Sebastià Alzamora i Martín

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sebastià Alzamora i Martín
Sebastuà Alzamora
Nascimento 6 de março de 1972 (47 anos)
Llucmajor, Maiorca, Ilhas Baleares
Nacionalidade espanhol
Ocupação Escritor
Prémios Prémio Sant Jordi de romance (2011)
Género literário Romance
Magnum opus 'La pell i la princesa (2005); Crim de sang (2012)

Sebastià Alzamora i Martín (Llucmajor, Maiorca, 6 de março de 1972) é um escritor crítico literário de Maiorca e gestor cultural. Membro autoproclamado do grupo poético chamado ′Imparables′. Como escritor, trabalha em jornais 'Diari Avui' i 'Diari Ara'.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Licenciado em Filologia Catalã pela Universidade das Ilhas Baleares. Tornou-se conhecido com o poemas Rafel (1994; Prêmio Salvador Espriu). Ele também publicou Apoteosi del cercle (1997), Mula morta (2001) i El benestar (2003).

Como narrador publicou L'extinció (1999; Prêmio Documenta), e Sara i Jeremies (2002; Prêmio Ciutat de Palma). Com La pell i la princesa, que ganharam o prêmio Pla

Prêmios e Reconhecimentos[editar | editar código-fonte]

Referências