Saulo Araújo Fontes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Saulo
Informações pessoais
Nome completo Saulo Araújo Fontes
Data de nasc. 2 de abril de 1989 (30 anos)
Local de nasc. Piranhas, Alagoas (AL),  Brasil
Nacionalidade brasileira
Altura 1, 95 m
Destro
Apelido Saulão, gigante real, Avatar.
Informações profissionais
Período em atividade 2007presente (10 anos)
Clube atual Brasil ABC
Número
Posição Goleiro
Clubes de juventude
20052006 Brasil Sport
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
20072016
2007
2015
2016
2016
2017
2017
2018
2019
Brasil Sport
Brasil SEV Hortolândia (emp.)
Brasil ABC (emp.)
Brasil Treze (emp.)
Brasil Vila Nova (emp.)
Brasil Sertãozinho (emp.)
Brasil Moto Club
Brasil Treze
Brasil ABC
00042 0000(1)
00000 0000(0)
00049 0000(0)
00001 0000(0)
00013 0000(0)
00005 0000(0)
00007 0000(0)
00013 0000(0)
0000 0000(0)
Seleção nacional
2009 Brasil Brasil Sub-20 00000 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 15 de fevereiro de 2017.

Saulo Araújo Fontes, mais conhecido como Saulo (Piranhas, 2 de abril de 1989), é um futebolista brasileiro que atua como goleiro. Atualmente joga pelo ABC

Carreira[editar | editar código-fonte]

Sport[editar | editar código-fonte]

Saulo começou sua carreira nas categorias de base do Sport em 2005 onde ficou até 2006, quando subiu para o time profissional. Em 2007 quando subiu para o time profissional do Rubro-Negro, Saulo não teve muitas chances de atuar e acabou o ano na reserva.

Em 2008, Jogou a Copa do Brasil Sub 20 pelo Sport. Defendeu vários pênaltis na competição e o Leão ficou com o vice-campeonato.

Saulo foi ter sua primeira chance no time principal apenas em 2010 em uma partida diante do Bahia em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, mas o Leão acabou perdendo por 2 a 0.[1] Contudo, o Arqueiro rubro-negro se destacou no início da sua trajetória no Rubro-negro Pernambucano, princialmente nos jogos contra o Santa Cruz, no qual, Saulo fez inúmeras defesas. Mostrava-se um goleiro prodígio e com um belo futuro.

No ano seguinte Saulo se consagrou herói na vitória por 2 a 1 diante do Vitória, por ter feito o gol da vitória nos últimos minutos da partida. Saulo acabou torcendo o joelho direito no lance do gol, e como o técnico Geninho já havia feito as três substituições, Carlinhos Bala acabou indo pro gol.[2] Após esta contusão, o goleiro não voltou o mesmo garoto prodígio que prometera, mesmo assim, teve uma grande chance no profissional quanto substituiu Magrão (que havia se contundido) nas rodadas finais do Brasileiro 2012. Neste período, defendeu 2 pênaltis e foi considerado o melhor em campo em alguns jogos do Leão, chegando a ficar emocionado algumas vezes. Contudo, o Arqueiro ficou marcado por uma falha no jogo contra o São Paulo, que permitiu a reação São-Paulina naquele jogo. O Sport fora rebaixado ao final do campeoanto.

Com o retorno de Magrão após contusão, Saulo voltou para a reserva imediata do ídolo Rubro-Negro. Entrando sempre que aparecia a oportunidade. Em um jogo crucial pela serie b 2013, Saulo entrou contra o Paraná, quando magrão fora expulso no jogo. O Sport estava com 10 em campo e conseguiu segurar a pressão do Paraná, em mais uma bela partida do Arqueiro, e ainda saiu com a vitória. Saulo ainda esteve presente no considerado "Jogo do Acesso", vencido por 3x2 pelo Leão contra o Boa Esporte em Varginha-MG. O goleiro fez um primeiro tempo seguro, no qual o Sport abriu 3 x 0, e só foi levar os dois gols nos minutos finais do jogo.

ABC[editar | editar código-fonte]

Com a boa fase do goleiro Magrão, Saulo acabou ficando sem espaço no time e foi emprestado até o fim de 2015 ao ABC, mas para isso o goleiro teve que renovar seu vínculo até o fim de 2016 para ser emprestado.[3][4] Estreou oficialmente pelo time alvinegro na vitória por 1 a 0 diante do Força e Luz em partida válida pelo Campeonato Potiguar.[5]

No segundo turno do Campeonato Potiguar o goleiro acabou sendo um dos destaques do time na conquista da Copa RN pelo fato de não ter tomado nenhum gol e ter feitos várias defesas. O título veio na partida contra o rival América de Natal em que Saulo defendeu um pênalti cobrado por Max, que garantiu a vitória por 2 a 0.[6]

Na Serie B, Saulo começou com tudo. Nas 6 primeiras rodadas já havia defendido 3 pênaltis. As primeiras vitórias do time deveram-se exclusivamente ao goleiro, com defesas espetaculares. Após fazer cera no sexto jogo, recebeu o terceiro cartão amarelo ficou de fora do sétimo. O goleiro que o substituto foi mal em campo e Saulo voltou ao time, contudo, não voltou a brilhar no campeonato.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Sport
ABC

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Bahia vence o Sport, volta à liderança e mantém rival entre os últimos». Uol.com. 29 de maio de 2010. Consultado em 29 de maio de 2010 
  2. «Gol de goleiro no fim do jogo dá vitória ao Sport sobre o Vitória-PE». GloboEsporte.com. 1 de fevereiro de 2011. Consultado em 1 de fevereiro de 2011 
  3. «Saulo acerta renovação de contrato com Sport e destino do goleiro é ABC». GloboEsporte.com. 13 de janeiro de 2015. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  4. «Saulo chega ao ABC e inicia treinos para brigar por vaga no time titular». GloboEsporte.com. 16 de janeiro de 2015. Consultado em 16 de janeiro de 2015 
  5. «ABC acha gol, se retranca, mas derrota o Força e Luz na estreia». GloboEsporte.com. 4 de fevereiro de 2015. Consultado em 4 de fevereiro de 2015 
  6. «Em jogo eletrizante, ABC vence Clássico Rei e assegura segundo turno do Potiguar». GloboEsporte.com. 19 de abril de 2015. Consultado em 19 de abril de 2015 


Ligações externas[editar | editar código-fonte]