Seleção Chilena de Futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Chile
Logo Federación de Fútbol de Chile.png
Alcunhas?  La Roja (A Vermelha)
El Equipo de Todos (A Equipe de Todos)
Associação Federação Chilena de Futebol
Confederação CONMEBOL
Material desportivo?  Estados Unidos Nike (sob boicote)[1]
Treinador Uruguai Martín Lasarte
Capitão Claudio Bravo
Mais participações Alexis Sánchez (139)
Melhor artilheiro Alexis Sánchez (46)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

A Seleção Chilena de Futebol representa o Chile nas competições de futebol da FIFA.

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro jogo da história da "La Roja" foi em 1910, contra a Seleção Argentina, onde perdeu por 3 a 1. O time ficou dezessete anos sem vitórias, até a goleada de 7 a 1 contra a estreante Seleção Boliviana na Copa América.

O Chile já participou de nove Copas, sendo a primeira em 1930, quando ficou em 2º lugar de seu grupo; como só o 1º se classificava, o Chile foi pra casa mais cedo. Voltou a participar em 1950 e novamente não passou da 1ª fase. Ficou algumas edições sem participar e voltou em 1962, quando sediou o torneio. Foi a melhor participação da seleção em Copas do Mundo, terminando em 3º lugar, após vencer a Iugoslávia por 1 a 0 na disputa do 3º Lugar. Em 1966 o Chile não passou da 1ª fase, assim como em 1974, quando o país voltou a Copa. Em 1982 novamente não passou da 1ª fase. Em 1986 não conquistou vaga.

Já entre 1990 e 1994, o Chile foi barrado de participar das disputas de Copa do Mundo pela FIFA. Foi resultado de um incidente durante um jogo das Eliminatórias para a Copa de 90 contra o Brasil, quando o goleiro chileno Roberto Rojas fingiu estar seriamente ferido por um rojão jogado pela torcida brasileira, para forçar um abandono da partida. O Brasil ganhava o jogo por 1 a 0 com 23 minutos restantes de jogo e uma derrota eliminaria o Chile da disputa. Esperando um novo jogo, os oficiais chilenos e a equipe médica escoltaram os jogadores para fora do campo. Após estudar o vídeo do jogo, a FIFA entendeu que o rojão não havia acertado Rojas e o evento todo foi uma encenação da equipe chilena. Rojas foi banido para sempre do futebol, o Brasil ficou com o resultado de 2 a 0 e a Seleção Chilena foi impedida de disputar partidas oficiais por cinco anos.

Voltou em 1998, ficando pelas oitavas de final, após perder para o Brasil. Não se classificou para as Copas de 2002 e 2006 e voltou em 2010, ficando novamente nas oitavas, perdendo novamente para o Brasil. Em 2014 a história se repetiu: derrota para o Brasil nas oitavas, porém em um confronto mais equilibrado com o empate de 1 a 1 no tempo normal e a vitória brasileira nos pênaltis. Vale ressaltar que o Chile jogou melhor durante boa parte da partida e poderia ter vencido na prorrogação, quando o centroavante Pinillia finalizou e acertou o travessão.

Na Copa América o Chile possui dois títulos, sendo que faturou o seu primeiro caneco em 2015 nos pênaltis, contra a Argentina; em 2016 venceu a Copa América Centenário novamente nos pênaltis diante da Argentina, conquistando o seu segundo título. Anteriormente seus melhores resultados haviam sido quatro vice campeonatos em 1955, 1956, 1979 e 1987.

Devido ao título da Copa América conquistado em 2015, a Seleção Chilena classificou-se para disputar a Copa das Confederações de 2017, na Rússia. O Chile conseguiu chegar à final, mas perdeu para a Alemanha por 1 a 0.

O Chile participou pela primeira vez em 1984, sendo eliminado pela Itália nas quartas de final. Voltou em 2000, quando levou a medalha de bronze, batendo os Estados Unidos por 2 a 0. Em 2015, a Seleção Sub-20 disputou o Campeonato Sul-Americano e não conseguiu vaga para os Jogos Olímpicos de 2016 no Brasil.

Nos Jogos Pan-Americanos obteve uma medalha de prata em 1987 e duas medalhas de bronze em 1951 e 1963.

