Sepak takraw

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Jogo de sepak takraw

O Sepak Takraw (pronunciado de preferência AFI: [seˈpak taˈkro]) (voleibol de pontapé, ou simplesmente takraw), em que Sepak significa  chute em malaio e Takraw significa bola em tailandês[1], é um desporto nativo do Sudeste Asiático, similar ao voleibol, mas no qual se utiliza uma bola de Ratã (espécie de bambu) e não é permitido usar as mãos ou o braço. Misto entre futebol e voleibol, é um desporto muito popular na Tailândia, Camboja, Malásia, Laos e Indonésia.[2]

Origem[editar | editar código-fonte]

O desporto surgiu há mais de 500 anos (Séc XV) no Sudeste da Ásia[3]. Seus fundamentos combinam a destreza e a habilidade do nosso futebol, conceitos do voleibol e a agilidade das artes marciais. (Neto et al, 2011 apud Lazer e esportes, 2011)[4]

Em 1990, Sepak takraw foi incluído nos Jogos Asiáticos de Pequim. As mulheres também entraram em ação com os primeiros campeonatos femininos na Tailândia, sediados em 1997. Hoje, temos 31 associações nacionais Sepak takraw com representantes no conselho do órgão governante global, a Federação Internacional de Sepak takraw (ISTAF).[5]

Sobre o jogo[editar | editar código-fonte]

Ele é um esporte radical de aventura[6] que tradicionalmente o takraw, como também é conhecido, era jogado em círculo onde um jogador passava a bola a outro sem deixá-la cair. No primeiro quarto do século passado, um grupo de entusiastas do esporte introduziu o uso da rede e estabeleceu regras para torná-lo mais atrativo.

O principal objetivo do jogo é passar a bola sobre a rede utilizando qualquer parte do corpo, exceto mãos e braços. Como no voleibol, se a bola tocar na quadra é encerrada a disputa daquele ponto.

Cada equipe é composta por três jogadores. São permitidos no máximo três toques antes de passar a bola para o lado adversário da quadra, sendo que, um mesmo jogador pode, sozinho, executar estes três toques. É permitido bloquear, desde que mãos e braços não toquem a bola e o jogador não toque a rede.[7]

Quadra[editar | editar código-fonte]

A quadra tem 13,40 metros de comprimento por 6,10 metros de largura, e a rede possui 1,55 metros de altura, dividindo a quadra, em seu comprimento, em duas metades iguais.

A quadra oficial em que o Sepak Takraw é praticado é semelhante a do Badminton em termos de medidas. A única diferença entre ambas as quadras se deve pelas linhas demarcatórias.

O círculo posicionado perto do fundo da quadra é utilizado pelo jogador para iniciar um saque, em cada um dos lados do local, chamado de área de serviço ou círculo de serviço (onde um jogador irá fazer o saque) e as pequenas regiões perto da rede(onde dois jogadores estão posicionados) são as áreas onde os outros jogadores da equipe que irá sacar devem ficar durante a execução do saque, chamado de quarto de círculo. Do outro lado, os jogadores do time adversário estão posicionados de forma a receber o Serviço(saque).[7]

Dimensões da quadra Sepak Takraw







Redes e Postes[editar | editar código-fonte]

Os postes usados para erguer a rede de jogo, possuem 1,55 metros de altura(1,45 metros para a modalidade feminina) em relação ao chão. Excluindo a bola, a rede e os postes são os materiais mais importantes do esporte, por causa do objetivo do jogo ser focado em passar a bola por cima da rede para a marcação de pontos.

O material usado na produção dos postes é muito resistente e o raio dos postes é de cerca de 0,04 metros .Enquanto a rede, é feita de corda ou fibra sintética, tendo 0,7 metros de largura e cerca de 6,10 metros de comprimento, com uma fita branca passando pelas bordas horizontais da rede. Existe também uma corda de fibra sintética que irá ser usada para fixar a rede nos postes.[7]

Regras[editar | editar código-fonte]

Uma partida de Takraw consiste em dois sets que são disputados até 21 pontos, caso haja empate em 20-20 o set será ganho pela equipe que obter dois pontos de diferença, e no caso de haver empate em um set haverá um terceiro set, chamado de Tie Break, é disputado para decidir o vencedor. Este terceiro set, ao contrário dos dois primeiros, é disputado somente até 15 pontos.

Podem ser realizadas apenas duas substituições por set, caso um jogador se machuque ou seja expulso e o time já tiver realizado as duas substituições, o time adversário vence o set.[7]

Faltas[editar | editar código-fonte]

São consideradas faltas quando:

- Qualquer um dos jogadores internos levanta o pé, pisa no quarto de círculo  ou linha central ou cruza ou toca a rede enquanto a bola está sendo lançada para o serviço.

