Seleção Norueguesa Feminina de Handebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Noruega
Handebol Handball pictogram.svg
Bandeira
Informações gerais
Federação Federação Norueguesa de Handebol
Sigla IHF NOR
Confederação EHF
Ranking IHF
Diretor Noruega Grethe Ingels
Técnico Islândia Thorir Hergeirsson
Capitão Stine Bredal Oftedal
Mais participações Karoline Dyhre Breivang (305 partidas)
Artilheiro Kjersti Grini (1003 gols)
Jogos
Estreia internacional Noruega Bandeira da Noruega 2-5 Bandeira da Suécia Suécia
Oslo, 29 de setembro de 1946 [1]
Maior vitória Uruguai Bandeira do Uruguai 11-48 Bandeira da Noruega Noruega
Trento, 5 de dezembro de 2001
Noruega Bandeira da Noruega 47-10 Bandeira da Austrália Austrália
São Petersburgo, 7 de dezembro de 2005 [1]
Maior derrota Dinamarca Bandeira da Dinamarca 19-1 Bandeira da Noruega Noruega
Copenhague, 22 de janeiro de 1957 [1]
Jogos Olímpicos
Participações 7 (Primeira em 1988)
Melhor Gold medal icon.svg Ouro (2008 e 2012)
Última Bronze medal icon.svg Bronze (2016)
Campeonato Mundial
Participações 17 (Primeira em 1971)
Melhor Gold medal icon.svg Ouro (1991, 2011 e 2015)
Última Silver medal icon.svg Prata (2017)
Campeonato Europeu
Participações 12 (Primeira em 1994)
Melhor Gold medal icon.svg Ouro (7 vezes)
Última Gold medal icon.svg Ouro (2016)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

A seleção norueguesa de handebol feminino é uma equipe europeia composta pelas melhores jogadoras de handebol da Noruega. A equipe é mantida pela Federação Norueguesa de Handebol (em norueguês, Norges Håndballforbund). Encontra-se na 4ª posição do ranking mundial da IHF. [2]

Histórico[editar | editar código-fonte]

A Noruega se mantém na elite do handebol feminino mundial desde o Mundial de 1986 no qual a equipe conquistou a medalha de bronze. Depois disso as norueguesas venceram cinco Europeus e dois Mundiais. A seleção norueguesa também participou de quatro finais olímpicas, vencendo em Pequim 2008 [3] e Londres 2012. A equipe é uma das mais bem sucedidas nos Campeonatos Europeus, tendo conquistado cinco ouros, duas pratas e um bronze em apenas nove edições; a única vez na qual a Noruega ficou fora do pódio foi em 2000.

Primeiros anos (1946-1983)[editar | editar código-fonte]

A primeira partida da seleção norueguesa de handebol feminino foi contra a Suécia em 29 de setembro de 1946 [1] e atraiu bastante interesse do público; o jogo terminou em 2-5 a favor das suecas. [4] Durante os anos 50 e 60 o handebol feminino norueguês não estava em alta no país. A seleção participou regularmente dos campeonatos escandinavos e se qualificou para os Campeonatos Mundiais em 1971, 1973, 1975 e 1982, terminando sempre na sétima ou oitava colocação.

Período Jacobsen (1984-1993)[editar | editar código-fonte]

Sven-Tore Jacobsen treinou a seleção durante dez anos, de 1984 a 1993. [5] A equipe se qualificou para o Mundial de 1986, quando foi a sensação do campeonato e levou a medalha de bronze, além de alcançar a prata olímpica em 1988 [6] e 1992. [7] A cobertura da imprensa e a popularidade do handebol feminino na Noruega cresceram significativamente dirante este período.

Período Breivik (1994-2009)[editar | editar código-fonte]

A ex-jogadora Marit Breivik treinou a equipe durante quinze anos, de 1994 a 2009. Ela conduziu o time a seis medalhas de ouro em competições internacionais. Seus feitos incluem as conquistas do Campeonato Mundial de 1999, quatro Europeus entre 1998 e 2008 e a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 2008. Suas táticas usuais incluíam uma forte defesa 6-0 e rápidos contra-ataques.

Jogos Olímpicos de 2008[editar | editar código-fonte]

Karoline Dyhre Breivang durante partida contra a Romênia em 17 de agosto de 2008.

Depois da derrota para a Rússia no Mundial de 2007 a Noruega tinha dois desafios importantes em 2008: os Jogos Olímpicos em agostos e o Campeonato Europeu em dezembro.

