Seleção Kosovar de Futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Kosovo
FFKosovës.png
Alcunhas?  Cabriolet-Kabrioleti (Os bastardos do ocidente)
Dardanët
Associação Federata e Futbollit e Kosovës
Confederação UEFA (Europa)
Material desportivo?  14Fourteen
Treinador Bernard Challandes
Capitão Samir Ujkani
Mais participações Samir Ujkani (23)
Melhor artilheiro Arbër Zeneli (6)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

A Seleção Kosovar de Futebol representa o Kosovo em partidas internacionais. A equipe é controlada pela Federação Kosovar de Futebol, atualmente membro da UEFA. Seu técnico é o suíço Bernard Challandes (ex-treinador do FC Zürich e equipes de base de seu país), que assumiu o time em março de 2018.

História[editar | editar código-fonte]

Pré-independência[editar | editar código-fonte]

Era iugoslava[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Seleção Iugoslava de Futebol

A Seleção Iugoslava em competições internacionais incluíam frequentemente jogadores do Kosovo, como Fadil Vokrri e Stevan Stojanović. Três outros jogadores de futebol do Kosovo, Fahrudin Jusufi, Milutin Šoškić e Vladimir Durković, fizeram parte da equipa iugoslava que conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Verão de 1960 e medalha de prata na Taça das Nações Europeias de 1960.

Após a dissolução da Iugoslávia[editar | editar código-fonte]

A primeira equipa nacional não oficial do Kosovo foi formada após a dissolução da Iugoslávia e jogou vários amistosos. Em 14 de fevereiro de 1993, o primeiro foi contra a Albânia e o jogo terminou com uma derrota fora de casa por 3 a 1.[2]

Depois da guerra do Kosovo[editar | editar código-fonte]

Em 7 de setembro de 2002, o Kosovo pela primeira vez após a Guerra do Kosovo e disputou um jogo amistoso contra a Albânia e o jogo terminou com uma derrota mínima de 1 a 0 em casa.[3]

Um dos jogos internacionais mais importantes foi uma vitória por 1 a 0 sobre a Arábia Saudita disputada em 15 de junho de 2007. Foi a primeira vez que o Kosovo jogou contra uma equipe que participou da Copa do Mundo da FIFA e o gol da vitória foi marcado por Kristian Nushi com um pênalti aos 84 minutos.[4] Em 22 de abril de 2006, o Kosovo venceu o Mônaco pela primeira vez e a partida terminou em 7 a 1, e esse recorde continua ininterrupto até os dias de hoje como a maior vitória kosovar.[5]

Depois da independência[editar | editar código-fonte]

Primeira partida[editar | editar código-fonte]

Em 17 de fevereiro de 2010, pela primeira vez desde a declaração da independência, o Kosovo disputou um amistoso contra a Albânia e o jogo terminou com uma derrota em casa por 2 a 3. Este jogo teve um caráter humanitário, porque os lucros reunidos a partir deste encontro vão para aqueles afetados pelas enchentes em Shkodër.[6]

Esforços para internacionalização[editar | editar código-fonte]

Em 6 de maio de 2008, após a declaração de independência da Sérvia, o Kosovo solicitou a adesão à FIFA. Em 24 de outubro de 2008, o pedido de Kosovo foi discutido no Congresso da FIFA em Zurique, quando Kosovo foi rejeitado como membro da FIFA e não pôde jogar amistosos, pois considerou que ele não estava em conformidade com o artigo 10 dos estatutos da FIFA, que diz "estado reconhecido pela comunidade internacional pode ser admitido na FIFA".[7] Em 22 de maio de 2012, a FIFA reviu essa decisão afirmando que o Kosovo poderia jogar contra outros países em amistosos internacionais, de acordo com o Artigo 79 dos Estatutos da FIFA.

