Serena (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Serena
 Estados Unidos
2014 •  cor •  
Direção Susanne Bier
Roteiro Christopher Kyle
Elenco Jennifer Lawrence
Bradley Cooper
Lançamento Abril de 2014
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

Serena é um filme estadunidense baseado no romance de mesmo nome do autor Ron Rash.[1] Com a direção de Susanne Bier, é estrelado por Jennifer Lawrence e Bradley Cooper, que já haviam protagonizado juntos Silver Linings Playbook e American Hustle. A trama centra-se durante a Grande Depressão, quando o casal George e Serena Pemberton se mudam para as montanhas da Carolina do Norte com o objetivo de criar um império madereiro. Seu lançamento estava agendado para 27 de setembro de 2013,[2] sendo posteriormente mudado para abril de 2014.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Na era da Grande Depressão, Carolina do Norte, George Pemberton é um ambicioso barão da madeira que conhece Serena Shaw, uma jovem mulher com um passado triste. Ele se apaixona por ela, eles se casam, e Serena vem com George à sua terra. Lá, ela começa a tomar o controle das coisas, dominando George, mas ainda sendo afetuoso para com ele. A parceira de negócios de George Buchanan se sente ameaçada por ela, quando ela começa a superar sua autoridade. As coisas pioram entre George e Buchanan, e Buchanan faz um acordo com o xerife local, que quer comprar a terra de George para fazer um parque. George é ferido pela traição de Buchanan, e Serena convence George que Buchanan nunca foi seu amigo. No dia seguinte, ambos vão atirar sozinhos na floresta, e depois de algumas observações sarcásticas de Buchanan, George cede, e atira nele no peito. Campbell, o trabalhador de George, testemunha o assassinato, mas nega quando o xerife McDowell pergunta. A morte é considerada um acidente. Serena consola George e justifica suas ações. Eles fazem amor com frequência, e logo Serena descobre que está grávida. George está animado e entusiasmado com uma criança. Ele vê seu filho ilegítimo, Jacob, um dia, posando com sua mãe, Rachel, para uma foto. Ele se sente responsável pelo menino, e desde que Rachel nunca pediu nada, ele começa a dar somas de dinheiro em envelopes para ela para Jacob. Serena permanece inconsciente disto, embora considere Rachel e o bebê uma ameaça. Um dia, um acidente ocorre na floresta, e Galloway, um trabalhador misterioso que tem uma amizade complicada com Serena, perde a mão. Serena corre para ajudá-lo, e monta um cavalo. Ela sofre um aborto naquela noite por causa de esforço excessivo, e descobre que ela nunca mais pode ter filhos. As coisas continuam a piorar, e o bebê de Rachel se torna mais óbvio para Serena.

Enquanto Serena e George estão fora na cidade, Campbell encontra livros no cofre quando ele vai colecionar o dinheiro para o dia de pagamento e os apresenta ao xerife, preparando-se para testemunhar que George tem dado subornos ao senador e que ele viu George atirar em Buchanan deliberadamente. Chegando de volta de uma festa na cidade, onde Serena tenta fazer ciúmes a George dançando com outro homem depois de ficar bêbado, o casal descobre que Campbell pegou os ledgers, e perceber que ele poderia potencialmente arruiná-los. Galloway diz a Serena que ele sabe onde está Campbell, e então diz a George que ele sabe onde está a pantera, levando George a sair para a floresta para caçá-lo. Galloway dirige para a cidade para encontrar Campbell em um hotel, e recuperar os ledgers. Enquanto isso, Serena descobre a imagem de Rachel e seu bebê que George tinha escondido, descobre que George tem dado dinheiro a Rachel, e se irrita com esta revelação. Ela arranha o rosto do bebê da fotografia. Serena sai com Galloway no caminhão, dizendo a George que ela tem alguns negócios para cuidar. Eles vão para a casa de Rachel, e quando eles não a encontram lá, eles vão para a casa da viúva Jenkin. Enquanto isso, Vaughn chama o xerife, preocupado com Rachel eo que Serena planeja fazer, e o xerife dirige-se para a casa da viúva Jenkin, onde ele a encontra já morta. O xerife leva Rachel e seu bebê embora. Na parte da manhã, o xerife dirige-se à cabine de George e começa a questioná-lo sobre o assassinato. O xerife revela que Galloway matou Campbell, e que ele suspeita que eles também mataram a viúva Jenkins e ainda estão atrás de Rachel e seu filho. George pergunta a Serena se ela enviou Galloway para matá-los, e ela tenta tranquilizá-lo dizendo que tinha que ser feito. George fica com raiva e estrangula Serena quando ela o segue, quase matando ela. Ele então sai quando Serena volta para a cabine.

