Segunda República da Checoslováquia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Česko-Slovenská republika
República Checo-Eslovaca
Flag of the Czech Republic.svg
1938 – 1939 Flag of the German Reich (1935–1945).svg
 
Flag of the Protectorate of Bohemia and Moravia.svg
 
Flag of Slovakia (1939–1945).svg
 
Flag of Ukraine.svg
Flag Brasão
Bandeira Brasão
Localização de Checoslováquia
Continente Europa
Capital Praga
50° 05' N 14° 28' E
Língua oficial Checo e Eslovaco
Governo República parlamentarista
Presidente
 • 1938-1939 Emil Hácha
Primeiro Ministro
 • 1938 Jan Syrový
 • 1938–1939 Rudolf Beran
Período histórico período entre guerras
 • 30 de setembro de 1938 Acordo de Munique
 • 15 de março de 1939 Ocupação alemã

Segunda República Checoslovaca (em checo / em eslovaco: Česko-Slovenská republika), às vezes também chamada de República Checo-Eslovaca,[1] existiu durante 169 dias, entre 30 de setembro de 1938 e 15 de março de 1939 e foi composta pela Boêmia, Morávia, Silésia e pelas regiões autônomas da Eslováquia e Transcarpátia.

A Segunda República foi o resultado dos eventos ocorridos na sequência do Acordo de Munique, onde a Checoslováquia foi forçada a ceder a região dos Sudetos, povoadas por alemães, para a Alemanha nazista em 1 de outubro de 1938, bem como partes do sul da Eslováquia e da Transcarpátia para a Hungria. Após o Acordo de Munique e o governo alemão deixar claro aos diplomatas estrangeiros que a Checoslováquia seria então um Estado cliente alemão, o governo da Checoslováquia procurou obter favores com a Alemanha, proibindo o Partido Comunista do país, suspendendo todos os professores judeus em instituições de ensino alemãs na Checoslováquia, e promulgando uma lei para permitir que o Estado assumisse empresas judaicas.[2] Além disso, o governo permitiu que os bancos do país ficassem efetivamente sob controle alemão-checoslovaco. [2]

A República da Checoslováquia foi dissolvida quando a Alemanha a invadiu em 15 de março de 1939 e anexou a região Checa no Protetorado da Boêmia e Morávia. No mesmo dia da ocupação alemã, o Presidente da Checoslováquia Emil Hácha foi apontado pelo governo alemão como Presidente do Estado do Protetorado da Boêmia e da Morávia, cargo que exerceu durante a guerra.


A Segunda República da Checoslováquia antes de seu desaparecimento

Referências

  1. Miller, Francis. The Complete History of World War II. [S.l.: s.n.] p. 111 
  2. a b Crowhurst, Patrick. Hitler and Czechoslovakia in World War II: Domination and Retaliation. P83-84.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • (em checo) Jan, Gebhart and Kuklík, Jan: Druhá republika 1938–1939. Svár demokracie a totality v politickém, společenském a kulturním životě, Paseka (2004), Praha, Litomyšl, ISBN 80-7185-626-6.