Seleção Russa de Futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rússia
Coat of Arms of the Russian Federation 2.svg
Alcunhas?  Сборная (Sbornaya, A Seleção Nacional)
Os Soviéticos
Associação Росси́йский футбо́льный сою́з
Российский футбольный союз
Confederação UEFA (Europa)
Material desportivo?  Alemanha Adidas
Treinador Rússia Stanislav Cherchesov
Capitão Igor Akinfeev
Mais participações Sergei Ignashevich (118)
Melhor artilheiro Aleksandr Kerzhakov (30)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

A Seleção Russa de Futebol (em russo: национа́льная сбо́рная Росси́и по футбо́лу, natsionálnaya sbórnaya Rossii po futbólu) representa a Rússia nas competições de futebol da FIFA.

Surgiu após a dissolução da Seleção da CEI, criada apenas para disputar a Eurocopa de 1992, para a qual a seleção da URSS, extinta juntamente com o país no ano anterior, já estava classificada. Desde o colapso do comunismo, os russos não conseguem obter os mesmos resultados da antiga URSS no futebol: foram eliminados na primeira fase nas três Copas que disputaram em (1994, 2002 e 2014) e não se classificaram para nenhuma Olimpíada.

Foi eliminada na primeira fase em três das 4 Eurocopas disputadas como país independente (1996, 2004 e 2012), mas se classificou como quarto colocado em 2008, sendo derrotada apenas nas semifinais pela Espanha, que se sagraria campeã.

Sob o comando do técnico neerlandês Guus Hiddink, criou-se um otimismo entre a torcida russa, especialmente depois da classificação dramática para a Eurocopa de 2008.

Na Universíada, obtiveram uma medalha de bronze em 1995. A Rússia sediará a Copa do Mundo de 2018.

Desempenhos em Competições[editar | editar código-fonte]

Copas do Mundo[editar | editar código-fonte]

Ano Fase Posição J V E D GP GC
1930-1990 Como Flag of the Soviet Union.svg União Soviética
Estados Unidos 1994 1ª fase 22 3 1 0 2 4 4
Alemanha 2006 Não se classificou
África do Sul 2010
Brasil 2014 1ª fase 24 3 0 1 2 3 2
Rússia 2018 Quartas de final 8 5 2 2 1 11 7
Catar 2022 A definir
CanadáEstados UnidosMéxico 2026
Total 3/5 nenhum título 9 2 1 6 14 12

Copa do Mundo 1994[editar | editar código-fonte]

Na Copa de 1994, o primeiro torneio oficial disputado como Rússia, figuraram nada menos que 9 jogadores estrangeiros no time: os ucranianos Yuri Nikiforov, Vladyslav Ternavs'kyi, Illya Tsymbalar, Viktor Onopko e Serhiy Yuran; o bielorrusso Syarhey Harlukovich (o único, ao lado do russo Alexander Borodyuk, a ter disputado Copas pela URSS e pela Rússia); Andrey Pyatnitskiy (nascido no Uzbequistão); o georgiano Omar Tetradze; e Valeriy Karpin (nascido na Estônia). Além deles, figurantes de minorias étnicas na Rússia, como Oleg Salenko (russo de origem ucraniana) e Stanislav Cherchesty (osseta), na competição a Seleção Russa caiu no grupo B, ao lado de Brasil, Suécia e Camarões, sendo eliminada na primeira fase, porém como consolo teve Oleg Salenko como artilheiro do torneio ao lado de Hristo Stoichkov ambos com 6 gols.

Copa do Mundo 2002[editar | editar código-fonte]

Na edição de 2002, a história se repetiu: Nikiforov e Onopko tiveram a companhia de outro compatriota, Serhiy Semak; Karpin e Cherchesty foram novamente convocados; e outra minoria étnica, os tártaros, foram representados por Ruslan Niğmätullin e Marat İzmailev e mais uma vez a seleção é eliminada na primeira fase, começando com uma vitória sobre a Tunísia, porém sendo derrotada pelo Japão e Bélgica.

