Scott Bradley

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Scott Bradley
Nascimento 26 de novembro de 1891
Kansas City
Morte 27 de abril de 1977 (85 anos)
Chatsworth
Sepultamento Oakwood Memorial Park Cemetery
Cidadania Estados Unidos
Ocupação compositor, maestro, pianista, compositor de bandas sonoras

Scott Bradley (Russellville, (Arkansas), 26 de novembro de 1891Chatsworth (Califórnia), perto de Los Angeles, 27 de abril de 1977) foi um compositor, pianista e diretor de orquestra estadunidense.

É conhecido por trabalhar em curtas-metragens da Metro-Goldwyn-Mayer, incluídos os protagonizados por Tom e Jerry, Droopy, Urso Barney, e vários de Tex Avery.

Algumas biografias afirmam erroneamente que Bradley começou seu trabaho nos estúdios Disney (confundindo-o, indubitavelmente, com seu sócio Carl Stalling). Sem trabalho, Bradley passou à área dos desenhos animados para trabalhar num filme a princípios dos anos 1930. Bradley e Carl Stalling (que havia deixado a Disney) trabalharam para o animador Ub Iwerks, empregado de Disney e co-criador do Mickey Mouse.

Seu estilo inicial consistia em incorporar melodias tradicionais e populares à maneira de colagem, como era comum na animação destes dias. Sem trabalho, uma discussão com Fred Quimby o animou a desenvolver um estilo próprio e a finais dos anos 1940, Bradley desenvolveu uma grande variedade de metáforas musicais para expressar diferentes emoções e ações.

Seus trabalhos clássicos incluem The Two Mouseketeers (1952) e The Cat Concerto (1946), o qual usou a Rapsódia Húngara n.o 2 de Franz Liszt como base para a animação.

Bradley se aposentou em 1958, quando a MGM encerrou seu estúdio de animação.

Está sepultado no Oakwood Memorial Park Cemetery.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]