Segôncio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ruínas de Segôncio

Segôncio[1] (em latim: Segontium) localiza-se próximo a Caernarfon no condado de Gwynedd, no norte do País de Gales, no Reino Unido. Constitui-se em um sítio arqueológico, outrora o principal forte romano no norte da Gales Romana.

História[editar | editar código-fonte]

Acredita-se que o seu nome derive do vizinho rio Seiont, e pode estar relacionado com os Segontíacos, uma tribo da Britânia mencionada por Júlio César. O forte foi fundado por Cneu Júlio Agrícola em 77 ou 78, após ter conquistado os Ordovicos.

Atualmente constitui-se em um museu ao ar livre, administrado pelo "National Museums and Galleries of Wales".

Características[editar | editar código-fonte]

Foi projetado para abrigar aproximadamente mil homens da infantaria auxiliar. Foi unido por uma estrada romana à base de legionários romanos em Chester, Deva Vitoriosa.

Diferentemente do Castelo de Caernarfon, de edificação mais recente ao lado do estuário do Seiont, Segontium está localizado em terreno mais elevado, o que lhe permite uma boa visão dos Estreitos de Menai.

Referências

  1. Bladen 1908, p. 113.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Bladen, W. Wells (1908). ANNUAL REPORT AND TRANSACTIONS 1907-1908. XLII. Stanford: T. & C. MORT, LTD. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Segôncio
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.