Seleção Angolana de Futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde outubro de 2016).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Seleção Angolana de Futebol
Flag of Angola.svg
Alcunhas?  Palancas Negras
Associação Federação Angolana de Futebol
Confederação CAF (África)
Material desportivo?  Alemanha Adidas
Treinador Brasil Beto Bianchi
Capitão Bastos Capitão
Mais participações Akwá (80)
Melhor artilheiro Akwá (36)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar
Seleção Angolana.
Angola X Marrocos.
Jogadores comemorando.
Angola

A Seleção Angolana de Futebol, conhecida como os Palancas Negras, é a equipe nacional de Angola e é controlada pela Federação Angolana de Futebol. Em 8 de Outubro de 2005, Angola classificou-se para o Copa do Mundo pela primeira vez na sua história. Na Copa do Mundo de 2006, Angola se tornou a seleção com maior média de cartões por jogo em Copas do Mundo, já que em suas três partidas recebeu 11 cartões (10 amarelos e 1 vermelho), tendo uma média de 3,6 cartões por jogo.

História[editar | editar código-fonte]

Angola jogou o seu primeiro jogo contra o Congo em 8 de fevereiro de 1976, perdeu por 3-2.

Angola qualificou-se para o seu primeiro CAN em 1996. Onde foram sorteados no Grupo A com a África do Sul, Egito e os Camarões. Eles perderam seus primeiros dois jogos para o Egito e a África do Sul, mas conseguiu um empate 3-3 contra os Camarões. Terminaram no último lugar do grupo e não alcançou os Quartos de Final. Angola qualificou-se para o seu segundo CAN consecutivo, em 1998, mas, novamente, não conseguiu chegar aos Quartos de Final, dois empates e uma derrota, 0-0 com a África do Sul e Namíbia, com 3-3 e perdendo por 5-2 com a Costa do Marfim.

Depois de perder os últimos 3 Torneios, se qualificaram para o CAN de 2006. Tiveram a sua primeira vitória no Campeonato Africano das Nações, ao vencerem o Togo, ganhando por 3-2, com dois gols vindo de Flávio e o outro vindo de Maurito. Eles também empataram 0-0 contra a RDC e perdeu 3-1 contra os Camarões. Angola teve o seu melhor desempenho no CAN de 2008. Foram sorteados no Grupo D com a Tunísia, a África do Sul e Senegal. tendo empatado por 1-1 e 0-0 com a África do Sul e a Tunísia, então derrotando o Senegal por 3-1, com dois gols vindo de Manucho. Nos Quartos de Final foram derrotados pelos eventuais campeões, o Egito por 2-1 mas o Manucho marcou novamente, terminando com quatro golos no total.

Angola também venceu a Taça COSAFA em 1999, 2001 e 2004.

Copa do Mundo de 2006[editar | editar código-fonte]

Angola se classificou para o Campeonato do Mundo de 2006 depois de perder apenas um jogo de qualificação frente da favorita Nigéria.

Quando escolheu os convocados, Gonçalves pedindo conselhos a Mourinho que nesta altura treinava o Chelsea, cuja mulher nasceu em Angola. Na Geração de Ouro de Angola havia jogadores como Akwá, João Ricardo, Paulo Figueiredo e Jamba selecionados para ir para a Copa do Mundo. Angola jogou seis jogos de preparação contra a Coreia do Sul, Lesoto, Maurícia, Argentina, Turquia e EUA.

Angola jogou seu primeiro jogo na Copa do Mundo contra Portugal, que venceu a partida por 1-0, com o único gol vindo de Pauleta.[2] havia um ambiente muito amigável em torno do estádio durante este jogo por causa da amizade entre os países de Angola e Portugal. Angola empatou por 0-0 no segundo jogo com o México, e ainda teve uma chance de se qualificar para a segunda fase se tivessem vencido o Irão no seu último jogo, no grupo, mas a partida terminou 1-1 após gols de Flávio e Sohrab Bakhtiarizadeh. Angola foi eliminada do torneio e só perdeu um jogo. [3][4]

Elenco Atual[editar | editar código-fonte]

Convocados para o jogo contra o Burquina Faso das Eliminatórias do CAN de 2019 em Camarões.

N.º Nome Posição Clube
1 Neblú Goleiro Angola Interclube
12 Kadú Goleiro Portugal Varzim
22 Gerson Goleiro Angola Petro de Luanda
4 Dani Central Angola 1º de Agosto
5 Jonathan Buatu Central Bélgica Waasland-Beveren
13 Bastos Capitão Central Itália Lazio
21 Genséric Kusunga Central Portugal União da Madeira
2 Clinton Mata Lateral-direito Bélgica Charleroi
23 Isaac Lateral-direito Angola 1º de Agosto
3 Natael Lateral-esquerdo Angola 1º de Agosto
7 Eddie Lateral-esquerdo Angola Recreativo do Libolo
6 Adão Volante Suíça Sion
14 Pana Volante Portugal Académico de Viseu
15 Buá Volante Angola 1º de Agosto
16 Carlinhos Volante Angola Petro de Luanda
11 Ary Papel Médio Portugal Moreirense
17 Xande Silva Médio Portugal Vitória de Guimarães
19 Dolly Menga Médio Israel F.C. Ashdod
8 Gelson Avançado Portugal Sporting B
9 Manucho Gonçalves Avançado Espanha Rayo Vallecano
10 Geraldo Avançado Angola 1º de Agosto
18 Igor Vetokele Avançado Bélgica Sint-Truindense
20 Fredy Avançado Países Baixos Excelsior Rotterdam
Beto Bianchi Treinador

Atualizado aos 31 de Janeiro de 2017 por Mpavita Santos.

Equipe Interna[editar | editar código-fonte]

Última atualização a 9 de fevereiro de 2017

Legenda
  • Capitão: Capitão
  • Lesionado: Jogador lesionado/contundido
  • Suspenso.: Jogador suspenso


Guarda-redes
N.º Jogador
1 Angola Neblú
12 Angola Élber
22 Angola Gerson
Defesas
N.º Jogador Pos.
4 Angola Dani Capitão C
5 Angola Gomito Fonseca C
20 Angola Sargento C
23 Angola Valdez C
2 Angola Lopes LD
21 Angola Isaac LD
3 Angola Natael LE
7 Angola Eddie Afonso LE
Médios
N.º Jogador Pos.
6 Angola Herenilson T
13 Angola Ito T
8 Angola Gogoró M
11 Angola Job M
14 Angola Nandinho M
15 Angola Buá M
16 Angola Carlinhos M
17 Angola Paty M
Avançados
N.º Jogador
9 Angola Yano
10 Angola Geraldo
18 Angola Paizinho
19 Angola Moco
Equipa técnica
Nome Pos.
Brasil Beto Bianchi TR

Títulos[editar | editar código-fonte]

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c FIFA.com (novembro de 2015). «Ranking Mundial da FIFA/Coca-Cola». Consultado em 11 de novembro de 2015 
  2. Brodkin, Jon (12 June 2006). «Figo sparkles as Ronaldo's tricks lead to the bench». Guardian. Consultado em 13 July 2012  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  3. «Mexico 0–0 Angola». BBC. 16 June 2006. Consultado em 13 July 2012  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  4. «Iran 1–1 Angola». BBC. 21 June 2006. Consultado em 13 July 2012  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)