee
Alma mater Ouachita Baptist University
(BA)
Marido Bryan Sanders
Filhos 3
Partido Republicano
Religião Luterana

Sarah Elizabeth Huckabee Sanders[1] (Hope, 13 de agosto de 1982)[2] é uma assessora política norte-americana que ocupou o cargo de Secretária de Imprensa da Casa Branca desde 2017 a 2019. Ela é filha do ex-governador do Arkansas e ex-presidenciável do Partido Republicano Mike Huckabee e de Janet Huckabee.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Sarah Sanders nasceu em Hope, Arkansas, tendo sido a caçula e única filha de Mike Huckabee, ex-governador do Arkansas, e Janet Huckabee.[3][4] Ela tem dois irmãos, John Mark e David Huckabee, um corretor de hipotécas imobiliárias do Arkansas.[4] Ela frequentou a Little Rock Central High School de Little Rock, no Arkansas.[5] Ela foi matriculada na Ouachita Baptist University em Arkadelphia, no Arkansas, onde ela foi eleita como presidente do corpo de estudantes daquela instituição e foi uma ativa militante do Partido Republicano em outras organizações e grupos estudantis, tendo ela obtido sua graduação em 2004.[6][7]

Ela foi introduzida à política ainda criança, aos 10 anos, quando o seu pai concorreu pela primeira vez para o governo do Arkansas em 1992. Descrevendo a campanha mal sucedida do seu pai para o jornal The Hill, ela disse: "Ele não tinha muitos assessores, então nossa família teve que se engajar na campanha e dar apoio ao meu pai. Eu preenchia os envelopes, Eu batia de casa em casa, Eu colocava placas com o nome do meu pai nos quintais das casas."[4] O seu pai descreveu a infância de sua filha, dizendo que "Eu sempre disse que, enquanto a maioria das crianças com sete ou oito anos estava pulando cordas, ela estava sentada na cozinha ouvindo conversas sobre política e analisando resultados de pesquisa."[8] Huckabee também completou que, sendo ela a sua caçula, Sarah Sanders foi mimada algumas vezes, mas eles se empenharam para incutir a boa ética de trabalho em todos os seus filhos.[8]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Sarah Sanders teve seu início na área política atuando como coordenadora de campo na campanha para a reeleição do seu pai para o Governo do Arkansas, em 2002. Posteriormente, ela trabalhou como representante regional para assuntos do Departamento de Educação do Congresso dos Estados Unidos durante a Presidência de George W. Bush.[9] Ela também atuou como coordenadora de campo na campanha para reeleição do então presidente George W. Bush em Ohio, em 2004.[10]

Sanders é sócia-fundadora da Second Street Strategies em Little Rock, no Arkansas, uma prestadora geral de serviços de consultoria.[11] Ela trabalhou em campanhas políticas nacionais e em campanhas para o escritório federal no Arkansas. Sanders também atuou como vice-presidenteda Tsamoutales Strategies.[10] Também atuou como diretora política nacional para o seu pai, Mike Huckabee, durante a campanha para escolha do candidato a Presidência dos EUA pelo Partido Republicado, em 2008. Ela trabalho como assessora sênior para Tim Pawlenty durante a corrida desse político para disputar a vaga de presidenciável em 2012. Ela se envolveu em campanhas para candidatos a senadores pelo Arkansas, gerenciando em 2010 a campanha de John Boozman e servindo como assessora de Tom Cotton em sua eleição de 2014. Em 2008, após a campanha de seu pai, ela trabalhou como diretora executiva da Huck PAC, um comitê de ação política.[10] Ainda serviu como gerente nacional de campanha para a ONE Campaign, uma organização internacional dedicada a erradicação da pobreza e prevenção de doenças.[10][11]

Em 2016, após gerenciar a campanha de seu pai, Mike Huckabee, na disputa para a vaga de presidenciável pelo Partido Republicano, ela assumiu cargo como assessora sênior na Campanha Presidencial de Donald Trump na Eleição Presidencial de 2016, cuidando das comunicações de campanha para coalizões políticas.[12][13]

Administração Trump[editar | editar código-fonte]