Eliminatórias Copa 2006 e 2010[editar | editar código-fonte]

Nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2006 a Rússia, esteve presente no Grupo 3 sendo considerada uma das favoritas da chave ao lado de Portugal, porém acabou ficando em terceiro, perdendo a vaga para a Eslováquia e Portugal, além de sofrer uma humilhante goleada de 7x1 pelos Lusos. Depois do sucesso na Eurocopa de 2008 a Seleção Russa esteve prestes a conseguir a vaga para a Copa do Mundo FIFA de 2010, mas a regra do gol fora de casa colocou fim às chances russas contra a Eslovênia: derrota por 1 a 0 em Maribor e vitória por 2 a 1 em Moscou (por ter marcado dois gols fora, enquanto a Rússia não marcou nenhum em Maribor, a Eslovênia garantiu a vaga). Em junho de 2010, Hiddink é substituído por seu compatriota Dick Advocaat.

Eliminatórias 2014 e retorno a copa[editar | editar código-fonte]

Com a chegada de Fabio Capello no comando da equipe, diversos grande jogadores como Andrey Arshavin, Roman Pavlyuchenko e Pavel Pogrebnyak não foram mais relacionados, dando lugar a novos nomes como Viktor Fayzulin, Aleksandr Samedov e Aleksandr Kokorin, que foram fundamentais para a classificação da Rússia, em primeiro lugar no Grupo a frente de Portugal, tendo como principal característica o entrosamento entre seus jogadores, que poderá ser fundamental para a campanha durante a Copa do Mundo 2014

Copa do Mundo 2014[editar | editar código-fonte]

Na Copa do Mundo 2014 a Seleção Russa mesmo embalada após uma ótima campanha nas eliminatórias, foi eliminada na primeira fase, empatando com Coreia do Sul 1x1, Argélia 1x1 e perdendo para Bélgica por 1x0. O único destaque Russo foi o goleiro Igor Akinfeev que sofreu um chamado frango na partida contra a Coreia do Sul e virou alvo de piadas nas redes sociais.


Copa do Mundo 2018[editar | editar código-fonte]

Desta vez como Anfitriã a Rússia não precisou passar pela eliminatória, e se classificou direto como país-sede, sendo cabeça de chave do Grupo A, com Uruguai, Arábia Saudita e o badalado Egito de Mohamed Salah. A Rússia venceu o primeiro jogo contra Arábia Saudita por 5x0 e o segundo jogo contra o Egito por 3x1. Perdeu o último jogo da fase de grupos por 3x0 para o Uruguai, mas mesmo assim conseguiu a classificação histórica para as Oitavas de Final, onde passou pela favorita Espanha nos pênaltis por 4x3, onde o goleiro Igor Akinfeev virou herói após defender 2 pênaltis decisivos. A Rússia só iria ser parada pela respectiva vice-campeã Croácia em um jogo afoito e muito disputado que terminou 2x2 no tempo normal, mas que foi vencido pela Croácia nos pênaltis por 4x3. O Lateral Mário Fernandes que fez o gol de empate russo na prorrogação, errou um pênalti que foi vital para a eliminação Russa.

Eurocopas[editar | editar código-fonte]

Anos Rodada Posição J V D E GS GM
Inglaterra 1996 1ª Fase - 3 0 1 2 4 8
Portugal 2004 1ª Fase - 3 1 0 2 2 4
ÁustriaSuíça 2008 Semifinais 3 5 3 0 2 7 8
PolóniaUcrânia 2012 1ª Fase - 3 1 1 1 5 5
França 2016 1ª Fase - 3 0 1 2 2 6
Total 17 5 3 9 20 29

Eurocopa de 1996[editar | editar código-fonte]

Depois de fracassar dois anos antes na copa, os russos conseguiram se classificar para a sua primeira Eurocopa como país independente, caindo no grupo c ao lado de Itália, Alemanha e República Tcheca, sendo eliminados na primeira fase pela República Tcheca.

Eurocopa de 2004[editar | editar código-fonte]

Não conseguindo classificar-se para a euro de 2000, os russos voltam na edição de 2004, com uma mescla de novos e velhos jogadores, como Viktor Onopko e Evgeni Aldonin, e mais uma vez foram eliminados na fase de grupos, conseguindo somente uma vitória sobre a Grécia na última rodada.

