Sebastião Vasconcelos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sebastião Vasconcelos
Sebastião Vasconcelos, em 1993, na novela Mulheres de Areia.
Nome completo Sebastião Vasconcelos Costa
Nascimento 21 de maio de 1927
Pocinhos,  Paraíba
Nacionalidade  brasileiro
Morte 15 de julho de 2013 (86 anos)
Rio de Janeiro,  Rio de Janeiro
Ocupação Ator
Cônjuge Vilma Costa (1959- até sua morte)
IMDb: (inglês)

Sebastião Vasconcelos Costa (Pocinhos, 21 de maio de 1927  — Rio de Janeiro, 15 de julho de 2013) foi um ator brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Em 1959, participou das gravações do filme "Um Caso de Polícia", de Carla Civelli, o qual jamais chegou a ser lançado comercialmente. No mesmo ano, estreou na televisão, participando da primeira adaptação de "Cabocla", romance de Ribeiro Couto, no qual interpretou o protagonista, tendo Glauce Rocha como seu par romântico. Em 1966, estreou na Rede Globo, onde trabalharia por 38 anos, com a novela "O Sheik de Agadir", de Glória Magadan[1].

Sem mais convites para trabalho, Vasconcelos passou a sofrer de depressão, a qual fragilizou ainda mais sua saúde. Recusando-se a tomar remédios e a se alimentar[2], em abril de 2013, após um colapso, ele foi internado no Hospital Copa d'Or, sendo em seguida transferido para o Hospital Israelita Albert Sabin[3], onde esteve até o início de junho, quando foi liberado para continuar seu tratamento em casa. Todavia, no dia 30, ele voltou a ser internado.

Vasconcelos morreu em 15 de julho de 2013, de choque séptico[4] e parada cardiorrespiratória[5], e seu corpo foi cremado dois dias depois, no Cemitério do Caju no Rio de Janeiro em cerimônia restrita a familiares e amigos.[6] Fora casado com Vilma Costa desde 1959, de cuja união nasceram-lhe dois filhos.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Na Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Emissora
1959 Cabocla Luís Jerônimo Vieira Pires TV Rio
1966 O Sheik de Agadir Jean Amtullah Rede Globo
1971 Bandeira 2 Severino de Jesus Barbosa
1972 Tempo de Viver Quinca Castro da Silva Rede Tupi
1975 Cuca Legal Nestor Dias Aragão Rede Globo
O Grito Francisco Machado Lins
1976 Saramandaia Tenório Tavares
1977 Sem Lenço, sem Documento Nilo Trindade Sodré
1981 Morte e Vida Severina Lorival Carpina (Mestre Carpina)
Terras do Sem-Fim Teodoro da Baraúnas
1982 Sétimo Sentido Elísio Mendes
1983 Caso Verdade José Vilela - Padre José (Eps: "A Padroeira")
Champagne Gastão Félix Cintra
1984 Padre Cícero Carlos Bezerril (Major Bezerril)
1985 Grande Sertão: Veredas Solano Candelário (Sô Candelário)
1986 Selva de Pedra Sebastião Vilhena (Sessé)
1988 Bebê a Bordo Tarcísio Medeiros Rocha (Tico)
Chapadão do Bugre Américo Brandão (Coronel Americão Brandão) Rede Bandeirantes
Vale Tudo Salvador Accioli Rede Globo
1989 Tieta José Esteves (Zé Esteves)
1990 Riacho Doce Fabiano de Assis Motta
1991 Felicidade João Pereira Alves (João do Piano)
1993 Mulheres de Areia Floriano Araújo
1994 Memorial de Maria Moura João Rufino (João Rufo)
1995 História de Amor Urbano Paiva
Irmãos Coragem Zacarias Araújo Menezes (Beato Zacarias)
1996 Anjo de Mim Rutílio Freitas Bastos
1997 Por Amor Lorival Soares (Padre Lorival)
1998 Corpo Dourado Sérvulo de Oliveira Brandão
1999 Andando nas Nuvens Hélio Arantes
Chiquinha Gonzaga Cônego Trindade
2000 Aquarela do Brasil Belmiro Cunha dos Santos
2001 O Clone Abdul Rachid (Tio Abdul)
2003 A Casa das Sete Mulheres Antônio Mendes Ferraz (Tio Antônio)
2004 Cabocla Felício Pinto
2007 Caminhos do Coração Mauro Fontes Rede Record
2008 Os Mutantes: Caminhos do Coração

No Cinema[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Festival de Brasília - 1983

Prêmio Molière - 1977

  • Vencedor - melhor ator - Os Emigrados

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.