Após a vitória de Donaldo Trump na Eleição Presidencial de 2016, Sanders foi nomeada para o cargo de Secretária de Imprensa Adjunta da Casa Branca na nova administração. Em 5 de maio de 2017 ela apresentou interinamente o seu primeiro briefing de imprensa da Casa Branca, cargo então ocupado oficialmente pelo Secretário de Imprensa Sean Spicer que estava a serviço para a Reserva Naval dos Estados Unidos.[14] Ela seguiu na substituição temporária de Spicer até o seu retorno ao posto em 12 de maio. Ela esteve ao lado de Spicer também na ocasião dos comunicados relacionados à demissão do ex-diretor do FBI James Comey e na controvérsia subsequente. Na oportunidade, a sua defesa das ações da Administração Trump levou a algumas especulações de que o Presidente estava considerando promovê-la para substituir Spicer, que já havia comunicado que estava a sair do cargo.[15] Embora essa especulação tenha sido refutada pelo seu pai na ocasião.[16] Entretanto, em 26 de maio o The Wall Street Journal novamente sugeriu que Sanders estava sendo considerada uma possível substituta de Spicer, no contexto de mudanças mais amplas no quadro de funcionários da Casa Branca e da investigação das alegações de supostas comunicações entre a Administração Trump com o Governo da Rússia.[17] Durante essa fase, ela continuou ocasionalmente a substituir Spice.[18]

Em 27 de junho de 2017 durante um briefing de Imprensa, Sanders criticou a mídia, acusando ela de espalhar notícias falsas contra Donald Trump. Sanders citou um vídeo criado por James O'Keefe, em que ele flagrou supostas confissões de produtores jornalísticos que fomentariam notícias falsas. Embora ela não tenha comprovado a fidedignidade do vídeo naquele momento, afirmou que "encorajaria cada um dessa sala e, francamente, cada pessoa ao redor do país a dar uma olhada nisso aqui." O vídeo em questão apresenta um produtor jornalístico da CNN, John Bonifield, dizendo que a cobertura da CNN sobre acusações de supostas associações da campanha Trump para a Rússia são "essencialmente besteiras" e eram apenas empregadas e reiteradas na pauta jornalística da emissora para obter audiência de seu público.[19][20][21]

Em 21 de julho de 2017, após o anúncio de demissão de Sean Spicer de seu posto, e de cumprir o seu período de aviso prévio, o recém-nomeado Diretor de Comunicações da Casa Branca, Anthony Scaramucci, anunciou que Sarah Sanders assumiria em caráter efetivo o cargo de Secretária de Imprensa da Casa Branca.[22] Sanders foi a terceira mulher a ocupar o cargo depois de Dee Dee Myers em 1993 e de Dana Perino em 2007.[9]Dez dias depois desse comunicado, Scaramucci foi demitido.

Reconhecimento e cultura popular[editar | editar código-fonte]

Em 2010 Sanders foi mencionada pela revista Time como uma jovem personalidade em ascensão no mundo da política.[23]

Assim como vários de seus colegas da Casa Branca que ocuparam o posto de porta-voz, ela foi também satirizada no programa humorístico Saturday Night Live.[24]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Sarah Sanders conheceu o seu marido, Bryan Chatfield Sanders, um consultor político do Partido Republicano, durante a campanha de seu pai em 2008. Ela na ocasião era diretora de campo, e Bryan Sanders havia sido contratado como consultor de mídia para a campanha. Bryan e Sarah se casaram em 25 de maio de 2010, na Igreja Luterana Nazareth, em Cruz Bay, na ilha de St. John, nas Ilhas Virgens Americanas. Em fevereiro de 2016 o casal fundou em sociedade a firma de consultoria política Second Street Strategies.[25][1][9] Eles atualmente têm três filhos.[3]

