Separação?!

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Separação
Informação geral
Formato Série
Duração 45 minutos
Criador(es) Alexandre Machado
Fernanda Young
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) José Alvarenga Jr.
Produtor(es) Guel Arraes
Narrador(es) Hélio Vaccari
Elenco Vladimir Brichta
Débora Bloch
Kiko Mascarenhas
Rita Elmôr
Cristina Mutarelli
Marcelo Várzea
Cláudia Ventura
Tema de abertura "Pode Vir Quente Que Eu Estou Fervendo", Eduardo Araújo
Exibição
Transmissão original 9 de abril de 2010 - 24 de setembro de 2010
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 24

Separação?! é um seriado de televisão brasileiro exibido pela Rede Globo entre 9 de abril e 24 de setembro de 2010[1]. Criado por Alexandre Machado e Fernanda Young, contou com a direção de José Alvarenga Jr..

Foi reapresentado no Canal Viva entre 6 de outubro de 2014 e 16 de março de 2015, todas as segundas às 23h e com reprise aos sábados às 18h[2].

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Conta-nos as peripécias do casal Agnaldo (Vladimir Brichta) e Kárin (Débora Bloch), que descobre de uma hora para a outra que não sabe mais por que continuam juntos após tantos anos brigando. Mas, por alguma razão, eles não conseguem deixar para trás a vida a dois.

Com o relacionamento à beira de um colapso, a separação vai se alastrando. A vida profissional do casal é “contaminada”: Agnaldo, que é funcionário de uma corretora de seguros, descontrola-se em qualquer lugar enquanto Kárin, que é uma professora primária, leva sua crise também para o trabalho. Os dois já não fazem a menor cerimônia e geram sempre o maior climão entre si na frente de qualquer um, tudo com muito humor.

A chefe de Kárin, Cinira (Cristina Mutarelli), que já foi casada três vezes, é também uma espécie de conselheira sentimental. Ainda mais problemática, ao invés de ajudar, Cinira acaba contribuindo para o caos total. Os amigos também não conseguem escapar do “espírito” de separação iminente: Delgado (Marcelo Várzea) e Gilda (Cláudia Ventura) são apaixonados, mas o romance dos dois dificilmente ofusca os escândalos do casal, ou seja, até eles estão se "contagiando" com as brigas do casal e as levando para seu convívio.

Tema musical[editar | editar código-fonte]

O tema de abertura do seriado é a música "Pode Vir Quente Que Eu Estou Fervendo", sucesso da Jovem Guarda composto por Eduardo Araújo que o próprio cantor gravou por volta de 1965.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/atriz Personagem
Vladimir Brichta Agnaldo
Débora Bloch Kárin
Kiko Mascarenhas Delavega
Rita Elmôr Anete
Cristina Mutarelli Cinira
Marcelo Várzea Delgado
Cláudia Ventura Gilda
Hélio Vaccari o narrador

Audiência[editar | editar código-fonte]

O episódio de estreia do seriado obteve uma excelente média, marcando 18 pontos. Seu último episódio marcou 15 pontos com picos de 16. Seu recorde foi atingir uma média de 19 pontos e picos de 21.

Teve média geral de 16 pontos, considerada uma boa audiência para o horário de exibição apertado.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Prêmio Arte Qualidade Brasil (2010)

Emmy International Awards (2011)

  • Melhor Série de Comédia Internacional - 'Separação?! (Indicado)[3]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Série Separação estreia na Globo». Area Vip. 8 de abril de 2010. Consultado em 24 de dezembro de 2015. 
  2. «A comédia 'Separação?!' estreia no VIVA em outubro». Canal Viva. Matérias - Separação?!. 17 de setembro de 2014. Consultado em 14 de outubro de 2014. 
  3. «Globo é indicada em sete categorias do "Emmy Internacional 2011"». Na Telinha. 3 de outubro de 2011. Consultado em 24 de dezembro de 2015. 


Ícone de esboço Este artigo sobre séries de televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.