Eurocopa de 2008[editar | editar código-fonte]

Depois de uma dramática campanha nas eliminatórias sob o comando do renomado treinador Guus Hiddink os russos demonstraram volta à boa fase, sendo a grande surpresa do torneio, derrotando a Grécia campeã de 2004 e a Suécia, ambas na primeira fase, além da favorita Holanda por 3x1 nas quartas, porém assim como na estreia foram derrotados nas semifinais pela Espanha, futura campeã. revelando tardiamente à Europa bons jogadores da atual safra, como o goleiro Igor Akinfeyev, os meias Dmitri Torbinskiy, Yuri Zhirkov e Konstantin Zyryanov e os atacantes Roman Pavlyuchenko e Andrei Arshavin, maestro da equipe.

Eurocopa de 2012[editar | editar código-fonte]

Sob o comando de outro Holandês Dick Advocaat e com um elenco experiente, aplicaram uma goleada de 4 x 1 contra a República Tcheca, mesmo com grande favoritismo em seu grupo, a seleção russa caiu diante da Grécia, motivo de grande decepção para os torcedores, mesmo tendo o jovem Alan Dzagoev como um dos artilheiros do torneiro.

Eurocopa de 2016[editar | editar código-fonte]

Sob o comando de Leonid Slutsky, a seleção russa foi eliminada da fase de grupos, após empatar com a Inglaterra por 1x1, perder para a Eslováquia por 2x1 e perder para o País de Gales por 3x0.

Russian Football Union.png

Títulos[editar | editar código-fonte]

 Como Seleção Soviética de Futebol (até 1991)[editar | editar código-fonte]

 Títulos de base[editar | editar código-fonte]

 Seleção Sub-17[editar | editar código-fonte]

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Campanhas e Qualificações[editar | editar código-fonte]

Copa do Mundo Eurocopa
1994 - Terminados em 2. Qualificações do grupo, qualificado para o mundial de 1994 1996 - Terminados em 1. Qualificadas grupo, qualificados para Euro 1996
1998 - 2º Terminados no grupo de qualificação, perdeu para a Itália nos play offs. 2000 - Terminados em 3º no grupo de qualificação.
2002 - Terminados em 1. Qualificações do grupo, qualificados para mundial de 2002 2004 - Terminados em 2. Qualificações do grupo, qualificado para Euro 2004
2006 - Terminados em Qualificação no grupo 3. 2008 - Terminados em 2. Qualificadas grupo, qualificados para Euro 2008
2010 - 2º Terminados no grupo de qualificação, perdeu para a Eslovénia nos play offs. 2012 - Qualificadas grupo, qualificados para Euro 2012
2014 - Terminados em 1 da Qualificação no grupo, qualificados para mundial de 2014 2016 - Terminados em 2. Qualificadas grupo, qualificados para Euro 2016
2018 - Qualificados automaticamente por ser o país-sede' 2020 - por definir

Recordes individuais[editar | editar código-fonte]

Mais partidas[editar | editar código-fonte]

Sergei Ignashevich é o jogador que mais atuou com a camisa da Seleção Russa de Futebol.

Os onze futebolistas que mais vezes atuaram com a camisa da Seleção Russa de Futebol.[2]

Nome Período Jogos
Sergei Ignashevich 2002–presente 119
Viktor Onopko 1992–2004 109
Igor Akinfeev 2004–2018 111
Vasiliy Berezutskiy 2003–2018 102
Aleksandr Kerjakov 2002–2017 91
Yuri Zhirkov 2005–presente 80
Aleksandr Anyukov 2004–2013 77
Andrei Arshavin 2002–2012 75
Valeriy Karpin 1992–2003 72
10º Vladimir Beschastnykh 1992–2003 71
  • Estão marcados em negrito os futebolistas que ainda estão em atividade.

Maiores artilheiros[editar | editar código-fonte]

Aleksandr Kerjakov é o maior artilheiro da Seleção Russa de Futebol.

