Saxo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O saxo (em inglês antigo: sax, seax, sæx; em latim: sachsum, scramasaxus)[1] é o termo anglo-saxão para facas, utilizado na arqueologia moderna, utilizado para denominar grandes facas ou espadas curtas que eram usadas por germanos na Alta Idade Média, especialmente pelos saxões, cujo nome daí deriva.[2][3]

No inglês moderno, a palavra zax ainda é utilizada para se referir a uma faca específica para trabalhos com ardósia.[4]

Descrição[editar | editar código-fonte]

O tamanho das lâminas é variável, assim como a forma ou o modo de fabricação, mas as características mais comuns dos saxos são:

  • Uma grande lâmina de apenas um gume.
  • A lâmina guardada em uma bainha presa horizontalmente no cinto, com a ponta virada para cima.

Referências

  1. Society of Antiquaries of London (1853). Archaeologia: or, Miscellaneous Tracts, Relating to Antiquity. 35. [S.l.: s.n.] p. 111 
  2. «Saxon». Oxford English Dictionary (em inglês). 2005 
  3. Hall, J.R.C. (2009) [1916]. A Concise Anglo−Saxon Dictionary (PDF) (em inglês). [S.l.: s.n.] p. 549 
  4. Ripley, George; Dana, Charles Anderson (1862). The New American Cyclopaedia: a popular dictionary of general knowledge. Nova Iorque: D. Appleton and Company. p. 695 
Ícone de esboço Este artigo sobre arqueologia ou arqueólogos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Saxo