Semion Korsakov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Semion Korsakov
Nascimento 25 de janeiro de 1787
Kherson
Morte 13 de dezembro de 1853 (66 anos)
Província de Moscou
Sepultamento Oblast de Moscou
Cidadania Império Russo
Ocupação inventor, homeopata, médico
Prêmios Ordem de Santa Ana, 2.ª classe, Ordem de São Vladimir, 4.ª classe

Semion (ou Semen ou ainda Simon) Nikolaievitch Korsakov (em russo: Семён Николаевич Корсаков) (14 de janeiro de 17871 de dezembro de 1853 Jul.) foi um homeopata russo (1788-1853) da região de Moscou que se distinguiu por sua participação no corpo de voluntários de São Petersburgo de 1812 a 1813, durante as guerras napoleônicas. Korsakov inventou um método de dinamização conhecido como método korsakoviano ou método do frasco único. Semion Korsakov tratava os feridos nos campos de batalha e precisava tratar o maior número de pessoas no menor tempo possível, e utilizando um número mínimo de frascos.[1] O método do frasco único chegou mesmo a ser aprovado por Samuel Hahnemann, que, após experimentação, considerou que a sua eficiência era idêntica à das diluições então utilizadas.[2][3]

Depois da guerra retomou o trabalho na vida civil, como estatístico do Ministério do Interior, ao mesmo tempo em que começou a se interessar pela medicina.

Até 1829 praticou a medicina tradicional, como profissional da saúde. Porém, depois de ter tido seu reumatismo tratado homeopaticamente, Korsakov orientou-se para a homeopatia e escreveu um grande número de obras sobre sua especialidade.

Referências

  1. Un traitement efficace adapté à l'humain, au règne animal et aux végétaux, por JM DANZE.
  2. Korsakov.
  3. Algumas precisões sobre as "Diluições" Homeopáticas Arquivado em 19 de julho de 2014, no Wayback Machine., por J.Boiron. Trad. Izao Carneiro Soares. Publicado originalmente em Les Annales Homéopathiques Françaises, nº 4, julho - Agosto de 1980.
Ícone de esboço Este artigo sobre farmácia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.