Segunda Batalha de Trenton

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Segunda Batalha de Trenton
Guerra da Independência dos Estados Unidos
Delaware river chart 1655.jpeg
Data 2 de janeiro de 1777
Local Trenton, Nova Jérsei
Desfecho Vitória americana[1]
Beligerantes
US flag 13 stars – Betsy Ross.svg Estados Unidos  Grã-Bretanha
Comandantes
Estados Unidos George Washington Reino da Grã-Bretanha Charles, Earl Cornwallis
Forças
6 000 soldados
40 canhões[2]
5 000 soldados[3]
28 canhões[2]
Baixas
7-100 mortos ou feridos[4][5] 55-365 mortos, feridos ou capturados[5][6]

A Segunda Batalha de Trenton,[7] também conhecida como Batalha de Assunpink Creek, foi uma batalha travada entre as forças dos Estados Unidos e do Reino da Inglaterra que aconteceu em Trenton, Nova Jérsei em 2 de janeiro de 1777, durante a Guerra Revolucionária Americana e resultou em uma decisiva vitória americana.

Depois de uma vitória surpresa na Batalha de Trenton em 26 de dezembro de 1776, o General George Washington do Exército Continental e seu Estado-Maior esperavam um grande contra-ataque britânico. Washington e seus conselheiros decidiram partir para Trenton e firmar posição lá, estabelecendo uma posição defensiva em Assunpink Creek, próximo ao leito do rio Delaware.

O Tenente-general Charles Cornwallis liderava as forças britânicas do sul desde a batalha de 26 de dezembro. Deixando 1 400 homens sob o comando do Tenente-corenel Charles Mawhood em Princeton, Nova Jérsei, Cornwallis avançou para Trenton com cinco mil homens em 2 de janeiro. Seu avanço foi sendo deteriorado devido a resistência e a luta de guerrilha imposta pelos americanos, comandados por Edward Hand, no caminho e as tropas inglesas não chegaram a Trenton até o anoitecer. Depois de três ataques fracassados contra as linhas americanas, Cornwallis decidiu esperar e continuar a batalha no dia seguinte. Washington moveu seu exército circundando o acampamento de Cornwallis durante a noite e atacou Mawhood em Princeton no dia seguinte. A derrota forçou os ingleses a recuar e se retirar de boa parte de Nova Jérsei pelo inverno.

Referências

  1. Fischer p. 307
  2. a b Fischer p.404
  3. Ketchum p.286
  4. Stryker, p. 265
  5. a b Fischer p.412
  6. Peckham, p. 29
  7. FAQ da batalha