Se Joga (programa de televisão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Se Joga
Informação geral
Formato programa de variedades
Gênero Entretenimento
Duração 50–60 minutos
Estado em pausa
País de origem  Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es) Bianca Lopes
Câmera Multicâmera
Apresentador(es) Érico Brás
Fabiana Karla
Fernanda Gentil
Tema de abertura "É Só Se Jogar", Gaby Amarantos
Exibição
Emissora original Rede Globo
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Transmissão original 30 de setembro de 2019 – presente

Se Joga é um programa de variedades televisivo brasileiro produzido e exibido pela Rede Globo desde 30 de setembro de 2019. Apresentado por Fernanda Gentil, Érico Brás e Fabiana Karla, o programa conta com a plateia presente e mistura jogos com famosos, notícias jornalísticas, notícias sobre celebridades, quadros de saúde e beleza, aulas de inglês e filosofia, além de esquetes humorísticas.[1]

O programa foi considerado pela audiência em geral como um "fracasso", além de ter acentuado a crise de audiência no horário – que havia começado no Vídeo Show – ficando em terceiro lugar atrás de RecordTV e SBT na faixa.[2][3]

História[editar | editar código-fonte]

Em 11 de janeiro de 2019 a Rede Globo pôs fim no Vídeo Show após três anos de derrotas para a RecordTV e, em seus últimos meses, também para o SBT, decidindo colocar a reprise A Grande Família até que um novo programa vespertino fosse formulado.[4][5] Foi anunciado que Fernanda Gentil estava desenvolvendo um programa de variedades para o horário, a qual a ideia era estrear em 25 de março, porém que foi adiado diversas vezes após os pilotos gravados serem refutados pela direção por não estarem adequados.[6][7][5] O programa foi anunciado com o título de Se Joga e sob apresentação de Fernanda, Érico Brás e Fabiana Karla, tendo as primeiras chamadas veiculadas no fim de agosto.[8][9][10][11]

Durante a coletiva de imprensa do programa, Fernanda Gentil disse que nunca havia assistido ao quadro A Hora da Venenosa, do Balanço Geral, na RecordTV, cujo era líder de audiência há anos, e desejou "boa sorte" aos concorrentes, alegando que seu programa seria focado no "bom senso".[12][13] O programa estreou em 30 de setembro de 2019 e também contava com quadros dos humoristas Jefferson Schroeder, Marcelo Adnet e Paulo Vieira e colunas de Cátia Damasceno, Edu Conte e Tati Machado, além de aulas de filosofia de Leandro Karnal e de inglês com Rhavi Carneiro.[14][15][16]

Em 17 de março de 2020 o programa saiu do ar temporariamente pela crise da pandemia de COVID-19 no Brasil com intuito de preservar a saúde da equipe.[17]

Equipe[editar | editar código-fonte]

Apresentadores[editar | editar código-fonte]

Humoristas[editar | editar código-fonte]

Atuais
  • Jefferson Schroeder (Quadro: Cida Lamounier) (2019–presente)
Antigos
  • Marcelo Adnet (Quadro: The Fake Brasil) (2019)
  • Paulo Vieira (Quadro: Isso É Muito Minha Vida) (2019)
  • Dani Calabresa (Quadro: Interrompemos a Programação) (2020)

Colunistas[editar | editar código-fonte]

Atuais
  • Cátia Damasceno (Quadro: Coisas do Coração) (2019–presente)
  • Edu Conte (Quadro: Papo Astral) (2019–presente)
  • Leandro Karnal (Quadro: Karnal na Real) (2019–presente)
  • Rhavi Carneiro (Quadro: Me da um Help) (2019–presente)
  • Tati Machado (Quadro: Gshow no Se Joga) (2019–presente)
  • Dudu Bertholini (Quadro: Com Que Roupa Eu Vou?) (2020–presente)
Antigos

Repórteres[editar | editar código-fonte]

  • Cauê Fabiano (2019–presente)
  • Gabriela Lian (2019–presente)
  • Manoel Soares (2020–presente)

