Semirreboque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Uma carreta/semirreboque
Disambig grey.svg Nota: Se procura por carreta de artilharia, veja Carreta (artilharia).

Semirreboque (português brasileiro) ou Galera (português europeu) é o termo comumente utilizado no segmento do transporte rodoviário para designar o equipamento que transporta cargas por vias rodoviárias, tracionado por um caminhão-trator do tipo cavalo mecânico[1] .

O semirreboque é acoplado ao caminhão através do engate universal tipo B, composto pela quinta-roda (português brasileiro) ou prato de acoplamento (português europeu) no caminhão e pino-rei (português brasileiro) ou pinhão de acoplamento (português europeu) no semirreboque. Os semirreboques possuem normalmente 1 a 3 eixos e não dispõem de força autopropulsora.

Tipos de carreta semirreboque[editar | editar código-fonte]

  • Aberta: para cargas em geral, que não exijam maior proteção;
  • Fechada: para cargas em geral, que precisam ser protegidas das ações do ambiente;
  • Basculante: para cargas a granel que possam ser despejadas;
  • Frigorífica: para cargas que requerem temperatura controlada;
  • Tanque: para transporte de líquidos a granel;
  • Cegonheira: para transporte de veículos
  • Porta-contêineres: para transporte contêineres em geral
  • Zorra (português europeu) ou Carreta prancha (português brasileiro)
  • Carrega Tudo: para cargas indivisíveis conforme Legislação DNIT 11.
5ª roda/prato de acoplamento

Referências

  1. «Significado/definição de semirreboque». Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. Consultado em 22 de janeiro de 2016.