Satyasiddhi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A escola Satyasiddhi (Ch.: Ch'eng Shih Tsung; Jp.:Jojitsu-shu; 成實宗) de budismo baseia-se no texto conhecido como Satyasiddhi-Shastra (成實論; Ch.: Ch'eng Shih Lun; Jp.: Jojitsu-ron), de autoria do mestre indiano Harivarman. Este tratado da primeira metade do século IV chegou até os dias atuais apenas em sua tradução para a língua chinesa feita por Kumarajiva.

Seus expositores iniciais mais famosos na China foram os chamados "Três mestres da Dinastia Liang (502-557 d.C.)": Seng-min (僧旻) (467–527 d.C.), Chih-tsang (智蔵) (458–522 d.C.) e Fa-yun (法雲) (467-529 d.C.). Os três receberam instrução nesta escola do monge Hui-tz'u (慧次) (434–490 d.C.).

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Rahder, Johannes. "Harivarman's Satyasiddhi-sastra". Philosophy East & West, V. 5 (Janeiro de 1956) p.348.
  • Takakusu, Junjiro. "The Essentials of buddhist philosophy". Motilal Banarsidass Publ., 2002

ISBN 81-208-1592-0

  • Shih, Chang-Qing. "The two truths in chinese buddhism". Motilal Banarsidass Publ., 2004

ISBN 81-208-2035-5