Em setembro de 2012, o futebolista albanês, Lorik Cana, juntamente com Granit Xhaka, Valon Behrami e Xherdan Shaqiri, todos eles de origem albanesa do Kosovo, escreveram uma declaração ao presidente da FIFA, Joseph Blatter, pedindo que permitisse que a seleção nacional do Kosovo fosse autorizada para jogar partidas amistosas. A declaração também foi assinada por outros oito futebolistas albaneses, vindos do Kosovo como Ahmed Januzi, Alban Meha, Armend Dallku, Burim Kukeli, Etrit Berisha, Fatmire Bajramaj, Lorik Cana, Mërgim Mavraj e Samir Ujkani.[8] Em maio de 2012, em uma reunião realizada, a FIFA decidiu permitir que amistosos fossem disputados, uma decisão que posteriormente foi revogada após um protesto emitido pela Associação de Futebol da Sérvia. Alguns jogadores, especialmente os sérvios do Kosovo, como Milan Biševac e Miloš Krasić, continuaram a jogar pela Sérvia. Uma nova reunião foi realizada na FIFA, nos dias 27 e 28 de setembro, na qual a questão do Kosovo foi novamente planejada para ser discutida, a qual foi então adiada para dezembro.[9][10]

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

Os seguintes jogadores foram convocados para o amistoso contra Gibraltar Gibraltar e qualificação para o Eurocopa 2020 contra Montenegro Montenegro, nos dias 10 e 14 de outubro

Atualizado até 06 de outubro

Nome Posição Clube
Ujkani Goleiro Itália Torino
Muric Goleiro Inglaterra Nottingham Forest
Bekaj Goleiro Kosovo Prishtina
Rrahmani Defesa Itália Hellas Verona
Vojvoda Defesa Bélgica Standard Liège
Paqarada Defesa Alemanha SV Sandhausen
Aliti Defesa Suécia Kalmar FF
Hadergjonaj Defesa Inglaterra Huddersfield Town
Drešević Defesa Países Baixos Heerenveen
Rashica Médio Alemanha Werder Bremen
Shala Médio Noruega Vålerenga
Celina Médio País de Gales Swansea City
Valon Berisha Médio Itália Lazio
Bernard Berisha Médio Rússia Akhmat Grozny
Kololli Médio Suíça FC Zürich
Zhegrova Médio Suíça FC Basel
Voca Médio Suíça FC Luzern
Rashkaj Médio Suécia AFC Eskilstuna
Muslija Médio Alemanha Hannover 96
Muriqi Avançado Turquia Fenerbahçe
Nuhiu Avançado Inglaterra Sheffield Wednesday
Rashani Avançado Noruega Odd
Kastrati Avançado Croácia Lokomotiva
Bernard Challandes Treinador

Recordes[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c FIFA.com (novembro de 2015). «Ranking Mundial da FIFA/Coca-Cola». Consultado em 11 de novembro de 2015 
  2. «International Matches 1993 - Europe, January-March». www.rsssf.com. Consultado em 6 de junho de 2019 
  3. «International Matches 2002 - Europe, July-December». www.rsssf.com. Consultado em 6 de junho de 2019 
  4. «Futbolli.com -Futboll dhe vetėm Futboll! - Fitore historike kunder Arabise - Nushi “sheiku” i Kosovės». web.archive.org. 30 de novembro de 2007. Consultado em 6 de junho de 2019  C1 control character character in |titulo= at position 84 (ajuda)
  5. «Përfaqësuesja e Kosovës në futboll». www.forumishqiptar.com. Consultado em 6 de junho de 2019 
  6. AlbaniaSoccer. «Miqesore/ Kosove - Shqipëri 2-3». AlbaniaSoccer - Futbolli Shqiptar - Lajme & Statistika nga kombetarja, superliga dhe sporti shqiptar (em albanês). Consultado em 6 de junho de 2019 
  7. «FIFA.com - FIFA's finances solid». web.archive.org. 29 de outubro de 2008. Consultado em 8 de junho de 2019 
  8. «Shaqiri, Xhaka, Cana&Co., deklaratë për Kosovën në FIFA». Gazeta Shqip (em albanês). Consultado em 8 de junho de 2019 
  9. «СПОРТСКИ ЖУРНАЛ». СПОРТСКИ ЖУРНАЛ. Consultado em 8 de junho de 2019 
  10. «СПОРТСКИ ЖУРНАЛ». СПОРТСКИ ЖУРНАЛ. Consultado em 8 de junho de 2019 

.