Seleção Gibraltina de Futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gibraltar
GibraltarFA.png
Alcunhas?  The Giblets, Team 54
Associação Gibraltar Football Association
Confederação UEFA
Material desportivo?  Itália Legea
Treinador Uruguai Julio Ribas
Capitão Roy Chipolina
Mais participações Liam Walker (32)
Melhor artilheiro Lee Casciaro, Jake Gosling e Liam Walker (2)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

A Seleção Gibraltina de Futebol representa Gibraltar nas competições de futebol. Existe desde 1923, mas realizou sua primeira partida apenas sessenta anos depois.

O seu maior êxito no futebol resume-se aos Jogos das Ilhas, que venceu em 2007.

Após filiar-se à UEFA em maio de 2013, fez sua primeira partida no dia 19 de novembro do mesmo ano.

Tornou-se membro da FIFA em 13 de maio de 2016, tendo sido integrada no apuramento para a Copa do Mundo FIFA de 2018. Em 25 de março de 2018,venceu a seleção da Letônia por 1 a 0.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1993, fez sua primeira partida oficial, contra a Seleção de Jersey, perdendo por 2 a 1. A maior vitória dos Giblets veio dez anos depois: um 19 a 0 frente à Seleção de Sark. Já a maior derrota de Gibraltar ocorreu em 31 de agosto de 2017 para a Bélgica por 9 a 0, nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

Busca por aceitação[editar | editar código-fonte]

Após rejeições por parte da Espanha e de setores da FIFA e da UEFA em relação à filiação de Gibraltar, a Corte Arbitral do Esporte exigiu, em 2006, a entrada do território aos dois órgãos. Em 8 de dezembro, a UEFA aceitou a inclusão de Gibraltar como membro provisório, mas a medida foi rejeitada por 48 votos contra e apenas três a favor, uma vez que a Associação de Futebol de Gibraltar não reunia os requisitos estatutários, com o pedido de filiação negado, Gibraltar se contentou apenas a disputar amistosos.

Em 2006, Gibraltar foi convidado para a disputa da FIFI Wild Cup, torneio disputado por seleções não reconhecidas pela FIFA, ficando na terceira colocação.

A selecção nacional de Gibraltar alinhando em sua primeira partida oficial em 2013

Depois de ter sua filiação negada em 2006, a UEFA admitiu Gibraltar como membro provisório do órgão máximo do futebol europeu em outubro de 2012, com planos de o território pleitear sua entrada como integrante pleno já em 2013.[2] Mesmo assim, o governo espanhol declarou que continuará se opondo às tentativas de independência do território. Em maio de 2013, Gibraltar foi aceito como membro pleno da UEFA. Sete meses depois em 19 de novembro de 2013,realizou a sua primeira partida oficial contra a seleção da Eslováquia, o jogo foi realizado no Estádio do Algarve em Portugal, e terminou 0 x 0.[3] Desde então, todos os seus jogos oficiais são realizados no Estádio.[4]Em 24 de fevereiro de 2014, Gibraltar foi sorteado no Grupo D para as qualificatórias do Campeonato Europeu de Futebol de 2016, ao lado da Alemanha, Polônia, Georgia, Eire e Escócia. Inicialmente, Gibraltar caiu no mesmo grupo da Espanha para esse torneio. Anteriormente, existia uma regra no regulamento do sorteio em que Gibraltar e a Espanha não poderiam cair no mesmo grupo devido a questões geopolíticas e Gibraltar foi transferido para outro grupo. Esta foi a primeira vez que participou de uma competição oficial europeia.[5] Em junho de 2014, Gibraltar conquistou a sua primeira vitória em um torneio sob a chancela da UEFA, ao ganhar de 1 a 0 de Malta,com um gol de Kyle Casciaro.[6]

Eliminatórias para a Euro-2016[editar | editar código-fonte]

Com a aprovação da sua entrada na UEFA, Gibraltar estreou em torneios oficiais na Qualificações para Eurocopa de 2016. A primeira partida oficial de Gibraltar foi contra a Polônia. Esta partida terminou em 7 a 0 para os poloneses.[7]

Primeira vitória oficial pela FIFA[editar | editar código-fonte]

O dia 28 de março de 2018 ficará para sempre registrado nas memórias gibraltinas, pois foi o dia histórico em que a seleção conseguiu a sua primeira vitória desde que pertence à FIFA. Com gol de Liam Walker, no minuto 88 (43' do 2º tempo), a seleção venceu a Letônia.[8]

Desde que a seleção de Gibraltar entrou na FIFA, ainda não tinha conseguido qualquer vitória, até o jogo contra a Letônia.[8] Com pequenas conquistas, como o primeiro gol no jogo que deu a vitória por 6 a 1 para a Escócia, e o primeiro empate na partida 0 a 0 contra a fraca seleção de Liechtenstein.

