Sauraha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nepal Sauraha

सौराहा

 
  Localidade  
Uma "rua" de Sauraha
Uma "rua" de Sauraha
Sauraha está localizado em: Nepal
Sauraha
Localização de Sauraha no Nepal
Coordenadas 27° 34' 29" N 84° 29' 37" E
Região Centro
Zona Narayani
Distrito Chitwan
Altitude 160 m
População (1991)
 - Total 2 699

Sauraha (em nepalês: सौराहा) é uma aldeia do distrito de Chitwan, da zona de Narayani da região Centro do Nepal. Em 1991 tinha habitantes.

É conhecida principalmente por ali se situar a entrada oriental do Parque Nacional de Chitwan, classificado como Património Mundial pela UNESCO e uma das principais atrações turísticas do Nepal. Situa-se à beira do rio Rapti, alguns quilómetros a leste da confluência deste com o rio Narayani. Originalmente uma típica aldeia tharu de casas toscas de lama, tem vindo a crescer e a tornar-se uma pequena vila com vários hotéis de estilo ocidental, restaurantes e lojas de turistas.

Turismo[editar | editar código-fonte]

A motivação da maior parte dos muitos turistas que acorrem a Sauraha é Parque Nacional de Chitwan, onde são organizados passeios em elefante (ditos "safaris") durante os quais é quase certo avistarem-se rinocerontes, macacos e outros animais da selva. Alegadamente também podem ser avistados veados e até tigres, mas especialmente estes últimos raramente são vistos por turistas. Há também passeios ou caminhadas a pé, durante os quais podem também ser avistados os mesmos animais e ainda numerosas espécies de aves e gaviais, uma espécie de crocodilo ictiófago. Além dos passeios dentro do parque, há também passeios fora do parque, tanto a pé como em elefante ou de jipe, onde também podem ser visitadas aldeias tradicionais dos tharu, o povo indígena do Terai. Alguns dos passeios têm como destino principal os inúmeros lagos existentes na região, nomeadamente o Bishajar Tal, cujo nome significa "20 000 lagos". Há também passeios em canoa no rio Rapti.[1][2]

Outras atrações são o Centro de Reprodução de Elefantes,[3] onde se pode assistir aos animais serem alimentados e levados a tomar banho, o Museu Cultural Tharu e excursões a Devghat, um local de peregrinação hindu, onde há vários templos e cavernas sagradas. Por vezes são organizadas corridas de elefantes[4] e campeonatos de polo em elefante.[carece de fontes?]

No ano fiscal nepalês 2067/2068 (2068 começou em 14 de abril de 2011 no calendário gregoriano),[5] 146 622 turistas vistaram o Parque Nacional de Chitwan, tendo 111 118 (76%) deles entrado por Sauraha. 72% dessas entradas por Sauraha foram de estrangeiros. Em 2011 havia 90 hotéis e em 2007[6] estimava-se em 1 500 o número de camas para turistas em Sauraha.[4]

Notas[editar | editar código-fonte]

  • Parte do texto foi baseado na tradução do artigo «Sauraha» na Wikipédia em inglês (acessado nesta versão).
  1. «Information About Sauraha» (em inglês). www.ChitwanTourism.com. Consultado em 14 de junho de 2014. 
  2. Woollan, David. «Sauraha (Chitwan)» (em inglês). www.PassPlanet.com. Consultado em 14 de junho de 2014. 
  3. Koehl, Dan. «Chitwan Hattisar (Sauraha Elephant Breeding Centre) in Nepal» (em inglês). Absolut Elephant. www.elephant.se. Consultado em 14 de junho de 2014. 
  4. a b Baduwal, Dipendra (24 de dezembro de 2007). «Sauraha aiming to extend tourists' stay» (em inglês). www.KantipurOnline.com. Arquivado do original em 30 de abril de 2008 
  5. «Official Bikram Sambat Nepali calendar-Based on Ministry of Information» (em inglês). nepalicalendar.rat32.com. Consultado em 14 de junho de 2014. 
  6. Dongol, Prabin (2012), Impact of Tourism in the Local Economy of Sauraha (PDF) (em inglês), Tese de mestrado da Universidade de Catmandu, consultado em 14 de junho de 2014. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Sauraha
  • «Sauraha» (em inglês). www.RoughGuides.com. Consultado em 14 de junho de 2014. 
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Nepal, integrado ao Projeto Ásia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.