Sergei Pareiko

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sergei Pareiko
Sergei Pareiko
Informações pessoais
Nome completo Sergei Pareiko
Data de nasc. 3 de fevereiro de 1977 (46 anos)
Local de nasc. Tallinn, União Soviética
Nacionalidade estoniono
Altura 1,93 m
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Goleiro
Clubes de juventude
1989–1990
1990–1992
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Puuma Tallinn
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas/Estónia Vigri Tallinn
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1992–1993
1993–1997
1998–1999
1999–2000
2001–2004
2005–2010
2011–2013
2013–2014
2015
Estónia Vigri Tallinn
Estónia Tallinna Sadam
Itália Casale
Estónia Levadia Maardu
Rússia Rotor Volgograd
Rússia Tom Tomsk
Polónia Wisła Cracóvia
Rússia Volga Nizhny Novgorod
Estónia Levadia Tallinn
5 (0)
61 (0)
23 (0)
39 (0)
51 (0)
114 (0)
64 (0)
19 (0)
31 (0)
Seleção nacional
1993–1994
1994–1997
1996–2015
Estónia Estónia Sub-18
Estónia Estónia Sub-21
Estónia Estónia
6 (0)
7 (0)
65 (0)

Sergei Pareiko (Tallinn, 31 de janeiro de 1977) é um ex-futebolista estoniano que atuava como goleiro. Atualmente é diretor-esportivo do Levadia Tallinn[1].

Carreira[editar | editar código-fonte]

Pareiko iniciou a carreira em 1992, com apenas 15 anos de idade, no Vigri Tallinn, pequena agremiação da capital estoniana. Em 1993, foi para outro clube de pouca expressão do país, o Tallinna Sadam, onde permaneceu durante 5 temporadas e venceu 2 Copas da Estônia e uma Supercopa.

Depois de 61 partidas, foi contratado pelo Casale, tornando-se o primeiro estoniano a atuar na Itália. Até 1999, foram 23 jogos disputados pelos Nerostellati, regressando ao seu país no mesmo ano para defender o Levadia Maardu (atual Levadia Tallinn), pelo qual conquistou 5 títulos.

Jogou ainda no futebol russo (Rotor Volgograd, Tom Tomsk e Volga Nizhny Novgorod) e polonês (Wisła Cracóvia[2], entre 2011 e 2013), voltando novamente ao Levadia em 2015, para encerrar a carreira aos 38 anos.

Carreira na seleção da Estônia[editar | editar código-fonte]

Estreou pela Seleção Estoniana em agosto de 1996, contra a Bielorrússia, em partida válida pelas eliminatórias europeias da Copa de 1998 que terminou em 1 a 0 para os bielorrussos[3]. Entrou no lugar do lesionado Mart Poom ainda no início do jogo. Até a aposentadoria de Poom em 2009, era o reserva imediato da posição, passando a titular no mesmo ano.

Seu último jogo foi em novembro de 2015, num amistoso entre Estônia e São Cristóvão e Névis. Ainda foi o goleiro titular em outro amistoso, desta vez contra o Brasil, em agosto de 2009, mas não conseguiu evitar a derrota por 1 a 0 para a Seleção Canarinho.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Filho de um bielorrusso e de uma russa[4], o goleiro afirmou, em entrevista ao jornal polonês Gazeta Krakowska, que "era um cidadão estoniano e tinha um passaporte do país", mas disse que a sua verdadeira nacionalidade também era da Rússia[5].

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Sergei Pareiko

Referências

  1. «Tegevmeeskond». FC Levadia. Consultado em 29 de agosto de 2017 
  2. «Pareiko bramkarzem Wisły». wisla.krakow.pl. Consultado em 18 de fevereiro de 2011 
  3. «5 PÄEVA MÄNGUNI: Sergei Pareiko debüüt 19 (!) aastat tagasi!». Associação Estoniana de Futebol. Consultado em 29 de agosto de 2017 
  4. «Sergei Pareiko opowiada dlaczego wybrał Wisłę». ekstraklasa.tv. Consultado em 29 de março de 2012. Arquivado do original em 29 de março de 2012 
  5. «Pareiko, rosyjski Estończyk». gazetakrakowska.pl. Consultado em 15 de outubro de 2011 
Bandeira de EstóniaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas estonianos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.