-  O servidor ainda não estiver na posição pronta após a regra de 15 segundos, pela segunda vez.

- Durante a execução do serviço, o não chute do jogador, o pé sendo levantado do chão antes do contato do pé de chute com a bola, ou o pé de apoio pise completamente para fora do Círculo de serviço. Caso o jogador não acerte a bola durante o serviço, bata no jogador do mesmo time antes de cruzar a quadra ou não passe da rede, também é considerado falta.[7]

Penalidades[editar | editar código-fonte]

Cartão amarelo: cartão de advertência apresentando a um jogador por infração preventiva cometida dentro ou fora da quadra, em relação a qualquer adversário, companheiro de equipe, partida funcionários ou qualquer outra pessoa durante a partida.

Cartão vermelho: quando um jogador comete uma Ofensa dentro ou fora da quadra, contra qualquer adversário, companheiro de equipe, oficiais de partida ou qualquer outra pessoa durante a partida. A penalidade caso seja apresentado o cartão vermelho é uma expulsão do jogo e suspensão imediata de jogar em qualquer torneio sancionado pela autoridade de controle relevante para Sepak takraw, até que o Comitê disciplinar faça a decisão.[7]

A bola[editar | editar código-fonte]

Entre os materiais usados durante as partidas de Sepak Takraw, temos o objeto mais importante: a bola. A bola, originalmente feita de rattan (um tipo de bambu). Em 1982, foi lançada a bola de tecido sintético (plástico). Nas competições oficiais são utilizadas as bolas de material sintético.

A bola atual possui cerca de 12 buracos, com 20 interseções e o seu tamanho é bem próximo do de uma bola de handebol mirim. Os principais fabricantes das bolas sintéticas são Gajah Emas e Marathon que se encontram respectivamente na Malásia e Tailândia.

A bola tem uma circunferência de 0,41 a 0,43m para homens e de 0,42 a 0,44m para mulheres. Pesando de 170g a 180g para homens e 150g a 160g para mulheres.[7]

Bola Sepak Takraw








No Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil esta modalidade é recente. A prática teve início em 1998 e desde o ano 2000 o Brasil participa da Copa do Rei (King's Cup Sepaktakraw World Championship). O Brasil tem obtido resultados expressivos no cenário internacional.

Devido às características do jogo o Brasil possui grandes jogadores “importados” de outras modalidades esportivas como o futevôlei, capoeira e também do futebol. Essa facilidade em dominar a bola e executar acrobacias fez com que, por três ocasiões 2000, 2003, 2007 e 2010, o Brasil se tornasse campeão mundial em sua categoria na Copa do Rei da Tailândia, maior evento da modalidade.

Isso nos mostra a potencialidade dos jogadores brasileiros em se adaptar a essa modalidade esportiva. Prova disso é a grande aceitação deste esporte quando apresentado a crianças e jovens.


Existem as federações:

  • Associação Brasileira de Takraw (ABT) - https://www.facebook.com/AbtAssociacaoBrasileiraDeTakraw - Pioneiros no esporte no âmbito nacional, os Pernambucanos contam com a Associação Brasileira de Takraw (ABT), que tem sua sede na cidade de Olinda, estado de Pernambuco, onde é possível encontrar também a primeira quadra para prática do esporte do Estado.
  • Federação Paulista de Sepak Takraw (FPST)

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Sepak Takraw | Definition of Sepak Takraw by Oxford Dictionary on Lexico.com also meaning of Sepak Takraw». Lexico Dictionaries | English (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2020 
  2. «El evento se celebra cada cuatro años. Participan países del Consejo Olímpico de Asia» (em espanhol). El Tiempo - Colombia. 24 de novembro de 2010. Consultado em 22 de novembro de 2010 
  3. J. A. Mangan, Fan Hong (2002). Sport in Asian society: past and present (em inglês). [S.l.]: Frank Cass Publishers. 220 páginas. ISBN 978-0714683300 
  4. NETO, Alcyr Alves Viana; FONSECA ALVES, David Junger da; GODOI, Fabiano Fidelis Fernandes de. POSSIBILIDADES DAS TIC NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA: CONHECENDO ESPORTES DIFERENTES DA CULTURA. Anais da Semana de Licenciatura, p. 304-314, 2012.
  5. ISTAF. International Sepaktakraw Federation. Disponível em: <https://sepaktakraw.org/index.php/istaf/>. Acesso em: 7  out.  2020.
  6. «Esporte de aventura». Wikipédia, a enciclopédia livre. 28 de setembro de 2020. Consultado em 28 de outubro de 2020 
  7. a b c d e f g International Sepaktakraw Federation (ISTAF). (2016). Law 0f The Game.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre desporto/esporte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.