No Campeonato Mundial Sub-20 de 1987 obteve o 4º lugar, enquanto no Campeonato Mundial Sub-20 de 2007 conseguiu uma inédita 3ª colocação. Outro feito foi em 2009, quando venceu pela primeira vez o Torneio Internacional de Toulon tendo sido, inclusive, campeão invicto.[3]

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

Os seguintes 28 jogadores foram convocados para a disputa da Copa América.[4]

Número Nome Posição Clube
1 Claudio Bravo Goleiro Espanha Betis
12 Gabriel Arias Goleiro Argentina Racing
23 Gabriel Castellón Goleiro Chile Huachipato
2 Eugenio Mena Lateral-esquerdo Argentina Racing
3 Guillermo Maripán Zagueiro França Monaco
4 Mauricio Isla Lateral-direito Brasil Flamengo
5 Enzo Roco Zagueiro Turquia Fatih Karagümrük
6 Francisco Sierralta Zagueiro Inglaterra Watford
15 Daniel González Zagueiro Chile Santiago Wanderers
17 Gary Medel Zagueiro Itália Bologna
18 Sebastián Vegas Zagueiro México Monterrey
7 César Pinares Meia-atacante Brasil Grêmio
8 Arturo Vidal Meio-campo Itália Internazionale
13 Erick Pulgar Volante Itália Fiorentina
14 Pablo Galdames Volante Argentina Vélez Sarsfield
19 Tomás Alarcón Volante Chile O'Higgins
20 Charles Aránguiz Meio-campo Alemanha Bayer Leverkusen
25 Marcelino Núñez Meio-campo Chile Universidad Católica
27 Pablo Aránguiz Meia-atacante Chile Universidad de Chile
28 Claudio Baeza Volante México Toluca
9 Jean Meneses Ponta México León
10 Alexis Sánchez Atacante Itália Internazionale
11 Eduardo Vargas Atacante Brasil Atlético Mineiro
16 Felipe Mora Centroavante Estados Unidos Portland Timbers
21 Carlos Palacios Atacante Brasil Internacional
22 Ben Brereton Atacante Inglaterra Blackburn Rovers
24 Luciano Arriagada Centroavante Chile Colo-Colo
26 Clemente Montes Ponta Chile Universidad Católica

Uniformes[editar | editar código-fonte]

Uniformes atuais[editar | editar código-fonte]

  • 1° - camisa vermelha, calção azul e meias brancas.
  • 2 °- camisa branca, calção e meias brancas.
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo Uniforme

Uniformes anteriores[editar | editar código-fonte]

  • 2018
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo Uniforme
  • 2016
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo Uniforme
  • 2015
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo Uniforme
  • 2014
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo Uniforme


  • 2012
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo Uniforme
  • 2011
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo Uniforme
  • 2010
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo Uniforme

Material esportivo[editar | editar código-fonte]

Período Fornecedor
1973 França Le Coq Sportif
1974-1983 Alemanha Adidas
1984 Canadá Power
1984 Brasil Penalty
1985 Alemanha Puma
1986 Inglaterra Umbro
1987 Canadá Power
1987-1988 Alemanha Puma
1988-1990 Alemanha Adidas
1990-1991 Inglaterra Umbro
1992 Estados Unidos Avia
1993-1994 Alemanha Adidas
1995 Brasil Rhumell
1996-2000 Inglaterra Reebok
2000-2003 Inglaterra Umbro
2003-2010 Estados Unidos Brooks
2010-2015 Alemanha Puma
2015-2021 Estados Unidos Nike

Títulos[editar | editar código-fonte]

Títulos oficiais[editar | editar código-fonte]

Continentais
Competição Vezes Anos
Copaamericadomundo.png Copa América 2 2015Cscr-featured.svg, 2016[5]

Cscr-featured.svg Campeão Invicto

Eventos Multiesportivos
Competição Vezes Anos
Bronze medal.svg Jogos Olímpicos 1 2000
Silver medal america.svg Jogos Pan-Americanos 1 1987
Bronze medal america.svg 2 1951, 1963
Gold medal southamerica.svg Jogos Sul-americanos 1 2018

Títulos não oficiais[editar | editar código-fonte]

Torneios amistosos
Competição Vezes Ano
Brasil/Chile Taça Bernardo O'Higgins 2 1957, 1966
Chile/Peru Copa do Pacífico 7 1965, 1968, 1971, 1983, 1988, 2006, 2012[6]
Chile/Uruguai Copa Juan Pinto Durán 2 1971, 1979
Argentina/Chile Copa Carlos Dittborn Pinto 1 1973
Bolívia/Chile Copa Provoste 1 1973
Equador Torneio Quadrangular de Guayaquil 1 1984
Indonésia Copa Independência 1 1985
Brasil/Chile Copa Expedito Teixeira 1 1990
Espanha Troféu Colombino 1 1992
Canadá Copa Canadá 1 1995
Chile Copa Cidade de Valparaíso 1 2000
Chile Copa Cidade de La Serena 1 2011[7]
Chile Copa 250 Anos de Talcahuano 1 2014
China China Cup 1 2017[8]

