Sergey Lebedev

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sergey Lebedev
Nascimento 2 de novembro de 1902
Níjni Novgorod
Morte 3 de julho de 1974 (71 anos)
Moscou
Residência Império Russo
Sepultamento Cemitério Novodevichy
Cidadania União Soviética
Alma mater Universidade Técnica Estatal Bauman de Moscou, Instituto de Física e Tecnologia de Moscou
Ocupação cientista da computação, inventor, professor universitário, engenheiro
Prêmios Prêmio Stalin, Prêmio Estatal da URSS, Ordem do Estandarte Vermelho, Ordem de Lenin, Herói do Trabalho Socialista, Ordem da Revolução de Outubro, Ordem da Bandeira Vermelha do Trabalho, Medalha de "Mérito de Trabalho da Grande Guerra Patriótica 1941-1945", Prêmio Lenin, Prêmio Pioneiro da Computação
Empregador Instituto Lebedev de Mecânica de Precisão e Engenharia Computacional

Sergey Alexeyevich Lebedev (em russo: Серге́й Алексе́евич Ле́бедев; Nijni Novgorod, 2 de novembro de 1902Moscou, 3 de julho de 1974) foi um engenheiro eletricista e cientista da computação soviético, projetista dos primeiros computadores soviéticos.[1]

Formação e carreira[editar | editar código-fonte]

Lebedev graduou-se na Universidade Técnica Estatal Bauman de Moscou em 1928. Trabalhou depois até 1946 no All-Union Electrotechnical Institute em Moscou e Kiev. Em 1939 obteve o grau de Doktor nauk.

Durante a Segunda Guerra Mundial Lebedev trabalhou na área de automação do controle de sistemas complexos. Seu grupo projetou um sistema de estabilização de mira para tanques de guerra e um sistema de orientação automática para mísseis aéreos. Para executar estas tarefas Lebedev desenvolveu um sistema de computador analógico para resolver equações diferenciais ordinárias.

De 1946 a 1951 chefiou o Instituto Eletrotécnico de Kiev da Academia Nacional de Ciências da Ucrânia, trabalhando para aprimorar a estabilidade de sistemas elétricos. Por esse trabalho recebeu o Prêmio Stalin em 1950.

Em 1948 Lebedev descobriu em revistas estrangeiras que cientistas nos países ocidentais estavam trabalhando no projeto de computadores eletrônicos, embora os detalhes fossem secretos. No outono do mesmo ano ele decidiu concentrar o trabalho de seu laboratório no projeto de computadores. O primeiro computador de Lebedev, o MESM, foi totalmente concluído no final de 1951. Em abril de 1953 a comissão estadual aceitou o BESM-1 como operacional, mas ele não entrou em produção em série devido à oposição do Ministério da Construção de Máquinas e Instrumentos, que havia desenvolvido sua própria máquina mais fraca e menos confiável.

Lebedev começou então o desenvolvimento de um computador novo e mais poderoso, o M-20, o número indicando sua velocidade de processamento esperada de vinte mil operações por segundo. Em 1958 a máquina foi aceita como operacional e colocada em produção em série. Simultaneamente, o BESM-2, um desenvolvimento do BESM-1, entrou em produção em série. Embora o BESM-2 fosse mais lento que o M-20, era mais confiável. Foi usado para calcular as órbitas dos satélites e a trajetória do primeiro foguete a alcançar a superfície da Lua. Lebedev e sua equipe desenvolveram vários outros computadores, principalmente o BESM-6, que esteve em produção durante 17 anos.

Em 1952 Lebedev tornou-se professor no Instituto de Física e Tecnologia de Moscou. De 1953 até sua morte foi diretor do que hoje é chamado Instituto Lebedev de Mecânica de Precisão e Engenharia Computacional.

Lebedev morreu em Moscou e foi sepultado no Cemitério Novodevichy.

Em 1996 a IEEE Computer Society reconheceu Sergey Lebedev com um Prêmio Pioneiro da Computação por seu trabalho na área de projeto de computadores e por ter fundado a indústria soviética de computadores.

Referências

  1. Biografia (em russo)

Ver também[editar | editar código-fonte]