A primeira vitória em jogos oficiais[editar | editar código-fonte]

Em 13 de outubro de 2018, Gibraltar conquistou sua primeira vitória em partidas oficiais após derrotar a Armênia por 1 a 0, pela terceira rodada da Liga das Nações da UEFA D[9]. O gol foi do lateral Joseph Chipolina, aos quatro minutos da segunda etapa.

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

Camisa Nome Posição Clube
13 Matt Cafer Goleiro Gibraltar Gibraltar Phoenix
23 Dayle Coleing Goleiro Gibraltar Europa FC
2 Jean-Carlos Garcia Defesa Gibraltar Lincoln Red Imps
4 Jack Sergeant Defesa Inglaterra West Didsbury & Chorlton
5 Ethan Jolley Defesa Gibraltar Europa FC
6 Louie Annesley Defesa Gibraltar Lincoln Red Imps
12 Jayce Olivero Defesa Inglaterra Abingdon United
14 Roy Chipolina (capitão) Defesa Gibraltar Lincoln Red Imps
15 Erin Barnett Defesa Gibraltar Gibraltar United
16 Aymen Mouelhi Defesa Gibraltar Gibraltar United
20 Ethan Britto Defesa Gibraltar Mons Calpe
3 Scott Ballantine Médio Gibraltar Gibraltar Phoenix
8 Anthony Bardon Médio Gibraltar Lincoln Red Imps
10 Liam Walker Médio Gibraltar Europa FC
11 Alain Pons Médio Gibraltar Lincoln Red Imps
17 Andrew Hernandez Médio Gibraltar Lincoln Red Imps
18 Anthony Hernandez Médio Gibraltar Lincoln Red Imps
7 Lee Casciaro Avançado Gibraltar Lincoln Red Imps
9 Reece Styche Avançado Inglaterra Alfreton Town
19 Tjay De Barr Avançado Gibraltar Europa FC
21 Jamie Coombes Avançado Inglaterra West Didsbury & Chorlton
22 Adam Priestley Avançado Inglaterra Ossett United

Desempenho nos Jogos das Ilhas[editar | editar código-fonte]

Ano Fase Posição Gols pró Vitórias Empates Derrotas Gols contra Saldo de gols
Ilha de Wight 1993 7º lugar 8 4 0 0 4 1 9
Gibraltar 1995 Vice-campeão 2 5 4 0 1 5 3
Jersey 1997 5º lugar 6 5 2 0 3 13 8
Gotland 1999 11º lugar 11 4 1 0 3 9 11
Ilha de Man 2001 5º lugar 5 4 3 0 1 7 2
Guernsey 2003 5º lugar 6 5 3 0 2 29 5
Grécia Rhodes 2007 Campeões 1 4 3 1 0 9 2
Ilhas Åland 2009 9º lugar 9 4 2 1 1 12 3
Ilha de Wight 2011 5º lugar 5 3 2 0 1 14 7
Total 8/11 1 título 38 20 2 16 99 50

Jogadores famosos[editar | editar código-fonte]

Estádio[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c FIFA.com (novembro de 2015). «Ranking Mundial da FIFA/Coca-Cola». Consultado em 11 de novembro de 2015 
  2. UEFA admite Gibraltar como membro provisório
  3. espn.com.br/ Com ex-jogador do Manchester United, Gibraltar estreia oficialmente com empate contra Eslováquia
  4. Fernandes, Nuno (18 de setembro de 2013). «Seleção de Gibraltar vai jogar no Estádio do Algarve». dn.pt. Consultado em 27 de julho de 2014 
  5. Fifield, Nicola (23 de fevereiro de 2014). «Gibraltar moves group in Euro 2016 qualifiers draw over political tensions». London: Telegraph. Consultado em 24 de fevereiro de 2014 
  6. «Gibraltar claim first win with 1–0 victory over Malta». BBC Sport. 5 de junho de 2014. Consultado em 17 de julho de 2014 
  7. «Zebra ataca Portugal e país nanico é goleado nas Eliminatórias da Euro - Futebol - UOL Esporte». UOL Esporte 
  8. a b «Gibraltar consegue primeira vitória desde que pertence à FIFA :: zerozero.pt». www.zerozero.pt. Zerozero. 25 de março de 2018. Consultado em 4 de junho de 2018 
  9. «Com hino trocado, Gibraltar faz história ao somar primeiro ponto com vitória fora de casa». GloboEsporte.com. 13 de outubro de 2018. Consultado em 13 de outubro de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.