Senhorio de Balaguer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde junho de 2014). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Senhor de Balaguer
Corona de señor.svg
Coroa de Senhor
No cargo
Leonor

desde 19 de junho de 2014
Residência Palácio da Zarzuela
Duração Até a coroação como Rei de Espanha
Criado em 1418
Primeiro titular João II de Aragão

O Senhorio de Balaguer é um título nobiliárquico, que foi criado por primeira vez pelo rei Afonso V de Aragão. Atualmente é um dos títulos vinculados tradicionalmente ao herdeiro da Coroa da Espanha[1], sendo seu titular S.A.R. dona Leonor de Bourbon e Ortiz.


História[editar | editar código-fonte]

Título criado en 1418 pelo rei de Aragão, Afonso o Magnânimo, para seu irmão Juan. Vinculado simbolicamente à cidade que havia sido capital do suprimido Condado de Urgel, o domínio do grande rival dos Trastâmara pela posse da coroa durante o interregno de Jaime II de Urgel. Quando João herdou o trono do reino em 1458, outorgou esse título ao seu segundo filho, o infante Fernando, que o ostentou quando se apresentou para subir ao trono em 1479. Desde então foi um título próprio dos herdeiros da Coroa de Aragão, sempre unido ao de Príncipe de Girona.

Situação geral[editar | editar código-fonte]

Desde 21 de janeiro de 1977 os títulos de herdeiro da antiga Coroa de Aragão são ostentados pela princesa Leonor de Bourbon e Ortiz, desde que o seu pai Felipe VI foi coroado Rei de Espanha a 19 de junho de 2014. No âmbito legal, a Constitução espanhola de 1978 (título II, art. 57.2) estabeleça: O Príncipe herdeiro, desde seu nascimento ou desde que se produza o fato que origine o chamamento terá a dignidade de Príncipe das Astúrias e os demais títulos vinculados tradicionalmente ao sucessor da Coroa de Espanha.

Em 1990, durante uma visita oficial a Balaguer, o príncipe Felipe de Bourbon assumiu o título em uma cerimônia de homenagem popular. Desde a supressão da Coroa de Aragão, a princípios do século XVIII, é o primeiro herdeiro real que o ostenta, se bem que não tem feito uso público dele salvo nas ocasionais visitas à Catalunha e na cerimónia de seu casamento. Actualmente é a sua filha Leonor que assume o título.


Referências

  1. Artigo 57.2 do título II, De la Corona, da Constituição espanhola de 1978