Os onze maiores artilheiros da Seleção Russa de Futebol.[3]

Nome Gols
Aleksandr Kerjakov 30
Vladimir Beschastnykh 26
Roman Pavlyuchenko 21
04º Valeriy Karpin 17
Andrei Arshavin 17
Dmitriy Sychov 15
Roman Shirokov 13
Igor Kolyvanov 12
Aleksandr Kokorin 12
Fyodor Smolov 11
10º Sergey Kiryakov 10
Aleksandr Mostovoy 10
11º Igor Simutenkov 09
Dmitriy Radchenko 09
Alan Dzagoyev 09
12º Artem Dzyuba 08
  • Estão marcados em negrito os futebolistas que ainda estão em atividade.
  • Existem posições com mais de um futebolista por questão de empate no número de gols marcados.

Maiores treinadores da Russia.[editar | editar código-fonte]

Oleg Romantsev é o treinador com maior número de partidas a frente da Seleção Russa de Futebol.

Os onze treinadores com maior número de partidas a frente da Seleção Russa de Futebol.

Nome Período Nº Partidas Vitórias Empates Derrotas
01º Oleg Romantsev 1994–1996, 1998–2002 60 36 14 10
02º Guus Hiddink 2006–2010 39 22 07 10
03º Fabio Capello 2012-2014 33 17 11 05
04º Stanislav Cherchesov 2016- 29 11 08 10
05º Dick Advocaat 2010-2012 24 12 08 04
06º Pavel Sadyrin 1992-1994 23 12 06 05
08º Boris Ignatyev 1996-1998 20 08 08 04
09º Georgiy Yartsev 2003-2005 19 08 06 05
10º Valery Gazzaev 2002-2003 09 04 02 03
11º Leonid Slutsky 2015-2016 08 06 00 02
  • Está marcado em negrito o treinador em atividade.

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

Os seguintes jogadores foram convocados para os jogos Liga das Nações da UEFA, frente à Suécia Suécia, em 11 de outubro de 2018, e contra a Turquia Turquia, em 14 de outubro de 2018.

Atualizado até 09 de Outubro de 2018
Nome Posição Clube
Lunyov Goleiro Rússia Zenit
Guilherme Goleiro Rússia Lokomotiv
Shunin Goleiro Rússia Dínamo Moscou
Kudryashov Defesa Rússia Rubin Kazan
Smolnikov Defesa Rússia Zenit
Mário Fernandes Defesa Rússia CSKA Moscou
Dzhikiya Defesa Rússia Spartak Moscou
Neustädter Defesa Turquia Fenerbahçe
Semyonov Defesa Rússia Akhmat Grozny
Sorokin Defesa Rússia Rubin Kazan
Dzagoev Médio Rússia CSKA Moscou
Golovin Médio França Monaco
Yerokhin Médio Rússia Zenit
Miranchuk Médio Rússia Lokomotiv
Zobnin Médio Rússia Spartak Moscou
Cheryshev Médio Espanha Valencia
Ionov Médio Rússia FC Rostov
Kuzyayev Médio Rússia Zenit
Gazinsky Médio Rússia FC Krasnodar
Kambolov Médio Rússia Rubin Kazan
Dzyuba Avançado Rússia Zenit
Poloz Avançado Rússia Rubin Kazan
Zabolotny Avançado Rússia Zenit
Stanislav Cherchesov Treinador

Uniformes[editar | editar código-fonte]

Uniformes atuais[editar | editar código-fonte]

  • 1º - Camisa vermelha, calção branco e meias em branco, azul e vermelho.
  • 2º - Camisa branca, calção azul e meias vermelhas.
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Alternativo

Uniformes dos goleiros[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
'
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
'

Uniformes anteriores[editar | editar código-fonte]

  • 2017
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo
  • 2016
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo
  • 2014
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo
  • 2012
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo
  • 2011
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo
  • 2010
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo
  • 2009
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo
  • 2008 (Adidas)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo
  • 2008 (Nike)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo
  • 2006
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo
  • 2004
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo
  • 2002
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo
  • 1998
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo

Uniforme histórico[editar | editar código-fonte]

  • 1952-1991 (URSS)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo

Referências