Repercussão[editar | editar código-fonte]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Antes da estreia, Se Joga já havia recebido avaliações negativas dos jornalistas especializados em televisão que assistiram ao piloto, que notaram que o programa era bagunçado ao apostar em vários temas sem conexão – desde fofocas e jogos infantis até aulas de filosofia e artesanato – e não tinha foco, uma vez que nem a própria equipe sabia definir qual era o público-alvo, dizendo que era desde idosos até crianças.[18] Após a estreia os especialistas reiteraram a negatividade ao conteúdo apresentado. Ricardo Feltrin, do portal UOL, disse que o programa era sem graça e parecia uma versão da pior fase do Vídeo Show, analisando que o cenário bem produzido e a presença de atores de novela disfarçavam a falta de conteúdo, fazendo uma analogia que era "Muita espuma e, como toda espuma, oca".[19] Além disso, o jornalista notou que Se Joga copiava quadros de outros programas: avaliações de vídeos da internet do Encrenca, invasão do celular dos artistas igual feito por Maurício Meirelles no Youtube e o quadro "Isso É Muito Minha Vida", que se tratava do mesmo "Emergente como a Gente", já produzido antes também por Paulo Vieira entre 2017 e 2018 na RecordTV, apenas com um nome diferente.[19]

A mesma análise sobre quadros copiados de outros programas notou Maurício Stycer, também da UOL, que citou ainda que o Nuvem de Palavras era igual ao feito no Encontro com Fátima Bernardes.[20] André Santana, do Observatório da Televisão, criticou o fato dos apresentadores falarem gritando um por cima do outro e apresentarem um quadro de invasão do celular dos artistas "chapa branca", ou seja, mostrando só coisas boas, o qual era obviamente combinado com eles antes, finalizando ao dizer que a atração ia pelo mesmo caminho do Vídeo Show: a extinção.[21] Tony Góes, do jornal Folha de S.Paulo, disse que a atração apresentava quadros batidos já feito por inúmeros outros programas e não tinha força para combater o quadro "Hora da Venenosa", do Balanço Geral, parecendo uma nova versão do Vídeo Show em seus piores momentos.[22] Cristina Padiglione, também da Folha de S.Paulo, disse que os apresentadores realmente eram muito "jogados", de forma negativa, como se não se importassem em passar um bom conteúdo, analisando que os quadros são "muito chatos" e o programa "não acrescenta nada", com exceção de Paulo Vieira.[23]

Patrícia Kogut, do jornal O Globo, deu uma nota zero ao Se Joga, considerado por ela como "uma sucessão de jogos sem graça" e dizendo que era um absurdo os apresentadores passarem parte do programa jogando a brincadeira infantil stop!.[24] Luiz Prisco, do portal Metrópoles, disse que o programa era ruim, tinha formato desgastado e "cara de que vai acabar rapidamente" por não apresentar nenhum conteúdo diferenciado dos já mostrados no Encontro com Fátima Bernardes ou É de Casa.[25] O jornalista Vladimir Alves, do programa A Tarde É Sua, ironizou o fato de Fernanda Gentil ter desprezado a concorrência com o Balanço Geral, dizendo: "Fernanda Gentil disse que não conhecia o Balanço Geral, Fernandinha, é esse que está dando uma surra no seu Se Joga".[26]

Os jornalistas ainda criticaram os apresentadores insistirem em dizer que faziam "fofoca do bem" ou "fofoca humanizada" no quadro de notícias de celebridade em alusão ao fato de darem apenas notas positivas, chamadas de "chapa branca", evitando citar traições, brigas públicas e declarações polêmicas para não entrar em conflito com os artistas da própria emissora.[27][28][29] Para os especialistas, o título era errado, uma vez que a editoria de celebridades não era dividida "do bem" ou "do mal", além de descreditar o trabalho já feito há anos por outros programas como Balanço Geral, A Tarde É Sua e Fofocalizando, tentando colocar o Se Joga como superior.[27][28][29]

Recepção do público[editar | editar código-fonte]

Antes da estreia, uma pesquisa encomendada pela Rede Globo revelou a rejeição do público em relação à Fernanda Gentil no entretenimento – diferente do esporte, onde era bem avaliada.[30] Após a estreia o programa foi majoritariamente criticado pelo público, que classificou-o como "ruim", "sem graça" e "bagunçado", além de notar que os apresentadores gritavam demais e uma suporta "briga de egos" para aparecerem por mais tempo no vídeo.[31][32][33][34] Outras pessoas ironizaram que o programa era tão ruim, que fazia outros projetos fracassados anteriormente, como Tomara que Caia e Divertics, parecerem bons.[35] Outro fator que gerou revolta foi terem removido a reprise de A Grande Família para exibirem um programa tido pelo público como "sem conteúdo".[36] O programa ainda chegou a ser criticado por apresentadores, como Milton Neves e Gugu Liberato, além da apresentadora Angélica, que curtiu em seu Instagram a publicação da nota zero dada pelo jornal O Globo.[37][38] Em várias ocasiões o título "Se Joga no Lixo" figurou entre os assuntos mais comentados no Twitter.[39]