A Noruega se classificou para os Jogos Olímpicos de 2008 ao vencer o Campeonato Europeu de 2006. [8] A preparação para Pequim começou meses antes da competição se iniciar, mas a equipe final não foi decidida até as últimas semanas. Muitas jogadoras que treinaram com o time até este ponto foram deixadas de fora ou mantidas como reservas, mais notavelmente Isabel Blanco e Terese Pedersen. Não havia estreantes no grupo selecionado por Breivik, mas a veterana Tonje Larsen voltou à equipe depois de cinco anos fora. Gro Hammerseng manteve-se em seu usual posto de capitã, com Else-Marthe Sørlie Lybekk e Gøril Snorroeggen completando o "time das capitãs" como vice-capitãs.

A competição começou para o selecionado norueguês em 9 de agosto contra as anfitriãs da China. [9] Após derrotar as chinesas por 30-26, vitórias confortáveis sobre Angola (31-17), Cazaquistão (35-19) e França (34-24). A partida mais apertada da primeira fase foi na última rodada, contra a Romênia (24-23). [10] Durante o decorrer desta partida Katja Nyberg sofreu uma lesão no joelho que não a permitiu participar do jogo contra a Suécia pelas quartas-de-final. [11] A Noruega bateu o time sueco por 31-24, avançando confortavelmente para as semifinais. [12][13]

A partida semifinal foi jogada em 21 de agosto. [14] A Coreia do Sul veio cotada como a oponente mais forte do torneio. [15] Depois de 58 de jogo a Noruega vencia por 28-25. Em menos de dois minutos as coreanas marcaram três gols seguidos, deixando o placar empatado em 28-28 com apenas dois segundos restando. Katrine Lunde Haraldsen rapidamente iniciou o último ataque do jogo com um passe para Karoline Dyhre Breivang, que já estava no meio da quadra. Breivang passou a bola para Hammerseng que marcou o gol na marca de 60 minutos. O gol foi validado pelos árbitros mas as norueguesas refutaram comemorar até a decisão da IHF finalmente confirmar a decisão.

A grande final foi disputada em 23 de agosto. [16] Tratava-se de um reencontro entre Noruega e Rússia após a final do Mundial de 2007. As norueguesas garantiram a vitória rapidamente; já venciam por dez gols de diferença com apenas 14 minutos jogados e a equipe de Trefilov não conseguiu diminuir a margem para menos de cinco gols de diferença. [17] A partida terminou em 34-27 para a Noruega. Linn-Kristin Riegelhuth foi a artilheira com nove gols em dez chutes. [18]

O selecionado norueguês recebeu sua primeira medalha de ouro olímpica após a partida final. Duas jogadoras norueguesas foram selecionadas para o Time das Estrelas: Katrine Lunde Haraldsen como goleira e Else-Marthe Soerlie-Lybekk como pivô. [19] Lunde Haraldsen também foi a melhor goleira da competição com 42% de aproveitamento enquanto Kari Aalvik Grimsbø foi a primeira (junto com a sul-coreana Oh Yongran) nas cobranças de sete metros com 40% de eficiência. [20] Lybekk terminou o torneio como a artilheira da Noruega com 31 gols e 72% de aproveitamento, dois pontos percentuais a frente de Riegelhuth, que marcou o mesmo número de gols. [21]

Campeonato Europeu de 2008[editar | editar código-fonte]

Depois dos Jogos Olímpicos, Breivik encontrou novos problemas devido ao fato que muitas jogadoras importantes não estavam disponíveis para o Campeonato Europeu de 2008: Lybekk deixou a seleção, Snorroeggen se recuperava de uma lesão no ombro e Hammerseng e Nyberg decidiram descansar e se concentrar em seus clubes. [22]

Então uma nova equipe foi formada. Três atletas fizeram sua estreia: Heidi Løke (pivô) e Tine Rustad Kristiansen (central) do Larvik HK e Camilla Herrem (ponta esquerda) do Byåsen HE. Com as três do "time de capitãs" fora, Kristine Lunde assumiu o posto de capitã com Marit Malm Frajford e Karoline Dyhre Breivang como vice-capitãs. [23]

A Noruega era uma favorita natural a conquistar o título europeu,[24] e esta posição foi reassumida ao vencer tanto a Copa do Mundo 2008 quanto a Møbelringen Cup de 2008 invicta. [25][26] A aparente invencibilidade ajudou a causar uma grande surpresa quando as norueguesas não conseguiram vencer na primeira partida do torneio em 3 de dezembro. [27] As nórdicas apenas empataram em 21-21 contra a Espanha,[28] o mesmo time que as deixaram fora dos Jogos Olímpicos de Atenas em 2003. [29] Apesar disso, a Noruega avançou à segunda fase sem derrotas.