Títulos de base[editar | editar código-fonte]

Seleção Sub-23[editar | editar código-fonte]

  • Torneio Quadrangular de Guayaquil (Equador): 1 (1984[9])
  • Copa TVN (Chile): 1 (1996)

Seleção Sub-20[editar | editar código-fonte]

Seleção Sub-17[editar | editar código-fonte]

  • Copa Kairos (Chile): 1 (1996)
  • Milk Cup (Irlanda do Norte): 1 (1998)
  • Copa UC Sub-17 (Chile): 1 (2009)
  • Lafarge Foot Avenir (França): 1 (2017[16])

Campanhas[editar | editar código-fonte]

Seleção Principal
Torneio Campeão Vice-campeão Terceiro Quarto
Copa do Mundo FIFA 1 (1962)
Copa das Confederações FIFA 1 (2017)
Copa América 2 (2015, 2016) 4 (1955, 1956, 1979, 1987) 5 (1926, 1941, 1945, 1967, 1991) 10 (1916, 1917, 1919, 1920, 1924, 1935, 1939, 1947, 1953, 1999)
Campeonato Pan-Americano 1 (1952)
Seleção de Base
Torneio Campeão Vice-campeão Terceiro Quarto
Copa do Mundo FIFA Sub-20 1 (2007) 1 (1987)
Copa do Mundo FIFA Sub-17 1 (1993)
Campeonato Sul-Americano Sub-20 1 (1975) 1 (1995)
Campeonato Sul-Americano Sub-17 2 (1993, 2017) 1 (1997)
Pré-Olímpico Sul-Americano Sub-23 2 (1984, 2000) 1 (2004)
Seleção Olímpica
Torneio Gold medal.svg Gold medal america.svg Ouro Silver medal.svg Silver medal america.svg Prata Bronze medal.svg Bronze medal america.svg Bronze
Jogos Olímpicos 1 (2000)
Jogos Pan-Americanos 1 (1987) 2 (1951, 1963)

 Títulos de base[editar | editar código-fonte]

Seleção Sub-23
  • Copa TVN: 1 (1996)
  • Copa Antel: 1 (2012)
 Seleção Sub-20
  • Torneio Internacional de Toulon: 1 (2009)
  • Copa Centenário da Batalha Naval de El Callao em Lima: 1 (1966)
  • Torneio Internacional em Guayaquil: 1 (1984)
  • Torneio Internacional de La Alcudia: 1 (1998)
  • Copa Milk: 1 (2000)
  • Copa Suwon: 1 (2007)
  • Torneio Quadrangular: 1 (2007)
  • Taça Amistosa de Reinauguração do Estádio Municipal de Mejillones: 1 (2008)
  • Copa do Pacífico: 1 (2012)
Seleção Sub-19
Seleção Sub-18
  • Torneio João Havelange: 1 (2008)
Seleção Sub-17
  • Copa Kairos: 1 (1996)
  • Copa Milk: 1 (1998)
  • Copa UC: 1 (2009)

Desempenho nas Copas do Mundo[editar | editar código-fonte]

Desempenho na Copa do Mundo
Ano Fase Posição J V E D GP GC
Uruguai 1930 Primeira fase 5º lugar 3 2 0 1 5 3
Itália 1934 Não participou
França 1938
Brasil 1950 Primeira fase 9º lugar 3 1 0 2 5 6
Suíça 1954 Não se classificou
Suécia 1958
Chile 1962 Terceiro lugar 3º lugar 6 4 0 2 10 8
Inglaterra 1966 Primeira fase 13º lugar 3 0 1 2 2 5
México 1970 Não se classificou
Alemanha Ocidental 1974 Primeira fase 11º lugar 3 0 2 1 1 2
Argentina 1978 Não se classificou
Espanha 1982 Primeira fase 22º lugar 3 0 0 3 3 8
México 1986 Não se classificou
Itália 1990 Desqualificado por causa do Caso Rojas
Estados Unidos 1994 Banido por causa do Caso Rojas
França 1998 Oitavas de final 16º lugar 4 0 3 1 5 8
Coreia do SulJapão 2002 Não se classificou
Alemanha 2006
África do Sul 2010 Oitavas de final 10º lugar 4 2 0 2 3 5
Brasil 2014 Oitavas de final 9º lugar 4 2 1 1 6 4
Rússia 2018 Não se classificou
Catar 2022 A definir
CanadáEstados UnidosMéxico 2026
Total 9/21 Nenhum título 33 11 7 15 40 49

Desempenho na Copa das Confederações[editar | editar código-fonte]

