Seleção Catalã de Futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Catalunha
Flag of Catalonia.svg
Alcunhas?  La Selecció, La Segadora
Associação Federação Catalã de Futebol (Federació Catalana de Futbol)
Confederação Nenhuma
Treinador Gerard López
Capitão Sergio García
Mais participações Sergio González (16)
Melhor artilheiro Sergio García (8)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar
A seleção da Catalunha, em fevereiro de 1912 na cidade de Paris.
Jogo amistoso contra a formação de Cabo Verde em 2013, com vitória da seleção das quatro barras por 4-1.

A Seleção de Futebol da Catalunha é o nome com que, historicamente, foram conhecidas as formações que competiram sob a jurisdição da Federação Catalã de Futebol (FCF). A seleção catalã de futebol não é reconhecida pela FIFA devido à oposição da Federação Espanhola de Futebol e, sendo assim, só pode jogar partidas amistosas a nível internacional permitidas por esta última.[2] De qualquer forma pode competir oficialmente como seleção autônoma nas competições da Federação Espanhola de Futebol para categorias inferiores.

Atualmente a seleção masculina tem como treinador Gerard López desde 2013, tendo sido Johan Cruyff no período 2009-2013, e Pere Gratacós entre 2005-2009.

O jogador que mais vezes vestiu a camisola da seleção catalã foi Sergio González, por 16 vezes.

Seleção absoluta masculina[editar | editar código-fonte]

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

A criação das Federações Esportivas Catalãs foi o reflexo da paixão desportiva de parte de uma sociedade que estava mais próxima a Europa que o resto da península ibérica. Assim, em 1903 foi criada a Federação Catalã de Futebol (FCF), semente necessária para que no ano seguinte a seleção disputasse sua primeira partida.

Segundo a própria Federação Catalã de Futebol, o primeiro jogo foi disputado contra uma equipa chamada Cleópatra,[3] porque os jogadores eram tripulantes duma embarcação com o mesmo nome, e acabou com a vitória catalã por 3-0. O segundo jogo, contra o Sportsmen's Club, um jogo que acabou 3-2. O Real Club Deportivo Español, fundado há quatro anos, foi o terceiro embate contra a seleção,[4] disputado a 29 de maio de 1904, no campo que detinham chamado Hospital Clínico. A partida em homenagem aos campeões catalães do Deportivo, acabou com a vitória destes por 4-1.

Escalação do jogo C. Espanyol de F. - Cataluña (4 - 1) Campo: Hospital Clínico, Barcelona. 30 de maio de 1904 C. Espanyol de F.: Vives; Carril, Belausteguigoitia, Ayestarán, Soler, Galiardo, Sampere, Cenarro, Mora, Ponz y Greenbr

Cataluña: Soler; Quirante, Keller, Rodríguez I, Darné, F. Bru, Castellà, Almasqué, Rodríguez II, Bolat y Salcedo

Em 1912 e com uma equipe formada por por jogadores de vários clubes catalães, a seleção (denominada então Football Associació Catalana) faz a sua estreia. É um início não muito glorioso para a seleção, porque neste primeiro jogo no Estadio de Colombes de París recebeu 7 gols e as críticas foram ferozes. Apesar de tudo, na revanche em casa, o espanholista Genaro de la Riva, deu a vitória aos catalães marcando o único gol.

Estrangeiros jogando pela Catalunha[editar | editar código-fonte]

Entre os mais famosos, os neerlandeses Johan Cruijff, seu filho Jordi Cruijff, Johan Neeskens, o búlgaro Hristo Stoichkov, o brasileiro Evaristo de Macedo, o húngaro László Kubala e até o argentino Alfredo Di Stéfano. Também espanhóis não-catalães já o fizeram, como Andrés Iniesta, David Villa, Pepe Reina e Luis Suárez. O servo-espanhol Bojan Krkić também realizou dois jogos pela região, marcando três gols, dois deles num amistoso contra a Seleção Hondurenha de Futebol em 28 de Dezembro de 2010.

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

Esquadrão atual

Nome Posição Clube
Masip Goleiro Espanha Real Valladolid
Badía Goleiro Espanha Reius
Álvarez Defesa Rússia Arsenal Tula
Fontàs Defesa Estados Unidos Sporting Kansas City
de la Bella Defesa Espanha Real Sociedad
Sergi Gómez Defesa Espanha Sevilla
Lirola Defesa Itália Sassuolo
Sergi Roberto Defesa Espanha Barcelona
Valentín Defesa Espanha La Coruña
Martín Defesa Alemanha Mainz 05
Hernández Médio Catar Al-Sadd
Verdú Médio China Qingdao Huanghai
Crosas Médio México FC VIP
Rodríguez Médio Estados Unidos Seattle Sounders
Sergi Samper Médio Espanha Barcelona
Roca Médio Espanha Espanyol
Pons Médio Espanha Girona
Sergio García Avançado Espanha Espanyol
Vázquez Avançado Espanha Espanyol
Moreno Avançado Espanha Villarreal
Riera Avançado Austrália Western Sydney Wanderers
Luis Enrique Treinador

Selecionadores[editar | editar código-fonte]

Origem Selecionador Período
 Inglaterra Raine Gibson[5] 1911 - 1912
Catalunha Josep Torrents 1932 - 1936
Catalunha Lluís Blanco[5] 1937
Catalunha José L. Lasplazas 1941 - 1971
Uruguai José Emilio Santamaría 1973
Catalunha Josep Gonzalvo 1976
 Hungria László Kubala 1990
Catalunha Carles Reixach e Josep Maria Fusté 1993
Flag of Spain.svg Espanha Àngel "Pitxi" Alonso 1995 - 2005
Catalunha Pere Gratacós 2005 - 2009
 Países Baixos Johan Cruyff 2009 - 2013
Catalunha Gerard López 2013 - atualidade


Evolução do uniforme[5][editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
1904-1906
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
1906-1912
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
1912-1915
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
1915-1975 [6]
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
1976-1995
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
1997-1998
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
1999
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2000-2003
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2004-2006
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2007-2009
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2009
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2010-2012
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2010-12 (2a)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2013
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2013-2014[7]

Referências

  1. a b c FIFA.com (novembro de 2015). «Ranking Mundial da FIFA/Coca-Cola». Consultado em 11 de novembro de 2015 
  2. MADRID, AFP / (12 de setembro de 2007). «La Federación Española de Fútbol prohíbe el partido de la selección catalana y Estados Unidos». elperiodico (em espanhol). Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  3. Segundo o jornalista Josep Maria Raduà, membro da Plataforma Pro Seleções Desportivas Catalãs e autor do livro, Historia de todas las selecciones deportivas catalanas, o primeiro jogo ocorreu quase dois meses antes, contra uma equipe denominada Cleopatra, e o total de jogos - incluindo o de outubro de 2006 contra a seleção de Euskadi- é de 198 jogos.
  4. Tots els partits de l'absoluta masculina (em catalão)
  5. a b c Closa, Antoni; Jaume Rius (1999). Selecció Catalana de Fútbol: nou dècades d'història. [S.l.]: Editorial Jaume Rius. ISBN 8492294434 
  6. «El partido de ayer en Las Corts». El Mundo Deportivo (em castelhano). 27 de junho de 1932. Consultado em 30 de dezembro de 2013 
  7. «Selecció Catalana». El Mundo Deportivo (em castelhano). 24 de setembro de 2013. Consultado em 17 de dezembro de 2013