A semifinal foi disputada em 13 de dezembro contra a Rússia. Foi uma vitória fácil para a Noruega e a goleira Haraldsen marcou um gol. [30] Em 14 de dezembro contra a Espanha na partida final: depois de um primeiro tempo apertado o placar era de 13-12 em favor das norueguesas. Durante o segundo tempo a Noruega ampliou sua vantagem até um placar final de 34-21. [31]

A Euro 2008 foi o terceiro título europeu consecutivo da seleção norueguesa e o quarto em toda a história. Linn-Kristin Riegelhuth foi a artilheira do torneio com 51 gols marcados e quatro jogadoras norueguesas foram incluídas no Time das Estrelas: Riegelhuth como ponta esquerda, Haraldsen como goleira, Tonje Larsen como armadora esquerda e Lunde como central. Lunde também foi eleita MVP. [32]

Anos recentes[editar | editar código-fonte]

Em 2009, Thorir Hergeirsson assumiu o cargo de técnico e sua primeira temporada com a Noruega resultou na medalha de bronze no Campeonato Mundial de 2009. Um ano depois a equipe venceu seu quinto título Europeu e seu segundo Mundial. Em agosto de 2012 a seleção norueguesa defendeu seu ouro olímpico ao vencer Montenegro por 26-23 na final dos Jogos Olímpicos de Londres. [33]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

Convocadas para integrar a seleção norueguesa de handebol feminino nos Jogos Olímpicos de 2012: [34]

# Posição Nome Apelido Nascimento Altura (cm) Peso (kg) Nacionalidade Clube
1 G Kari Aalvik Grimsbø Grimsbø 04 de janeiro de 1985 180 xx  Noruega Dinamarca Team Esbjerg
5 AE Ida Alstad Alstad 13 de junho de 1985 172 xx  Noruega Noruega Byåsen HE
6 P Heidi Løke Løke 12 de dezembro de 1982 177 xx  Noruega Hungria Győri ETO KC
7 AD Tonje Nøstvold Nøstvold 07 de maio de 1985 178 xx  Noruega Noruega Byåsen HE
8 C Karoline Dyhre Breivang Breivang 10 de maio de 1980 172 xx  Noruega Noruega Larvik HK
9 AE Kristine Lunde-Borgersen Lunde-Borgersen 30 de março de 1980 183 xx  Noruega Noruega IK Våg
11 PE Kari Mette Johansen Johansen 11 de janeiro de 1979 172 xx  Noruega Noruega Larvik HK
13 P Marit Malm Frafjord Frafjord 25 de novembro de 1985 182 xx  Noruega Dinamarca Viborg HK
15 AD Linn Jørum Sulland Sulland 15 de julho de 1984 178 xx  Noruega Noruega Larvik HK
16 G Katrine Lunde Haraldsen Haraldsen 30 de março de 1980 181 xx  Noruega Hungria Győri ETO KC
18 PD Linn-Kristin Riegelhuth Koren Riegelhuth 01 de agosto de 1984 175 xx  Noruega Noruega Larvik HK
21 C Gøril Snorroeggen Snorroeggen 15 de fevereiro de 1985 177 xx  Noruega Dinamarca Team Esbjerg
22 PD Amanda Kurtović Kurtović 25 de julho de 1991 179 xx  Suécia Dinamarca Viborg HK
23 PE Camilla Herrem Herrem 08 de outubro de 1986 166 xx  Noruega Noruega Byåsen HE

