Segunda Guerra Anglo-Afegã

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Se procura por outros conflitos relacionados, veja Guerra do Afeganistão.
Segunda Guerra Anglo-Afegã
Kandahar 92nd Highlanders.jpg
92nd Highlanders at Kandahar. óleo por Richard Caton Woodville
Data 1878–1880
Local Afeganistão
Desfecho Tratado de Gandamak[1][2][3][4]
Beligerantes
Flag of Afghanistan pre-1901.svg Afeganistão Reino Unido Reino Unido
Comandantes
Xer Ali Cã,
Maomé Aiube Cã
Donald Stewart,
Frederick Roberts,
Samuel Browne
Baixas
5 000+ mortos em combate[5] 9 850 mortos
  • 1 850 mortos em combate ou de ferimentos
  • 8 000 mortos de doenças[5]

A Segunda Guerra Anglo-Afegã, que ocorreu entre 1878 e 1880, iniciou-se com uma luta fratricida entre os filhos do Emir Doste Maomé Cã que trouxeram ao Afeganistão turbulências por mais de uma década após a sua morte em 1863. Xer Ali Cã, seu terceiro filho e sucessor, suscitou a inimizade com os britânicos ao adotar uma política amigável para com a Rússia em 1878. Ao rejeitar um segundo ultimato, em Novembro de 1878, as forças anglo-indianas novamente invadiram o Afeganistão.

Cabul foi ocupada em Outubro de 1879, Maomé Iacube Cã, filho de Xer Ali, que tinha ocupado o trono em março do ano anterior, foi forçado a abdicar e, em 1880, Abderramão Cã, neto de Doste Maomé, foi instalado no trono.

A guerra terminou de uma forma depois que os britânicos atingiram todos os seus objetivos geopolíticos. A maioria dos soldados britânicos e indianos se retiraram do Afeganistão. Os afegãos foram autorizados a manter a soberania interna, mas tiveram que ceder o controle das relações exteriores de seu país aos britânicos.[3][4] Os britânicos decidiram retirar-se, em 1881 porque, em geral, o novo monarca parecia uma alternativa aceitável que poderia alinhar-se aos interesses britânicos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. L.W. Adamec/J.A. Norris, ANGLO-AFGHAN WARS, in Encyclopædia Iranica, online ed., 2010
  2. J.A. Norris, ANGLO-AFGHAN RELATIONS Arquivado em 8 de dezembro de 2010, no Wayback Machine., in Encyclopædia Iranica, online ed., 2010
  3. a b Barfield, Thomas (2010). Afghanistan: A Cultural and Political History. [S.l.]: Princeton University Press. p. 145. ISBN 0691145687. Consultado em 22 de agosto de 2010 
  4. a b Posturee, Bad (2002). Understanding Holocausts: How, Why and When They Occur. [S.l.]: iUniverse. p. 84. ISBN 0595238386. Consultado em 22 de agosto de 2010 
  5. a b Robson, Brian. (2007). The Road to Kabul: The Second Afghan War 1878–1881. Stroud: Spellmount. p. 299. ISBN 978-1-86227-416-7 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Barthorp, Michael. 2002. Afghan Wars and the North-West Frontier 1839-1947 Cassell. London. ISBN 0-304-36294-8
  • Wilkinson-Latham, Robert. 1977. North-West Frontier 1837-1947. Osprey Publishing. London. ISBN 0-85045-275-9
Ícone de esboço Este artigo sobre um conflito armado é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.