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Na edição de 3 de outubro, Fernanda Gentil disse que Gracyanne Barbosa foi amante do cantor Belo quando ele ainda era casado com Viviane Araújo.[40] Após reclamações feita por Gracyanne de que a história foi distorcida pelo programa, a apresentadora leu uma retratação no dia seguinte ao vivo.[41] Em 8 de outubro o programa utilizou um vídeo feito pelo jornalista Leo Dias do Fofocalizando, do SBT, sem dar os créditos ou se quer citar o nome dele, passando como se fosse um material exclusivo da Rede Globo.[42] A comunidade jornalistica repudiou o "roubo" de material, dizendo que o feito "feriu princípios editoriais".[43]

Audiência[editar | editar código-fonte]

O programa estreou com a média geral de 8.6 pontos, permanecendo em segundo lugar contra a RecordTV, que exibia o quadro "A Hora da Venenosa" dentro do Balanço Geral e atingiu 11 pontos.[44] Nos 15 minutos finais em que concorreu com a reprise de Bela, a Feia, Se Joga diminuiu a diferença, mas continuou em segundo com 8.4 ante 9.6 da concorrência.[44] A estreia não alterou o resultado antes atingido pelo extinto Vídeo Show e posteriormente pela Sessão da Tarde, que já permaneciam na vice-liderança durante alguns anos.[44] No segundo dia, a emissora cortou 10 minutos da exibição e o programa chegou a liderar por 2 minutos, porém fechou novamente em segundo lugar na média geral com 8,5 ante 10,2 do Balanço Geral.[45] Em 2 de outubro chegou a marcar apenas 4.8 pontos em alguns minutos.[46] Em 14 de outubro Se Joga ficou em terceiro lugar com 7.3 pontos, atrás da RecordTV com 9.3 durante o quadro "A Hora da Venenosa" e o início de A Escrava Isaura e do SBT com 7.5 pontos com o seriado The Thundermans e o programa Fofocalizando.[47]

No primeiro mês foi avaliado que o quadro "The Fake Brasil", de Marcelo Adnet, perde até 26% da audiência durante seu tempo de exibição, prejudicando o desempenho do programa.[48] Em 23 de outubro teve sua pior média geral, 6.7 pontos, permanecendo em terceiro lugar atrás do quadro "A Hora da Venenosa", com 11 pontos, e do seriado The Thundermans, com 6.8.[49]