Referências

  1. a b «Huckabee daughter weds in Virgin Islands ceremony». The Arkansas Democrat-Gazette. 27 de junho de 2010. Consultado em 5 de março de 2017 
  2. «Sarah Elizabeth Huckabee - Little Rock, Arkansas». InstantCheckMate.com. Consultado em 5 de março de 2017 
  3. a b Guierrez, Lisa (11 de maio de 2017). «Nine things to know about Sarah Huckabee Sanders, deputy White House press secretary». Kansas City: The Kansas City Star. Consultado em 12 de maio de 2017 
  4. a b c McBride, Jessica (11 de maio de 2017). «Yes, Sarah Huckabee Sanders Is Mike Huckabee's Daughter» (em inglês). Heavy.com. Consultado em 17 de maio de 2017 
  5. Max Brantley (19 de janeiro de 2017). «Sarah Huckabee Sanders to be deputy White House press secretary». Arkansas Times. Consultado em 5 de março de 2017 
  6. Brantley, Max. «Sarah Huckabee Sanders to be deputy White House press secretary». Consultado em 27 de março de 2017 
  7. «Nine things to know about Sarah Huckabee Sanders, deputy White House press secretary». kansascity (em inglês). Consultado em 17 de maio de 2017 
  8. a b Schallhorn, Kaitlyn (12 de maio de 2017). «Who is Sarah Huckabee Sanders? How her family prepped her for the White House briefing room» (em inglês). Fox News. Consultado em 16 de maio de 2017 
  9. a b c Lemire, Jonathan; Lucey, Catherine (22 de julho de 2017). «For Sanders, Path to Trump Press Secretary Began in Arkansas». New York: Associated Press. Consultado em 22 de julho de 2017. Arkansas-raised, Sanders is married to a Republican consultant and moved her young family to Washington to be part of the administration. [ligação inativa]
  10. a b c d «Team». Tallahassee: Tsamoutales Strategies. 26 de maio de 2015. Consultado em 22 de julho de 2017. Arquivado do original em 26 de maio de 2015 
  11. a b «About Us: Sarah Huckabee Sanders». Little Rock: Second Street Strategies. 13 de setembro de 2016. Consultado em 22 de julho de 2017. Arquivado do original em 13 de setembro de 2016 
  12. «Huckabee's daughter joins Trump team; Rubio to campaign with Hutchinson». arkansasnews.com/. 25 de fevereiro de 2016. Consultado em 3 de fevereiro de 2017 
  13. «Sarah Huckabee Sanders joining Trump's communications staff». The Hill. 4 de setembro de 2016. Consultado em 3 de fevereiro de 2017 
  14. Fabian, Jordan (5 de maio de 2017). «Huckabee Sanders pinch hits for Spicer at White House». The Hill. Consultado em 6 de maio de 2017 
  15. Hickey, Jennifer G. (12 de maio de 2017). «Is Sarah Huckabee Sanders 'auditioning' for bigger White House role?». Fox News. Consultado em 12 de maio de 2017 
  16. Hensch, Mark (12 de maio de 2017). «Huckabee: Daughter 'has no desire' to take Spicer's job». The Hill. Consultado em 14 de maio de 2017 
  17. Easley, Jonathan (27 de maio de 2017). «White House considering vetting Trump's tweets». CNN. Consultado em 27 de maio de 2017 
  18. Pappas, Alex (21 de julho de 2017). «Sarah Huckabee Sanders replaces Spicer as White House press secretary». Fox News. Consultado em 21 de julho de 2017 
  19. Grynbaum, Michael M. (27 de junho de 2017). «A Costly Retraction for CNN and an Opening for Trump». The New York Times. Consultado em 28 de junho de 2017 
  20. Blake, Aaron (27 de junho de 2017). «Sarah Huckabee Sanders lambastes fake news — and then promotes a journalist accused of deceptive videos». Washington Post. Consultado em 28 de junho de 2017 
  21. «The Latest: Sanders attacks CNN, media in briefing» (em inglês). Associated Press. 27 de junho de 2017. Consultado em 28 de junho de 2017 
  22. CNN, Jeremy Diamond, Kaitlan Collins, Jeff Zeleny and Dana Bash. «White House press secretary resigns». CNN. Consultado em 21 de julho de 2017 
  23. «40 Under 40». content.time.com. 14 de outubro de 2010. Consultado em 27 de março de 2017 
  24. «Watch Sarah Huckabee Sanders Sketches From SNL Played By Aidy Bryant - NBC.com». NBC. Consultado em 21 de julho de 2017 
  25. Gibbs, Constance (10 de maio de 2017). «9 facts about deputy press secretary Sarah Huckabee Sanders». New York City: New York Daily News. Consultado em 22 de julho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Saiba mais sobre Sarah Huckabee Sanders
nos projetos irmãos da Wikipedia:

Search Wikisource Documentos originais no Wikisource
Search Commons Imagens e media no Commons
Search Wikinews Notícias no Wikinotícias