George vai ao xerife para se entregar, concordando apenas em fazê-lo depois que ele diz a George onde Rachel e o bebê está. George corre para tentar salvar Rachel antes que Galloway chegue até ela. Galloway segue Rachel para a estação de trem, e ela se esconde dele em um dos galpões. Quando o trem se aproxima, George chega e vê Galloway, que vê Rachel saltar para o trem. George vai atrás deles, e enfrenta Galloway. Os dois lutam, embora George consegue pegar a faca de Galloway e cortar a garganta. Na manhã seguinte, George pede a Rachel e a despedida do bebê, enquanto saem para ir morar com Vaughn. George retorna ao acampamento, e então parte para caçar a pantera. Ele a vê, e atira, embora só a machuque no início. A pantera salta para ele por trás, e consegue feri-lo fatalmente, embora ele consegue matá-lo com uma faca de caça quando está morrendo. O xerife retorna à cabine de Pemberton com o corpo de George. Serena, tendo esperado que George voltasse, fica perturbada e não vai identificar seu corpo. Quando o xerife sai, Serena se deita na cama e pega um isqueiro. Depois de olhar para ele por alguns momentos, ela joga o isqueiro para o chão e fica na cabine enquanto ele queima.[3][4][5]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Serena recebeu críticas geralmente negativas de críticos. No Rotten Tomatoes tem uma pontuação de 18% com base em 93 avaliações, com uma classificação média de 4,3 sobre 10. O consenso crítico afirma que "'Serena' une uma impressionante variedade de talentos em ambos os lados das câmeras - então deixa aos espectadores a perguntar como tudo deu tão errado."[6] O filme também tem uma pontuação de 35 de 100 no Metacritic com base em 29 críticos, indicando "análises geralmente desfavoráveis".[7] Escrevendo para o Toronto Star, Peter Howell criticou o filme, sugerindo que a cinematografia era "branda, instável e [com] falta de definição".[8] No Vancouver Sun, Katherine Monk argumentou que Bier estava "provavelmente tentando fazer um filme semelhante com sensação ao Piano." No entanto, ela argumentou que "toda a sub-parcela do parque nacional é confusa e desdibuja os negros e brancos necessários para gerar simpatia, e cada personagem sofre um destino similarmente cinzento". Ela concluiu, "no final, nós quase não gostamos de ninguém nesta paisagem esfumaçada, muito menos nos importamos com o que acontece com eles".[9]

Referências

  1. Smith, Zack (20 de fevereiro de 2013). «Ron Rash discusses the craft of the short story and the complexity of Appalachian speech» (em inglês). Indy Week. Consultado em 21 de abril de 2013 
  2. Robinson, Joanna (5 de fevereiro de 2013). «From Gatsby To Zombie: 20 Books That Will Be Made Into Films In 2013» (em inglês). KQED. Consultado em 21 de abril de 2013 
  3. «Serena (Serena)». CinePOP. Consultado em 21 de abril de 2013 
  4. Schaefer, Sandy. «Bradley Cooper and Jennifer Lawrence Are Headed To 'Serena'» (em inglês). ScreenRant. Consultado em 21 de abril de 2013 
  5. «See Jennifer Lawrence & Bradley Cooper in Serena» (em inglês). People. 12 de abril de 2012. Consultado em 21 de abril de 2013 
  6. «Serena (2015)». Rotten Tomatoes (em inglês). Consultado em 25 de janeiro de 2017 
  7. «Serena». Metacritic (em inglês). Consultado em 25 de janeiro de 2017 
  8. Peter Howell (4 de dezembro de 2014). «Serena can't see the forest for the trees: review». Toronto Star (em inglês). Consultado em 25 de janeiro de 2017 
  9. «Movie review: Serena a calculated study of loss (with video)». Vancouver Sun (em inglês). Consultado em 25 de janeiro de 2017