Desempenho na Copa das Confederações
Ano Fase PG V E D GP GC
Rússia 2017 Vice-Campeão 6 1 3 1 4 3
Total 1/10 6 1 3 1 4 3

Desempenho na Copa América[editar | editar código-fonte]

  • 1916 - 4º colocado
  • 1917 - 4º colocado
  • 1919 - 4º colocado
  • 1920 - 4º colocado Chile (sede)
  • 1921 - Não participou
  • 1922 - 5º colocado
  • 1923 - Não participou
  • 1924 - 4º colocado
  • 1925 - Não participou
  • 1926 - 3º colocado Chile (sede)
  • 1927 - Não participou
  • 1929 - Não participou
  • 1935 - 4º colocado
  • 1937 - 5º colocado
  • 1939 - 4º colocado
  • 1941 - 3º colocado Chile (sede)
  • 1942 - 6º colocado
  • 1945 - 3º colocado Chile (sede)
  • 1946 - 5º colocado
  • 1947 - 4º colocado
  • 1949 - 5º colocado
  • 1953 - 4º colocado
  • 1955 - Vice-Campeão Chile (sede)
  • 1956 - Vice-Campeão
  • 1957 - 6º colocado
  • 1959 - 5º colocado
  • 1959 - Não participou
  • 1963 - Não participou
  • 1967 - 3º colocado
  • 1975 - Primeira-Fase
  • 1979 - Vice-Campeão
  • 1983 - Primeira-Fase
  • 1987 - Vice-Campeão
  • 1989 - Primeira-Fase
  • 1991 - 3º colocado Chile (sede)
  • 1993 - Primeira-Fase
  • 1995 - Primeira-Fase
  • 1997 - Primeira-Fase
  • 1999 - Primeira-Fase
  • 2001 - Quartas de Final
  • 2004 - Primeira-Fase
  • 2007 - Quartas de Final
  • 2011 - Quartas de Final
  • 2015 - Campeão Chile (sede)
  • 2016 - Campeão
  • 2019 - 4º colocado
  • 2021 - Quartas de Final
  • 2024 - A definir

Principais jogadores[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2021/06/21/chile-mantem-logo-da-nike-encoberto-em-uniforme-de-jogo-contra-uruguai.htm
  2. a b Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome ref_fifa_rank_masc
  3. Festival International Espoirs de Toulon - Les résultats de la 37ème édition
  4. «Nómina de La Roja para la Copa América» (em espanhol). FFC. 10 de junho de 2021. Consultado em 20 de junho de 2021 
  5. Chile fue oficializado como bicampeón de América
  6. La Tercera (12 de abril de 2012). «Chile goleó a Perú y se quedó con la Copa del Pacífico» (em espanhol). Consultado em 2 de abril de 2018 
  7. La Voz del Norte (22 de dezembro de 2011). «La "Roja" gana en La Serena en su último partido del 2011» (em espanhol). Consultado em 2 de abril de 2018 
  8. Marca (15 de janeiro de 2017). «Chile anula a la correosa Islandia y se lleva la primera China Cup» (em espanhol). Consultado em 2 de abril de 2018 
  9. RSSSF (21 de dezembro de 2009). «International Tournament in Guayaquil 1984» (em inglês). Consultado em 2 de abril de 2018 
  10. RSSSF (26 de junho de 2005). «Copa Centenario de la Batalla Naval de El Callao (Lima) 1966» (em inglês). Consultado em 2 de abril de 2018 
  11. RSSSF (2 de maio de 2007). «Suwon Cup U-20 (South Korea)» (em inglês). Consultado em 2 de abril de 2018 
  12. RSSSF (12 de julho de 2007). «Torneo Cuadrangular U-20 2007 (in Chile)» (em inglês). Consultado em 2 de abril de 2018 
  13. El Mercurio (23 de dezembro de 2012). «Chile Sub 20 se coronó campeón de cuadrangular disputado en Uruguay» (em espanhol). Consultado em 2 de abril de 2018 
  14. El Mercurio (13 de agosto de 2017). «La revancha de Héctor Robles: La nueva "Roja" Sub 20 se corona campeona en torneo en Japón» (em espanhol). Consultado em 2 de abril de 2018 
  15. ANFP (25 de março de 2018). «La Roja Sub 19 se quedó con el Sport For Tomorrow Sub 21 al vencer al vicecampeón del mundo» (em espanhol). Consultado em 2 de abril de 2018 
  16. 24 Horas (3 de setembro de 2017). «La Roja Sub 17 logró título invicto en torneo amistoso en Francia» (em espanhol). Consultado em 3 de abril de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]