Referências

  1. «'Se Joga', novo programa das tardes da Globo ganha data de estréia» 
  2. «Globo estuda mudanças para conter 'fracasso' do 'Se Joga'». Área VIP. 26 de outubro de 2019. Consultado em 7 de março de 2020 
  3. TV, Notícias da (12 de fevereiro de 2020). «Globo perde 400 mil telespectadores em um minuto assim que o Se Joga começa». Notícias da TV. Consultado em 7 de março de 2020 
  4. Guaraldo, Luciano (11 de janeiro de 2019). «Preguiçosa, morte do Vídeo Show mostra descaso da Globo com sua história». Notícias da TV. Consultado em 18 de setembro de 2019 
  5. a b Lopes, Fred. «Com fim do 'Vídeo Show', Globo testa mudanças em programação; entenda». Metro Jornal. Consultado em 18 de setembro de 2019 
  6. Redação (3 de dezembro de 2018). «Globo confirma: Fernanda Gentil terá novo programa em 2019». Notícias da TV. Consultado em 18 de setembro de 2019 
  7. «Globo nega que o 'Encontro com Fátima Bernardes' será cancelado». MdeMulher. Consultado em 18 de setembro de 2019 
  8. «Globo exibe chamada do novo programa de Fernanda Gentil, "Se Joga" - Televisão». NaTelinha. Consultado em 18 de setembro de 2019 
  9. Dia, O. (31 de agosto de 2019). «Globo diminui espaço de Fernanda Gentil em programa idealizado para ela; Entenda». O Dia - Televisão. Consultado em 18 de setembro de 2019 
  10. «Globo investe em programa de fofoca com Fernanda Gentil». Jornal do Commercio. 7 de setembro de 2019. Consultado em 18 de setembro de 2019 
  11. Castro, Daniel (29 de agosto de 2019). «Novo Vídeo Show, programa de Fernanda Gentil promete fazer a Globo passar vergonha». Notícias da TV. Consultado em 18 de setembro de 2019 
  12. «Se Joga terá fofocas de famosos, mas limite será "bom senso", diz Gentil». Observatório da Televisão. 20 de setembro de 2019. Consultado em 24 de setembro de 2019 
  13. OFuxico. «Fernanda Gentil sobre o Se Joga: 'Questionei se estaria traindo minhas raízes'». www.ofuxico.com.br. Consultado em 24 de setembro de 2019 
  14. «Fernanda Gentil e Érico Brás vão comandar programa que irá ao ar nas tardes da Globo». Observatório da Televisão. 18 de julho de 2019. Consultado em 18 de setembro de 2019 
  15. «Globo agenda estreia do Se Joga, novo programa de Fernanda Gentil». Observatório da Televisão. 1 de setembro de 2019. Consultado em 18 de setembro de 2019 
  16. «Confira a foto e o vídeo do piloto do 'Se Joga', de Fernanda Gentil!». Audiência Carioca. 7 de setembro de 2019. Consultado em 18 de setembro de 2019 
  17. «Coronavírus: Globo tira 'Encontro com Fátima' e 'Se Joga' do ar» 
  18. «Cinco motivos para assistir ao Se Joga e outros cinco para mudar de canal». Notícias da TV - UOL. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  19. a b «Opinião: Estreia do "Se Joga" tem trio afobado e pouco conteúdo». UOL. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  20. «"Se Joga" nasce alegre, caótico e digital, mas não muito original». UOL. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  21. «Apresentadores afobados e barulheira marcam estreia de Se Joga». Observatório da Televisão. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  22. «Se Joga estreia com ritmo frenético e derrota para a Record». Folha de S.Paulo. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  23. «Com propaganda da Jequiti e Lula-Livre, ex-humorista da Record salvou a Globo». Folha de S.Paulo. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  24. «Nota 0 ao Se Joga». O Globo. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  25. «Análise: Globo se joga no erro de tentar imitar a internet». Metrópoles. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  26. «Fernanda Gentil disse que não conhecia o Balanço Geral». Vladimir Alves Oficial. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  27. a b «"A Hora da Venenosa" lidera e Record zoa "Se Joga": "Programa de fofoca humanizada"». Na Telinha - UOL. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  28. a b «Com formato confuso, 'Se Joga' é constrangedor». A Escotilha. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  29. a b «Briga por ibope puxa 'Se joga' para baixo». O Globo. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  30. «Fernanda Gentil é rejeitada em pesquisa por público mais velho da Globo, diz site». IstoÉ. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  31. «Redes sociais 'se jogam' nas críticas contra o novo programa da Globo». Revista Veja. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  32. «Público detona estreia de 'Se Joga', na Globo». Catraca Livre. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  33. «Estreia de "Se Joga" na Globo não anima e público reage nas redes sociais». IG. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  34. «Milton Neves compara Se Joga a Choque de Cultura e irrita Rogerinho do Ingá». UOL. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  35. «Nas redes, público detona novo programa da TV Globo». Pleno News. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  36. «Novo programa da Globo, Se Joga, não agrada e público reclama: Trocaram A Grande Família por isso?». Estrelando. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  37. «Milton Neves compara Se Joga a Choque de Cultura e irrita Rogerinho do Ingá». UOL. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  38. «Angélica curte crítica e 'nota zero' ao 'Se Joga', da Globo». UOL. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  39. «"Se Joga" e outros programas de TV que já deram o que tinha que dar». IG. Consultado em 26 de abril de 2020 
  40. «Primeira treta: Gracyanne Barbosa não gostou de ouvir que foi amante de Belo no Se Joga». Audiência Carioca. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  41. «Fernanda Gentil desmente história sobre traição após receber mensagem de Gracyanne Barbosa». Observatório da Televisão. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  42. «"Se Joga" usa vídeo exclusivo de Leo Dias sem dar créditos». Na Telinha - UOL. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  43. «Ao usar vídeo de Leo Dias sem crédito, Se Joga feriu princípios editoriais do Grupo Globo». Na Telinha - UOL. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  44. a b c «Se Joga não vence a Record TV e fica em segundo lugar na estreia». Observatório da Televisão. Consultado em 30 de setembro de 2019 
  45. «Globo corta 10 minutos do 'Se Joga' e programa perde novamente para RecordTV». Portal Alta Definição. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  46. «Perdendo para Record TV e SBT, Fernanda Gentil afirma "Agora estou com média 5"». Portal Alta Definição. Consultado em 1 de outubro de 2019 
  47. «'Salvação da Globo', Se Joga fica em terceiro lugar pela primeira vez». Notícias da TV - UOL. Consultado em 18 de outubro de 2019 
  48. «Marcelo Adnet no Se Joga chega a perder 26% de audiência da Glob». Na Telinha - UOL. Consultado em 18 de outubro de 2019 
  49. «Quadro de Marcelo Adnet afunda o Se Joga, e Globo cai para terceiro lugar». Notícias da TV - UOL. Consultado em 18 de outubro de 2019