Referências

  1. a b c d Norges Håndballforbund. «handball.no : Statistikk, Landskamper» (em norueguês)  Parâmetro desconhecido |acessoano= ignorado (|acessodata=) sugerido (ajuda); Parâmetro desconhecido |acessomesdia= ignorado (|acessodata=) sugerido (ajuda)
  2. IHF. «International Handball Federation - Ranking Table» (em inglês)  Parâmetro desconhecido |acessoano= ignorado (|acessodata=) sugerido (ajuda); Parâmetro desconhecido |acessomesdia= ignorado (|acessodata=) sugerido (ajuda)
  3. sports-reference.com. «Handball at the 2008 Beijing Summer Games: Women's Handball» (em inglês). Consultado em 9 de janeiro de 2009 
  4. Bernhus, Ola (1988). Håndballjentene (em norueguês). [S.l.]: Scanbok Forlag. p. 154. ISBN 82-90554-12-5 
  5. Kunnskapsforlaget, Rolf. «Sven Tore Jacobsen». In: Henriksen, Petter. Store norske leksikon (em norueguês). Oslo. Consultado em 27 de junho de 2010  |last= e |author= redundantes (ajuda)
  6. sports-reference.com. «Handball at the 1988 Seoul Summer Games: Women's Handball» (em inglês). Consultado em 9 de janeiro de 2009 
  7. sports-reference.com. «Handball at the 1992 Barcelona Summer Games: Women's Handball» (em inglês). Consultado em 9 de janeiro de 2009 
  8. Beijing 2008 (28 de abril de 2008). «Olympic handball qualification system» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 4 de fevereiro de 2009 
  9. Beijing 2008. «Result Summary» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 5 de janeiro de 2009 
  10. Beijing 2008 (18 de agosto de 2008). «Handball Day 11 Preview» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 7 de setembro de 2008 
  11. Beijing 2008 (20 de agosto de 2008). «Handball Day 13 Preview» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 4 de fevereiro de 2009 
  12. Beijing 2008. «Women's Quarterfinal – Match 31 / NOR vs SWE» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 24 de agosto de 2008 
  13. Beijing 2008 (19 de agosto de 2008). «Norway into semifinals after easing past Sweden» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 11 de setembro de 2008 
  14. Beijing 2008. «Women's Semifinal – Match 37» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 7 de setembro de 2008 
  15. Beijing 2008 (21 de agosto de 2008). «Norway ready for final after scare from ROK» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 4 de fevereiro de 2009 
  16. Beijing 2008. «Women's Gold Medal Match – Match 42 / NOR vs RUS» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 26 de agosto de 2008 
  17. Beijing 2008 (23 de agosto de 2008). «Norueguês women outclass Russia for Handball gold» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 3 de fevereiro de 2009 
  18. Beijing 2008 (23 de agosto de 2008). «Handball Day 15 Review: Gold glistens for Norway in Women's Handball» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 29 de janeiro de 2009 
  19. IHF (23 de agosto de 2008). «2008 Olympic All-Star Team» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2009 
  20. Beijing 2008. «Goalkeeper Statistics Women» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 19 de agosto de 2008 
  21. Beijing 2008. «Individual Statistics – Goalscorers» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 12 de agosto de 2008 
  22. «Hammerseng og Nyberg står over EM». VG.no (em norueguês). 15 de outubro de 2008. Consultado em 26 de janeiro de 2009 
  23. Hole, Arne (13 October 2008). «Blir ny norsk kaptein» (em norueguês). Aftenposten. Consultado em 1 de fevereiro de 2009. Arquivado do original em 16 de outubro de 2008  Verifique data em: |data= (ajuda)
  24. EHF, Stig (2 December 2008). «Norwegian stars missing» (em inglês). Consultado em 22 de setembro de 2009  |last= e |autor= redundantes (ajuda); Verifique data em: |data= (ajuda)[ligação inativa]
  25. FNH. «Møbelringen Cup Landslag kvinner senior 01, sesongen 0809» (em norueguês). Consultado em 22 de fevereiro de 2009 
  26. FDH (19 de outubro de 2008). «GF Wold Cup '08 – Results» (em inglês). Consultado em 22 de fevereiro de 2009. Arquivado do original em 23 de outubro de 2008 
  27. EHF, Stig (3 de dezembro de 2008). «Spain shock Norway» (em inglês). Consultado em 22 de fevereiro de 2009  |last= e |autor= redundantes (ajuda)[ligação inativa]
  28. EHF. «Match Report – Norway vs Spain» (em inglês). Consultado em 22 de fevereiro de 2009. Arquivado do original em 18 de dezembro de 2008 
  29. EHF, Stig (3 de dezembro de 2008). «Title defence begins» (em inglês). Consultado em 22 de fevereiro de 2009. Arquivado do original em 6 de dezembro de 2008  |last= e |autor= redundantes (ajuda)
  30. EHF, Bjoern (13 de dezembro de 2008). «Business as usual» (em inglês). Consultado em 22 de fevereiro de 2009  |last= e |autor= redundantes (ajuda)[ligação inativa]
  31. EHF (14 de dezembro de 2008). «EURO goes to Norway» (em inglês). Consultado em 22 de fevereiro de 2009. Arquivado do original em 17 de fevereiro de 2009 
  32. EHF (14 de dezembro de 2008). «EURO 2008 All-Star Team» (em inglês). Consultado em 22 de setembro de 2009 
  33. «Norway Becomes Olympic Champion 2012» (em inglês). Borjan Zafirovski. Consultado em 12 de agosto de 2012 
  34. London2012.com. «Women's Handball - Olympic Handball - London 2012 - Team Rosters - Norway» (em inglês)  Parâmetro desconhecido |acessoano= ignorado (|acessodata=) sugerido (ajuda); Parâmetro desconhecido |acessomesdia= ignorado (|acessodata=) sugerido (ajuda)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]