Saul (rei)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde julho de 2015). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.
Saul
Rei de Israel
"Saul arremessa lança contra David" por George Tinworth
Reinado 1046 a.C.-1006 a.C. (42 anos)
Consorte Ainoã
Rispa
Coroação Gilgal
Antecessor(a) Juízes
Sucessor(a) Davi (Judá)
Isboset (Israel)
 
Herdeiro Jônatas
Casa Benjamim
Título(s) Rei Saul
Nascimento por volta de 1066 a.C.
Possivelmente Gibeá
Morte 1004 a.C. (72 anos)
Batalha no Monte Gilboa
Filho(s) Jônatas
Abinadabe
Mauquisua
Isboset
Merabe
Mical
Pai Quis
Mãe Desconhecida; não mencionada na Bíblia


Saul (em hebraico: שאול המלך, "Pedido a Deus") foi primeiro rei do antigo reino de Israel, conforme a tradição judaico-cristã.

Filho de Quis, da tribo de Benjamim, Saul teria nascido por volta de 1066 a.C. e reinado por quarenta anos, embora haja controvérsias quanto à duração exata de seu reinado.

Origem e ascensão ao trono real de Israel[editar | editar código-fonte]

Antes de Saul, não se pode definir uma nação israelita. Tratava-se de diversas tribos unidas por laços étnicos e culturais, que se aliavam ou batalhavam entre si de acordo com a conveniência, e eram governadas por juízes, geralmente pessoas de renome que lideravam suas respectivas tribos em combates, e serviam como legisladores em tempo de paz. O elemento religioso judaico, com a crença no Deus único veio trazer uma aliança entre estas tribos em torno do Tabernáculo e da Arca da aliança.

De acordo com o texto bíblico[1], com o envelhecimento do último juiz Samuel, as tribos israelitas uniram-se para pedir um rei que pudesse guiá-los como havia nas outras nações. Apesar da oposição por parte de Samuel à proposta (já que Deus deveria ser o "único rei" de Israel), este acaba pedindo um sinal divino que lhe indica o benjaminta Saul como escolhido para governar o seu povo, apesar da oposição de alguns.

Reinado[editar | editar código-fonte]

Saul, antes um líder guerreiro do que realmente um governante, não alterou quase nenhum dos padrões tribais que imperavam sobre Israel desde a época dos juízes. Saul contava com auxiliares próximos como seu filho Jônatas. No inicio de seu governo, os amonitas, comandado por Naas, iniciaram o cerco a cidade de Jabes. Saul convocou todo o reino de Israel e venceu os amonitas. Saul, então, entrou em guerra contra os filisteus. Como os hebreus não tinham o domino da metalurgia, foram obrigados a lutar com equipamentos agrícolas. Saul e seu filho conseguiram importantes vitórias militares sobre os filisteus o que garantiu ao povo de Israel um período pacífico. Saul combateu Moabe, Edom, Soba e os amalequitas. Mas a constante ameaça dos filisteus, os desentendimentos entre as tribos e a imaturidade de Saul fadaram seu reinado ao fracasso. Saul em sua arrogância teria usurpado funções sacerdotais e violado as leis de Moisés quanto aos aspectos de guerra.

O juiz Samuel, vendo a decadência de Saul e inspirado por Deus acabaria por retirar seu apoio de Saul, e ungindo um jovem rapaz da tribo de Judá, Davi, para ocupar o lugar de Saul. Mesmo que este tenha conquistado um cargo na corte de Saul, e desposado Mical, a filha de Saul, Davi tornou-se objeto de inveja por parte de seu sogro. Davi havia liderado destacamentos contra os filisteus, e seu sucesso em combate e adulação por parte do povo, despertaram os ciúmes do governante. Davi é obrigado a fugir.

Morte[editar | editar código-fonte]

Saul cometeu suicídio se jogando sobre a própria espada ao ver seus filhos Jônatas (a quem ele havia escolhido como seu sucessor no trono de Israel), Abinadabe e Malquisua sendo mortos pelos filisteus durante a Trágedia do Monte Gilboa.

Nobiliarquia & Tratamentos[editar | editar código-fonte]

  • Desde o nascimento até a ascensão ao trono real: Saul da tribo de Banjamim [2]
  • 1049 a.C.-1004 a.C.: O Rei Saul [2]

Árvore genealógica[editar | editar código-fonte]

Raquel
Jacó
Lia
Benjamim
Judá
Afias
Becorate
Zeror
Abiel
Quis
Obed
Saul
Jessé
Jônatas
Abinadade
Mauquisua
Isbosete
Merabe
Mical
David
Betsabá
Mefibosete
Salomão
Mica
Roboão
Pitom
Meleque
Tareá
Acaz
Jeoada
Alemete
Azmavete
Zinri
Moza
Bineá
Rafa
Eleasá
Azael
Eseque
Azricão
Bocru
Ismael
Searias
Obadias
Hanã
Ulão
Jeús
Elifelete

Referências

Precedido por
Samuel (Juiz de Israel)
Rei de Israel
1030 a.C - 1010a.C
Sucedido por
David
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.