Sebastião Rocha (treinador de futebol)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sebastião Rocha
Informações pessoais
Nome completo Sebastião Carlos da Silva Rocha
Data de nasc. 29 de dezembro de 1954 (65 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ),  Brasil
Apelido Tião
Informações profissionais
Posição Treinador
Times/Equipas que treinou
1979–1980
1983–1984
1987
1985–1990
1989–1990
1990
1995–1996
1997
1997
1997
1997
1998
2000
2001
2002–2003

2004–2005
2005–2006
2007–2008
2008–2009
2010–2011

2013-2014

Brasil Fluminense
Arábia Saudita Al-Khaleej (treinador adjunto)
Brasil Fluminense (juniores)
Brasil Flamengo Sub-20
Arábia Saudita Al-Khaleej
Marrocos FAR Rabat
Catar Al-Sadd
Brasil Botafogo
Brasil Flamengo (auxiliar-técnico)
Brasil Flamengo (interino)
Brasil Flamengo
Brasil Mogi Mirim
Brasil America
Brasil Rio Branco
Brasil Vilavelhense
Brasil Serra
Brasil Cachoeiro
=Emirados Árabes Unidos Al Dhafra
Catar Al-Shamal
Catar Al-Shamal
Brasil São Raimundo-PA

Brasil Futebol Esporte Clube Bahia-BA

Última atualização: 10 de abril de 2015

Sebastião Carlos da Silva Rocha, mais conhecido apenas como Sebastião Rocha (Rio de Janeiro, 29 de dezembro de 1954), é um treinador brasileiro da escola moderna de futebol com passagens por vários clubes do Brasil e exterior.

Carreira[1][editar | editar código-fonte]

Graduado em Educação Física e pós-graduado em Futebol, começou nas categorias de base do Fluminense F.C. (RJ) em 1979, onde 10 anos depois conquistaria pelo clube tricolor a XXI Copa São Paulo de Juniores. Com uma formação tática equilibrada e bem definida, a equipe sob o seu comando revelou jogadores como Silvio, Alberto e João Santos para o futebol brasileiro.

Em 1983, Sebastião Rocha teve a primeira experiência no mundo árabe fazendo parte da comissão técnica do Al-Khaleej (Arábia Saudita). Voltou ao futebol brasileiro em 1985 para comandar a equipe sub-20 do C.R.Flamengo (RJ). Em 1990, comandou o FAR Rabat (Marrocos) e dirigiu o Al-Sadd (Catar)  na temporada 1995-1996.

De volta ao Brasil, Sebastião Rocha assumiu o cargo de técnico da equipe de profissionais do C.R.Flamengo (RJ) em 1997, quando foi vice-campeão da Copa do Brasil, tendo um time formado por craques consagrados como Romário e Sávio. Nesta temporada, promoveu o goleiro Júlio César das categorias de base, que mais tarde, foi titular da Seleção Brasileira em duas Copas do Mundo.

Neste mesmo ano, Sebastião Rocha conquistou o título internacional da Copa dos Campeões Mundiais, além do torneio quadrangular de Brasília. Também em 1997, o treinador foi convidado para assumir o comando do Botafogo F.R. (RJ). Quando ainda era técnico do clube alvi-negro, Sebastião Rocha chegou a ser indicado por Romário para dirigir o Valencia (Espanha) onde jogava o atacante brasileiro. As negociações entre o Botafogo F.R. (RJ) e o clube espanhol não avançaram e o treinador permaneceu no clube carioca.

Em 1998, Sebastião aceitou o convite do Mogi Mirim E.C. (SP), onde fez uma bela campanha no campeonato paulista, marcada pela goleada imposta sobre a S.E. Palmeiras (SP) por 4 a 1, no Parque Antártica, na estréia do técnico Luiz Felipe Scolari no alvi-verde. No ano 2000, integou a comissão técnica do América F.C. (RJ) e fez com que o clube rubro voltasse a disputar a elite do campeonato estadual do Rio de Janeiro. Entre 2002 e 2006, comandou equipes do futebol capixaba como Rio Branco, Vilavelhense, Serra e Cachoeiro. Sebastião Rocha teve mais uma passagem no mundo árabe entre 2007 e 2011 quando dirigiu o Al Dhafra (Emirados Árabes) e o Al Shamal (Catar). De volta ao Brasil, Sebastião comandou o São Raimundo E.C. (PA) em 2012 e participou da comissão técnica do E.C.Bahia (BA) em 2014.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Flamengo
Fluminense

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Flamengo

Referências

Precedido por
Nelsinho Rosa
Técnico do Fluminense
1979–1980
Sucedido por
Zagallo
Precedido por
Džemaludin Mušović
Técnico do Al-Sadd
1995–1996
Sucedido por
Abdelkadir Bomir
Precedido por
Joel Santana
Técnico do Botafogo
1997
Sucedido por
Carlos Alberto Torres
Precedido por
Júnior
Técnico do Flamengo
1997
Sucedido por
Paulo Autuori
Precedido por
Paulo Campos
Técnico do America
2000
Sucedido por
Luisinho Tombo
Precedido por
Adílson Fernandes
Técnico do Al-Shamal
2008–2009
Sucedido por
José Paulo
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) treinador(a) de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.